Engenharia 360

Saiba como funciona o uso da nota de corte em Engenharia

Engenharia 360
por Redação 360
| 04/04/2022 | Atualizado em 28/06/2022 5 min

Saiba como funciona o uso da nota de corte em Engenharia

por Redação 360 | 04/04/2022 | Atualizado em 28/06/2022
Engenharia 360

Então, você está participando da “corrida do vestibular“? Precisamos contar que ultrapassar a linha de chegada dessa competição pode ser um pouco mais difícil do que já te disseram! Por exemplo, já ouviu falar em nota de corte? Bem, esse é um sistema adotado por diversas instituições de ensino como modelo de seleção para ingresso ao Ensino Superior, inclusive para Engenharia. Saiba mais no texto a seguir!

nota de corte
Imagem reproduzida de Blog Mackenzie

O que é nota de corte?

Se você prestar vestibular em diversas instituições, é provável que vai conhecer vários formatos diferentes de provas. Algumas só com questões objetivas, outras também com questões discursivas. E há faculdades, centros universitários e universidades que vão realizar provas em duas fases, como uma forma de dar aquela filtrada nos candidatos, sobretudo para os cursos com alta procura, como costuma acontecer com as engenharias!

Nessa linha, pode-se usar, num primeiro momento, as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E ainda tem a nota de corte para quem quer concorrer a uma vaga em instituições de nível superior, Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni), Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) e outros programas de ações afirmativas. Aliás, essa nota costuma ser quase tão alta quanto as da ampla concorrência, o que praticamente contraria o senso comum! Mas, não vem ao caso!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo
nota de corte
Imagem reproduzida de Blog Mackenzie

Para resumir, a nota de corte é o que chamamos de desempenho mínimo que você teria que ter para ser aprovado num desses programas. Só que ela nem sempre é igual, mudando de acordo com a instituição, curso, edição e programa para qual estiver se candidatando.

Qual a nota de corte para Engenharia?

Não queremos desanimar-te, claro, mas é importante que saiba que os cursos de Engenharia costumam possuir algumas das notas de corte mais altas para vestibulares. Vamos tomar inicialmente como exemplo a Engenharia Civil. Se você prestar prova na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) precisará acumular cerca de 620 pontos para passar para a segunda fase da seleção. Já na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) precisaria de cerca de 70 pontos. E na Universidade de Brasília (UnB) a nota mínima teria de ser, digamos, uns 240 pontos.

Ficou surpreso ou não? Conte-nos nos comentários! Antes, confira a lista a seguir com mais exemplos de notas de corte!

Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest)

Curso – Nota de corte 2022

  • Engenharia Agronômica – Piracacicaba = 47
  • Engenharia Florestal – Piracicaba = 33
  • Engenharia Aeronáutica – São Carlos = 70
  • Engenharia Ambiental – Lorena = 29
  • Engeharia Bioquímica – Lorena = 27
  • Engenharia Civil – São Carlos = 56
  • Engenharia de Biossistemas – Pirassununga = 28
  • Engenharia de Materiais – Lorena = 29
  • Engenhria de Produção – Lorena = 48
  • Engenhria Elétrica e de Computação – São Carlos = 62
  • Engeharia Física – Lorena = 32
  • Engenharia Química – Lorena = 48

Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Curso – Nota de corte 2022

  • Engenharia Agrícola (Integral) = 26
  • Engenharia Ambiental (Noturno) = 34
  • Engenharia Civil (Integral) = 45
  • Engenharia de Computação (Integral) = 55
  • Engenharia de Controle e Automação (Noturno) = 46
  • Engenharia de Manufatura (Integral) = 18
  • Engenharia de Produção (Integral) = 50
  • Engenharia de Telecomunicações (Integral) = 17
  • Engenharia de Transportes (Noturno) = 22
  • Engenharia Elétrica (Integral) = 48
  • Engenharia Mecânica (Integral) = 47
  • Engenharia Química (Integral) = 51

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Curso – Nota de corte 2022

  • Engenharia Agronômica – Integral = 19
  • Engenharia de Pesca – Integral = 31
  • Engenharia Florestal – Integral = 19
  • Engenharia Aeronáutica – Integral = 21
  • Engenharia Biotecnológica – Integral = 21
  • Engenharia Cartográfica e de Agrimensura – Integral = 21
  • Engenharia Civil – Integral = 18
  • Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia – Integral = 24
  • Engenharia de Biossistemas – Integral = 19
  • Engenharia de Controle e Automação – Integral = 18
  • Engenharia de Energia – Integral = 19
  • Engenharia Industrial Madeireira – Integral = 25
  • Engenharia Mecânica – Integral = 18
  • Engenharia Química – Integral = 18
nota de corte
Imagem reproduzida de Tecla SAP

Universidade de Brasília (UnB)

Curso – Nota de corte 2022

  • Engenharia Civil (Diurno) – Campus Darcy Ribeiro = 290.080
  • Engenharia Química (Diurno) – Campus Darcy Ribeiro= 156.160
  • Engenharia Mecatrônica – Controle e Automação (Diurno) – Campus Darcy Ribeiro = 244.455
  • Engenharia de Produção (Noturno) – Campus Darcy Ribeiro = 174.615
  • Engenharia Mecânica (Diurno) – Campus Darcy Ribeiro = 259.775
  • Engenharia Elétrica (Diurno) – Campus Darcy Ribeiro = 240.945
  • Engenharias – Aeroespacial/Automotiva/Eletrônica/Energia/Software (Diutno) – Campus Gama = 63.305

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS)

Curso – Nota de corte 2021

  • Engenharia de Computação – Integral = 747,99
  • Engenharia Física – Integral = 725,63
  • Engenharia Química – Integral = 724,11
  • Engenharia de Controla e Automação – Integral = 720,65
  • Engenharia Mecânica – Integral = 717,41
  • Engenharia de Energia – Integral = 717,07
  • Engenharia de Produção – Integral = 713,76
  • Engenharia Elétrica – Integral = 711,42
  • Engenharia Civil – Integral = 707,79
  • Engenharia Ambiental – Integral = 703,48
  • Engenharia de Alimentos – Integral = 682,15
  • Engenharia Hídrica – Integral = 673,42
  • Engenharia Metalúrgica – Integral = 673,21
  • Engenharia de Materiais – Integral = 660,4
  • Engenharia Cartográfica – Integral = 642,52
  • Engenharia de Minas – Integral = 637,24
nota de corte
Imagem reproduzida de vestibulares2021

Sisu, ProUni e FIES

Agora vamos voltar para a nossa simulação, certo? Pois bem, um dos caminhos para você conseguir uma vaga para o curso de Engenharia Civil em uma Universidade Pública é, por exemplo, por meio da sua última nota no Enem via Sisu, coordenado pelo Ministério da Educação (MEC). Já para uma vaga em Universidade Particular, o caminho poderia ser tentar uma bolsa do ProUni, que é uma iniciativa do Governo Federal para custeio de bolsas parciais e integrais com base em antecedentes escolares e renda, com uma nota mínima na faixa de 450 pontos. Por fim, o FIES proporciona um financiamento a juros baixos para pagar depois de formado, seguindo as recomendações e regras estabelecidas pelo programa do governo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lembrando outra vez que tirar uma boa nota em um vestibular não significa garantia de vaga em outro! Cada caso é um caso! Para Engenharia, a concorrência é sempre grande e a nota de corte entre as mais altas!

Veja Também:

Qual a diferença entre bacharelado e tecnólogo?

Como usar sua nota do ENEM para cursar engenharia?


Fontes: Mundo Vestibular, Estratégia Vestibulares.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo