Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Horta Manguinhos: conheça este maravilhoso projeto social do Rio de Janeiro

por Simone Tagliani | 23/04/2021

A Pandemia de Covid-19 pelo mundo trouxe o aumento da desigualdade, levando milhares de pessoas à uma situação de extrema pobreza. Muitos têm trabalhado para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade em nosso país. E uma das ações mais notáveis é a Horta Comunitária de Manguinhos.

Uma das maiores consequências da Pandemia de Covid-19 pelo mundo foi o aumento da desigualdade, levando milhares de pessoas à uma situação de extrema pobreza. Talvez seja possível dizer que nunca se viu tanta fome no Brasil como nesse último ano. Milhares de voluntários espalhados por todos os estados e cidades estão empenhados em amenizar essa dor. Eles têm criado ou mantido, com muito esforço, lindos projetos que contribuem para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade em nosso país. Dentre estas ações está a da Horta Comunitária de Manguinhos – destaque na imprensa internacional. Saiba mais sobre ela no texto a seguir!

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos | Imagem de Voz das Comunidades

Sobre a Horta de Manguinhos

A horta comunitária de Manguinhos está localizada na zona norte da cidade do Rio de Janeiro. Como ela, não há igual ou maior na América Latina. Sua área soma o equivalente a 4 campos de futebol. Trata-se de uma instalação que foi feita sobre um antigo terreno da Cracolândia, consequência de uma ação administrada pela Unidade de Polícia Pacificadora da região em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Claro que a Horta Manguinhos não atua sozinha. Ela faz parte de uma rede de hortas cariocas que está presente em 16 comunidades e em 23 escolas do Rio. E algo muito parecido pode ser conferido também em comunidades carentes de outras cidades brasileiras. É o caso da fazenda urbana de Paraisópolis, em São Paulo.

“O nome dessa horta é Hortas Carioca, mas o sobrenome dela é Resgatar Vidas. Eu estava desempregado e não sabia o que ia ser de mim. Hoje, essa horta resgatou não só minha vida, como a de outras pessoas que trabalham aqui dentro.”

– agente Ezequiel Dias, reportagem de Voz das Comunidades.

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos | Imagem de Aljazeera

Participação da comunidade

O projeto da horta de Manguinhos emprega atualmente cerca de 21 trabalhadores, mas ela sempre está aberta a novos colaboradores e voluntários. Só com o que essas pessoas conseguem produzir, já é possível atender normalmente 800 famílias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Claro que a Pandemia trouxe alguns desafios. O número de contribuições para Manguinhos diminuiu, mas o trabalho se manteve estável. Em média, são colhidas 2 toneladas de alimentos todos os meses – no verão mais hortaliças com raízes, como batata doce e quiabo, e no inverno mais folhas. O que não é doado é vendido a preços simbólicos em feiras locais ou até na Ceasa – sendo que o lucro obtido é dividido entre os agricultores complementando o valor das bolsas oferecidas a eles pela prefeitura.

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Agência Brasil

“O que a gente produz, a gente traz para casa, doa para outros moradores e também vende. Temos um carrinho para expor os produtos e vendê-los a preço simbólico. Também oferecemos nossos alimentos em feiras e até na Ceasa. Tudo o que a gente vende, a gente divide entre a gente, independente da bolsa que a gente ganha.”

– Ezequiel, em reportagem do jornal O Dia.

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Aljazeera
Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Aljazeera

Retorno para a sociedade

Manguinhos ajuda a livrar muitos cariocas da fome, principalmente moradores de rua. Mas o projeto também contribui positivamente para o Rio de Janeiro de outras formas. Muitos cidadãos que acompanham ou participam de suas atividades, de algum modo, aprenderam a se alimentar melhor. Inclusive, uma parcela dos trabalhadores foi resgatada do desemprego e da depressão, afastados de muitas doenças ou simplesmente da ociosidade.

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Aljazeera

A reestruturação do espaço que estava ocupado pela Cracolândia fez diminuir a criminalidade na região; evitou a ocupação irregular; e promoveu a inclusão social de diversos moradores locais. Usuários de drogas foram encaminhados para abrigos qualificados para a sua recuperação. Além disso, naturalmente se expulsou da zona animais como ratos e baratas.

Por fim, a horta ainda desenvolve outro projeto paralelo que serve às crianças da comunidade na época das férias e aos finais de semana – fora do período de Pandemia, claro. O objetivo é ensinar às novas gerações a importância de plantar e consumir verduras. Quem quiser se envolver com essas e outras atividades semelhantes, deve procurar a casa do trabalhador que fica nos fundos da Unidade de Pronto Atendimento da região. Os candidatos passam por um processo de seleção e são encaminhados para os setores parceiros. O que acha? Bora participar?!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Hypeness
Horta Manguinhos
Horta Manguinhos |Imagem de Jornal O Dia

Você também ficou emocionado com este projeto social? Conhece outro bom exemplo de urbanismo que transformou alguma comunidade? Escreva nos comentários!


Fontes: Aljazeera, Jornal O Dia, Hypeness, Diário do Rio, Voz das Comunidades, Só Notícia Boa.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.