Engenharia 360

Drones realizam transportes de amostras humanas para exames e transplantes na Europa

Engenharia 360
por Redação 360
| 29/08/2022 2 min

Drones realizam transportes de amostras humanas para exames e transplantes na Europa

por Redação 360 | 29/08/2022
Engenharia 360
Já vimos aqui, no Engenharia 360, drones sendo usados, sobretudo, como ajudantes em operações militares, tipo de ataques a inimigos e proteção ambiental, e civis, para entregas de mercadorias – principalmente compras realizadas em lojas virtuais. Mas agora, pela primeira vez, a ciência usou um drone para transportar amostra de tecido humano – mais precisamente amostra cancerígena que precisava ser analisada – de um laboratório da rede GZA, localizado no edifício Saint-Agustinus, até um hospital, o ZNA, ambas as instituições na Bélgica.

O veículo não tripulado voou 800 metros de distância, controlado por sistema da empresa Helicus e comandado remotamente fora do campo de visão do operador. Esse trajeto foi percorrido em apenas 4 minutos. E 30 minutos depois já se tinha os resultados clínicos da amostra transportada. Incrível, não é mesmo?

drones
Imagem reproduzida de O Globo
drones
Imagem reproduzida de Euronews
drones
Imagem reproduzida de O Globo

Hoje, já são realizados por estas duas redes científicas cerca de 1200 exames similares a esse por ano. A expectativa é cumprir pelo menos 3 voos diários com drones. Mas, por hora, a Halicus é realmente a única empresa com autorização de Bruxelas para usar veículos assim para fins médicos. E ainda é necessária a aprovação de algumas normas na Europa – o que deve acontecer só por 2023.

Mas por que usar drones para transportes de amostras médicas? Bem, por várias razões como:

  • velocidade, reduzindo o tempo médio de transporte;
  • e regularidade, pois garantem confiabilidade logística.

Tendo isso em mente, as empresas preparam os drones para começar a realizar também o transporte de órgãos com mais segurança. E é claro que a questão ‘economia de tempo’ é o diferencial neste caso; os tempos de entrega são vitais e a ausência ou menos tráfego aéreo que os drones pegariam garantiria uma duração de voo confiável.

Ainda é preciso testar modelos de drones com tamanho compatível com o serviço, capaz de levar o volume de carga necessário e com itens de refrigeração adicionados ao seu design. Contudo, parece que as pesquisas e iniciativas da Europa caminham nessa direção.

drones
Imagem reproduzida de Blasting News

Fontes: O Globo.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo