Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Energia solar com zero imposto de importação: entenda!

por Beatriz Zanut Barros | 25/07/2020

A medida visa incentivar o uso de energia solar

Seguindo as tendências europeias de produzir cada vez mais energia renovável, o Brasil conta com um novo tipo de incentivo fiscal para energia solar. Sabe-se que nosso país tem produzido cada vez mais este tipo de energia, inclusive ultrapassando a produção de energia térmica!

Conforme as publicações do Diário Oficial da União, o imposto desses equipamentos deve ser zerado até o final de 2021. De acordo com a Câmera de comércio exterior, são: módulos fotovoltaicos, inversores e trackers.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagem ilustrativa de uma usina solar fotovoltáica
Usina Solar fotovoltáica (Fonte: Unsplash)

Sabe-se que, para a implementação de um sistema de energia solar, não é necessário apenas o módulo do painel solar. Os inversores possuem a função de transformar a energia de corrente contínua em energia de corrente alternada, assim como os trackers têm a função de permitir que o painel acompanhe o movimento do sol, maximizando assim a produção.

Esta medida é de extrema importância para o incentivo do uso de energia solar, principalmente quando podemos perceber um cenário em que o dólar está valorizado em relação ao real, e grande parte dos projetos dependem de importação de fabricantes americanos e chineses.

Qual a sua perspectiva sobre este assunto? Acha que a medida pode interferir na competitividade dos fabricantes locais? Deixa pra gente o que você pensa nos comentários!

Referência: Exame

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia formada em 2018 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestranda em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya em Barcelona. Acredito que o conhecimento é tudo que possuímos, e sou apaixonada pelas novas tecnologias que além de melhorar a qualidade de vida da população, não prejudicam o meio ambiente.