Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Fontes energéticas no Japão: entenda de que forma um país de primeiro mundo lida com a escassez de petróleo

por Rafael Panteri | 27/04/2020
Copiado!

O Japão apresenta limitados recursos energéticos. E desde o final da Segunda Guerra Mundial (1945), sua demanda vem crescendo em função de seu acelerado desenvolvimento econômico. Isso se traduz em uma importação de aproximadamente 80% do seu consumo.

A principal fonte energética importada é o petróleo cru, antes oriundo de países asiáticos como China e Indonésia e hoje principalmente do Oriente Médio. Preocupados com essa dependência em uma fonte de energia altamente influenciada por fatores geopolíticos, os japoneses buscam alternativas para sua autossuficiência.

Torre de energia em Adachi-ku, Tóquio
Torre de energia em Adachi-ku, Tóquio

Energia Solar

É um setor que avança em um ritmo acelerado. Em 2009 o Japão foi o terceiro país do mundo em capacidade elétrica solar. O governo japonês incentiva a população para desenvolver essa fonte de energia nas residências e assim redirecionar parte do consumo residencial para a indústria.

gráfico de venda de painéis fotovoltaicos

Ao passear por Tóquio é possível reparar nas inúmeras casas que já se adaptaram e possuem os painéis solares instalados em seus telhados. A recompensa é um abatimento nas contas de energia e até um lucro com a venda do excedente.

Painel solar em casa japonesa.
Painel solar em casa japonesa (Imagem: @rafapanteri_)

Energia Nuclear

O governo japonês considerava a energia nuclear como a principal substituta para o petróleo e demais fontes energéticas emissoras de dióxido de carbono. Entretanto, com o terremoto e o tsunami em 2011 que atingiram o leste japonês, o governo se viu obrigado a reconsiderar o Plano de Energia Básico e fomentar a adoção de fontes renováveis como solar, eólica e geotérmica.

Mesmo impopulares, as usinas nucleares são as que mais recebem investimentos por parte do governo. A justificativa está na economia – segundo o Estado, o Japão poderia entrar em colapso se a dependência das importações de petróleo aumentasse.

Combate ao Aquecimento Global

O Japão tem se mostrado mais preocupado com questões ambientais e na busca por novas tecnologias para a diminuição da emissão de gases causadores do efeito estufa. No país, a maioria das pessoas não possui carro e utiliza as enormes malhas ferroviárias e metroviárias para se locomover. Os poucos carro são híbridos ou totalmente elétricos. A bicicleta é muito utilizada também.

estação de recarga de veículos no Japão
Estação de carga em estacionamento (Imagem: @rafapanteri_)
Copiado!
Engenharia 360

Rafael Panteri

Estudante de Engenharia Elétrica no Instituto Mauá de Tecnologia. Parte da graduação em Shibaura Institute of Technology - Japão.

Comentários