Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro: uma construção sustentável e polêmica

por Redação 360 | 06/11/2015 | Atualizado em 12/05/2022

É considerada uma das maiores obras de revitalização da área portuária da cidade do Rio de Janeiro. Localizado na Praça Mauá, o Museu do Amanhã está quase concluído. O projeto tem autoria do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, irá ocupar uma área de 30 mil m² e, além do museu, haverá ciclovias, jardins e espaços para o lazer.

museu-blog-da-engenharia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Características obra Museu do Amanhã

A obra apresenta características sustentáveis, como os tanques instalados no subsolo com o objetivo de reaproveitar as águas da Baía de Guanabara, e também de armazenar água potável. Além disso, a construção foi projetada para um melhor aproveitamento de luz solar. Ao longo do dia, a estrutura se movimenta conforme a posição do sol, e através de placas fotovoltaicas, a luz solar será transformada em energia elétrica.

Mas o processo de construção do Museu do Amanhã foi atribulado. As obras, iniciadas no começo de 2010, já foram adiadas algumas vezes. A última data prevista para a entrega seria em março deste ano, no aniversário da cidade, mas um novo atraso aconteceu e a previsão, neste que é o 5º prazo anunciado, é de que até o final de 2015 o Museu do Amanhã será inaugurado. A obra, orçada em mais de R$200 milhões, já foi, inclusive, marcada por protestos pela morte de um operário.

O arquiteto responsável pelo projeto, Santiago Calatrava, foi o vencedor do Prêmio Europeu de Arquitetura 2015, em que são premiados os profissionais que mais contribuíram para a sociedade com seus trabalhos. As obras do arquiteto destacaram-se entre o júri por fundirem, além dos conhecimentos arquitetônicos, a engenharia e a arte. Mas os projetos de sua autoria chamam a atenção também por polêmicas, como problemas relacionados à estrutura e aos altos custos, como é o caso de uma ponte em Veneza, na Itália, e da Ópera de Valência, na Espanha, ambas projetadas por Calatrava.

O Museu do Amanhã contará com sala de exposições, restaurante e auditório, além de espaço para realização de pesquisas e atividades voltadas à educação. Conheça as imagens que já foram divulgadas da construção:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

guanabara-blog-da-engenharia construcao-blog-da-engenharia museu-do-amanha-blog-da-engenharia rio-de-janeiro-blog-da-engenharia obra-blog-da-engenharia


Imagens: Divulgação.

Fontes: Folha de S. Paulo, Téchne, Arq!Bacana.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.