Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Há 52 anos, humanos pisavam pela primeira vez na Lua – conheça mais sobre essa história

por Rafael Panteri | 20/07/2021

Há 52 anos, humanos deixavam a sua primeira pegada no solo da Lua. Conheça mais sobre a história dessa viagem que até hoje fascina gerações!

No dia 16 de julho de 1969, houve o lançamento da Missão Apollo 11. Dois astronautas norte-americanos e um italiano partiram do Centro Espacial John F. Kennedy, na Flórida, rumo à superfície lunar. Depois de quase 5 dias em órbita, em 20 de julho de 1969, o módulo Eagle (águia em inglês) realizou a alunissagem. A saber, o termo alunissagem ou alunagem é o ato de pousar uma nave espacial na lua, assim como aterrisagem é pousar na Terra.

https://www.nasa.gov/apollo11-gallery
Pegada de Buzz Aldrin – segundo humanos a pisar na Lua (Imagem: NASA)

Os astronautas da Apollo 11

Os três corajosos a encarar essa viagem foram Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Colins – todos vindo de uma carreira militar com diversas condecorações e prêmios de honra. E esses astronautas foram enviados em direção à Lua pelo terceiro estágio do Foguete Saturno V, separando-se do resto da nave e viajando por mais três dias até entrarem na órbita do satélite natural.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A equipe, então, se separou. Armstrong e Aldrin foram para o módulo Eagle – parte da espaçonave que, de fato, pousaria na Lua. E, sozinho, o astronauta italiano Michael Collins pilotou o módulo de serviço Columbia enquanto seus companheiros estavam na superfície – um total de 21 horas e meia.

O primeiro humano na Lua

Neil Alden Armstrong se tornou o primeiro ser humano a pisar na Lua. Formado em Engenharia Aeroespacial pela Universidade de Purdue e piloto da Marinha dos Estados Unidos, proferiu a declaração mais famosa da missão:

“Um pequeno passo para o Homem, mas um grande passo para a humanidade.”

Armstrong aposentou-se da NASA em 1971 e, depois, lecionou no Departamento de Engenharia Aeroespacial da Universidade de Cincinnati até 1979. Aos 82 anos, em 2012, devido a complicações de uma cirurgia de ponte de safena, ele faleceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

https://www.nasa.gov/apollo11-gallery
Neil Armstong dentro do módulo de comando (Imagem: NASA)

O segundo humano na Lua

Edwin Eugene Aldrin Jr, ou Buzz Aldrin, foi o segundo ser humano a pisar na Lua – 20 minutos depois do companheiro Armstrong. Formado em Engenharia Mecânica pela Academia Militar dos Estados Unidos, Aldrin foi o primeiro astronauta a ter um doutorado – obtido no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, em 1963. O personagem Buzz Lightyear, da série de desenhos Toy Story, foi inspirado em Aldrin. Além disso, o astronauta foi autor da primeira selfie tirada no espaço.

Primeira selfie feita no espaço, por Buzz Aldrin

O companheiro na cápsula

Michael Collins nasceu em Roma, na Itália. Ele viveu desde pequeno nos Estados Unidos, acompanhando seu pai, um oficial do Exército. Trabalhou como piloto de testes antes de ser aceito para Missão Apollo 11. Em 1970, se aposentou como astronauta. Por último, desempenhou diversas funções voltadas para divulgação científica. Mas, então, em abril de 2021, ele faleceu aos 90 anos.

O impacto da Guerra Fria

As motivações para essa empreitada audaciosa estavam muito além do âmbito científico. Questões políticas apressaram o governo norte-americano a apresentar alguma missão de enorme sucesso. As consequências da Guerra do Vietnã e com os inimigos soviéticos saindo à frente em vários recordes, pressionaram os EUA a, como disse o presidente da época John F. Kennedy, “conquistarem a Lua”.

Em uma coletiva em 1962, Kennedy acrescentou: “Nós escolhemos ir à Lua, não porque é fácil, mas porque é difícil”. E realmente foi assim!

“Nós escolhemos ir para Lua” (Imagem: Alex Palmer)

O projeto americano foi longo e começou dando muito errado. A Apollo 1 seria a primeira missão tripulada do programa, com o objetivo de testar a tecnologia orbitando a Terra com três astronautas a bordo. No entanto, em Janeiro de 1967, um incêndio aconteceu no módulo de comando. Ed White, Roger B. Chaffee e Gus Grissom morreram, o que levou quase  ao fim desse programa.

https://time.com/4651553/apollo-1-tragedy-50-years-history/
Astronautas da missão Apollo 1 homenageados pela revista Time (Imagem: Time)

Após a morte dos astronautas, a NASA decidiu suspender todas as missões tripuladas até que houvesse a garantia técnica de que as naves e foguetes seriam verdadeiramente seguros. Questões de segurança foram testadas e resolvidas nas missões Apollo 4 a  6, e. E a retomada de missões tripuladas só ocorreu a partir de Apollo 7.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Apollo 8

A Apollo 8 enviou a primeira turma de astronautas para orbitar a Lua em 1968. Foi nessa missão que o astronauta Bill Anders tirou a famosa foto Earthrise, mostrando a Terra “nascendo” sob o ponto de vista lunar. Com a Apollo 9, em março de 1969, aspectos da nave foram testados, assim como sua independência no espaço. Já a Apollo 10 possuía a dupla Charlie Brown (apelido do módulo de comando) e Snoopy (apelido do módulo lunar). Esta realizou todas as operações programadas para a Apollo 11, exceto o pouso na superfície, dois meses antes da sucessora.

Finalmente o feito histórico – Apollo 11

No dia 16 de julho de 1969, partiu do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, o Foguete Saturno V. Essa enorme sonda espacial é considerada a mais poderosa já lançada. Como comparação, a Falcon Heavy, da SpaceX, lançado pela primeira vez em 2018, é menor e menos poderoso que o foguete dos anos 60. No topo do Saturno V, estava o módulo de comando da Apollo 11 com 10 metros de altura e 3,9 metros de largura. E o módulo lunar, apelidado de Eagle, tinha 7 metros de altura e 4 metros de largura.

No dia 20 de julho, o módulo chegou à superfície da Lua. Os dois astronautas que desceram passaram por volta de duas horas e quinze minutos fora da espaçonave e coletaram 21,5 quilogramas de materiais para estudos. A alunissagem foi transmitida ao vivo mundialmente pela televisão. Enfim, o sucesso da Apollo 11 encerrou a Corrida Espacial entre os Estados Unidos e a União Soviética.

Buzz Aldrin caminhando na Lua (Imagem: NASA)

Será que ainda voltaremos?

Os humanos não pisam mais na Lua desde 1972, com a Apollo 17. Contudo, décadas depois, o satélite natural voltou a se tornar objeto de interesse. O programa da NASA conhecido como Artemis realizará um voo orbital em 2022 e pretende levar à Lua uma tripulação em 2024 – que, dessa vez, contará com a primeira mulher, Christina Koch.

O que achou dessa matéria? Você assistiu ao homem na Lua em 69? E está animado por 2022 e 2024? Escreva nos comentários!

Veja Também: Painéis solares na Lua


Fontes: CanalTech, CNN Brasil, TechTudo, NASA

Comentários

Engenharia 360

Rafael Panteri

Estudante de Engenharia Elétrica no Instituto Mauá de Tecnologia. Parte da graduação em Shibaura Institute of Technology - Japão.