Engenharia 360

Sirius Jet: o primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo

Engenharia 360
por Redação 360
| 17/01/2024 4 min
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Eletric VTOL News

Sirius Jet: o primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo

por Redação 360 | 17/01/2024
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Eletric VTOL News
Engenharia 360

A data de publicação original deste artigo, 17 de janeiro de 2024, é um dia importante para a aviação global. É que acontece o lançamento oficial do Sirius Jet, o primeiro jatinho elétrico do mundo movido a hidrogênio líquido, projeto da startup suíça Sirius Aviation AG. A promessa da empresa é que esse jatinho possa alcançar uma altitude de 1,8 mil km e velocidade de 520 km/h, o que colocaria tal engenharia no maior patamar de alcance do mundo. Confira mais detalhes no texto a seguir, do Engenharia 360!

primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Designboom

A evolução da tecnologia eVTOL e o funcionamento do Sirius Jet

Começamos este texto citando a tecnologia eVTOL. Por quê? Porque o Sirius Jet é um modelo eVTOL. Isso significa que se trata de um modelo de veículo elétrico de decolagem e pouso vertical. Esse tipo de aeronave não precisaria de pista para pouso. Sendo assim, seria ideal para situações de rotas de curta distância e em ambientes urbanos densos, onde o espaço é limitado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Podemos destacar outras características dos eVTOLs, a começar pelo fato de que, por serem movidos por motores elétricos, sem combustão interna, são mais silenciosos e eficientes. Essas aeronaves, de fato, não produzem emissões de gases de efeito estufa, por isso são consideradas como uma opção mais sustentável de transporte aéreo.

A saber, no caso do Sirius Jet são usados 20 ventiladores para geração do empuxo vertical durante a decolagem e pouso. E em voo horizontal, o jatinho é movido por um motor elétrico alimentado por hidrogênio líquido.

primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Olhar Digital
primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Designboom
primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Eletric VTOL News

Inovação com hidrogênio líquido como combustível

A Sirius Aviation AG está apostando no hidrogênio líquido como combustível para o Sirius Jet. Para a engenharia, essa seria uma alternativa limpa de fonte de energia, com alto potencial para reduzir emissões de gases de efeito estufa na aviação.

Claro que para isso, a empresa precisou superar desafios tecnológicos. Isso porque pode ser difícil manter o material estável a temperaturas extremas, desde a fase de distribuição até o abastecimento e voo. A saber, o hidrogênio líquido precisa ser mantido abaixo dos -250°C. Há ainda poucas empresas no mercado preparadas para oferecer soluções para esse problema. E é importante garantir que o trem de força a hidrogênio líquido do Sirius Jet seja seguro para os passageiros e para o meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Benefícios do uso de hidrogênio líquido

Além da redução das emissões de gases de efeito estufa e redução do ruído, o hidrogênio líquido oferece outros benefícios para a aviação. Para começar, o material pode fornecer mais energia com menos peso, o que pode originar uma melhoria da eficiência do combustível, a autonomia das aeronaves.

Observação: Infelizmente essas vantagens batem de frente com os problemas não só de logística, mas de custo, mesmo com os valores de venda de hidrogênio líquido já caindo à medida que a tecnologia se desenvolve.

Apesar dos desafios, o hidrogênio líquido é uma fonte de energia promissora para a aviação. Se os custos do hidrogênio líquido continuarem a cair e a logística do abastecimento for resolvida, o hidrogênio líquido pode se tornar uma opção viável para a aviação comercial.

primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Olhar Digital

Perspectivas futuras do Sirius Jet

A startup Sirius Aviation AG planeja realizar os primeiros voos do Sirius Jet já em 2025. Por hora, ela está trabalhando para obter a certificação do jatinho pela Administração Federal de Aviação (FAA) dos EUA.Se tudo correr conforme o planejado, o Sirius Jet deve começar a ser entregue comercialmente em 2028.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A expectativa dos especialistas em engenharia é de que o Sirius Jet impulsione uma revolução na aviação, mudando a forma como viajamos, abrindo novas possibilidades para o transporte aéreo, como para voos regionais. O projeto é ambicioso, sim, mas com grande potencial. Como dissemos antes, o jatinho oferece um alcance e uma velocidade que são incomparáveis a outros modelos na mesma linha tecnológica. Por isso, pode se tornar um jatinho elétrico de longo alcance viável comercialmente.

primeiro jatinho elétrico movido a hidrogênio líquido do mundo
Imagem divulgação Sirius Aviation AG via Designboom

Veja Também:


Fontes: Olhar Digital, AEROIN.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo