Engenharia 360

Conheça Shenzhen, o "Vale do Silício" da China

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 22/06/2022 4 min

Conheça Shenzhen, o "Vale do Silício" da China

por Simone Tagliani | 22/06/2022

Atualmente, a China tem como objetivo ser, em disparada, a maior potência econômica mundial, rompendo com as convenções estrangeiras. E como ela pretende fazer isso? Traçando o seu próprio caminho para o desenvolvimento industrial. Por exemplo, há cerca de 30 anos, a região de Shenzhen não passava de uma pequena vila de pescadores. Hoje, ela é considerada o “Vale do Silício” do oriente, um lugar para a inovação, praticamente um “Eldorado Tecnológico” para os mais jovens profissionais e grandes empresários do país. Outras informações no artigo a seguir!

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de CGTN

Veja Também: China constrói Mega Barragem com impressão 3D e Inteligência Artificial

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um pouco sobre a evolução industrial de Shenzhen

Quem visita Shenzhen hoje, uma cidade em pleno estado febril de crescimento, embalada pelo capitalismo econômico – não político, que permite uma gestão moderna -, nem imagina como era no passado, uma pacata vila chinesa. Neste momento, há quase 10 mil empresas de tecnologia com sedes instaladas na região. Essa localidade também é o berço de gigantes do mercado – todas cotadas na Bolsa -, como a Huawei, segunda maior produtora mundial de telefones inteligentes e líder de redes de telecomunicações, e a Tencent, empresa de Internet, criadora do WeChat, o WhatsApp chinês, com 1 bilhão de usuários.

Só para se ter uma ideia da importância de Shenzhen nesse cenário econômico global, seu PIB é equiparado ao de toda a Irlanda. E como se não bastasse, a cidade pertence a um conjunto urbano da China conhecido como Delta do Rio da Pérola, juntamente de Hong Kong e Macau; tudo isso somado forma um PIB equivalente ao de toda a Rússia. Impressionante, não? Por isso, alguns afirmam que este seria o maior e mais bem-sucedido experimento urbano do país, olhando em como deseja crescer no futuro.

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de Global Times
Shenzhen - China
Imagem reproduzida de Wikipédia

Características arquitetônicas e urbanas de Shenzhen

Shenzhen, como todos os seus atrativos empresariais do setor eletrônico – um verdadeiro parque tecnológico -, atrai hoje pessoas jovens, educadas e enérgicas – como se fosse uma “cidade de acolhida”. A maioria dos seus residentes nem mesmo nasceram na região; e a média de idade ronda os 28 anos. Nos últimos 30 anos, sua transformação de pequeno centro urbano para megalópole foi realmente impressionante; de 30 mil habitantes, passou para 12 milhões!

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de Agoda

Veja Também: China ou Estados Unidos: descubra onde fica o maior aeroporto do mundo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de all.accor

Seu skyline é formado de esplêndidos arranha-céus brilhantes onde trabalham e habitam centenas de milhares de profissionais, muitos deles engenheiros altamente qualificados. Mas olha que curioso, lá no Vale do Silício, na Califórnia, muitos jovens improvisam lofts estilosos em antigas estruturas de garagens. Já em Shenzhen, os recém-chegados, ainda sem grandes perspectivas salariais, costumam se acomodar em pequenos apartamentos, especialmente no bairro de Baishizhou. A zona parece até um labirinto de prédios – com uma estrutura urbana meio medieval -, cheia de construções velhas, de pouca altura e mal ventiladas.

A densidade da população de Baishizhou é 20 vezes maior que a do resto da cidade, cerca de 150 mil habitantes. E ao redor do seu perímetro há um “mar” de arranha-céus absurdamente grandes – quase 50 deles com altura acima de 200 metros. Por isso, existe já um plano de expansão urbana para a derrubada dessas moradias e construção, no lugar, de grandes torres de vidro e aço. Por hora, confira imagens de como está este bairro de Shenzhen nos dias de hoje!

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de Made in China Journal
Shenzhen - China
Imagem reproduzida de Behance

Veja Também: Conheça os detalhes do megaprojeto de Energia verde da China

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de maurice veeken – WordPress
Shenzhen - China
Imagem reproduzida de ChinaFile

Veja Também: Muita gente para pouca comida: China cria fazendas verticais para produção de alimentos [animais e vegetais]

Shenzhen - China
Imagem reproduzida de The New York Times

Fontes: El País.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; e proprietária da empresa Visual Ideias.