Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Anos após se espalhar pelo mundo, lâmpada engarrafada brasileira continua iluminando as casas

por Larissa Fereguetti | 30/08/2018
Copiado!

Em 2013, Alfredo Moser, um mecânico de Uberaba, Minas Gerais, ficou famoso quando sua invenção foi espalhada por vários países. O gênio da garrafa, como é chamado por alguns sites, inventou uma forma de levar iluminação a um ambiente apenas com uma garrafa, água e um pouco de cloro. A lâmpada engarrafada brasileira é, até hoje, um recurso usado em várias residências.

lâmpada engarrafada brasileira

Imagem: mulhervestidadesol.com.br

+ Lâmpada engarrafada brasileira

Apesar de ter sua disseminação em 2013, a ideia da lâmpada engarrafada é de 2002. Muitos podem não lembrar, mas esse foi um período de grandes apagões no Brasil. Moser começou a instalar as garrafas de água em sua casa e na de vizinhos e parentes. Algum tempo depois, em 2008, a engenhoca foi tema de uma reportagem na televisão, o que contribuiu para a sua disseminação no Brasil.

No entanto, a lâmpada engarrafada brasileira só conquistou o mundo quando um ativista filipino, Illac Diaz, descobriu a invenção. Ele criou o projeto “Liter of Light” , o qual já instalou mais de 350.000 lâmpadas engarrafadas em mais de 15 países.

lâmpada engarrafada brasileira

Imagem: cidadessustentáveis.com

Além de iluminar as residências, a luz engarrafada pode ser usada para ajudar no crescimento de plantas. Ela tem cerca de 40 a 60 watts (varia de acordo com a intensidade solar).

Em 2017, Moser e sua invenção participaram de uma exposição temporária no Museu do Amanhã. A lâmpada engarrafa foi uma das 40 invenções expostas que ajudaram a mudar a vida das pessoas.

+ Como fazer a luz engarrafadas

Se você quer testar suas habilidades práticas e instalar a lâmpada engarrafada, o procedimento é simples. Você vai precisar de uma garrafa PET transparente, água e cloro. Adicione a quantidade de duas tampas de cloro à água para evitar a proliferação de algas e micro-organismos indesejados. A iluminação é melhor se você cobrir a tampa com fita preta.

lâmpada engarrafada brasileira

Imagem: recriandoeteutilizando.blogspot.com

Para instalar também não é difícil. Basta fazer um buraco na telha. A garrafa deve ser encaixada de cima para baixo e fixada com cola de resina, o que evita vazamento (mesmo quando chove). E voilà, a lâmpada está pronta. Sem risco de choques ou necessidade de interruptor.

Alfredo Moser mudou a vida de várias pessoas. Ele não ficou rico com a invenção, que se tornou popular, mas não foi patenteada. Porém, nós sabemos que a recompensa nem sempre vem em forma de dinheiro. Ver a quantidade de pessoas que foi beneficiada pela lâmpada engarrafada – principalmente pessoas de baixa renda em países onde a energia elétrica é caríssima – é, certamente, um dos melhores retornos que Moser poderia ter.

lâmpada engarrafada brasileira

Imagem: believe.earth

Referências: BBC; Hypeness; G1; Mail Online.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários