Engenharia 360

Descubra quem foram os grandes vencedores da Shell Eco-marathon 2018

Engenharia 360
por Redação 360
| 12/10/2018 | Atualizado em 27/10/2021 2 min
Engenharia 360

Descubra quem foram os grandes vencedores da Shell Eco-marathon 2018

por Redação 360 | 12/10/2018 | Atualizado em 27/10/2021

Chegou ao fim a Shell Eco-marathon 2018 Brasil! Os vencedores de cada categoria ganham, agora, um estímulo para continuar aperfeiçoando os seus carros: R$ 20 mil em passagens aéreas para participarem da etapa das Américas, que acontece ano que vem, nos Estados Unidos.

campeoes-shell-eco-marathon

Quer saber quem foram os vencedores? Olha a lista aí:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bateria elétrica

1º Lugar – Milhagem – UFMG

2º lugar – EcoFet – CEFET-MG

3º lugar – EcoCar – Unicamp

Etanol

Vencedora (apenas uma equipe atingiu o tempo válido): Pato a Jato – Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gasolina

1º lugar – Drop Team – IFRS Erechim

2º lugar – equipe E3 – UFSC

3º lugar – EcoOctano – UFPR

torcida-shell-eco-marathon

Valores para a vida

A gerente de Performance Social da Shell Brasil, Pâmella De-Cnop, destacou que mais do que um prêmio, a maratona passa valores como a importância de pensar na eficiência energética para o futuro do planeta e da cooperação entre os times.

Além disso, o ganho de experiência é outro ponto positivo. “Muitos que já participaram nos outros anos me relataram que conseguiram arrumar estágios depois da Shell Eco-marathon. Os estudantes se sentem mais preparados para esse mundo que vão começar a enfrentar depois da universidade”, ressaltou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

emocao mulher shell eco marathon copy

Dever cumprido

Os futuros engenheiros saíram super satisfeitos da maratona, que não foi nada fácil, pois o nível de exigência aumenta a cada ano. “A gente tá muito feliz de ter conseguido o segundo lugar na categoria elétrica e o que a gente espera para o ano que vem é conseguir o pódio com os nossos dois carros. Vamos trabalhar bastante para isso”, revelou Tiago Salles, da EcoFet.

“A sensação é de dever cumprido. A gente trabalhou muito para chegar nesse resultado e, depois desse resultado, a gente quer voar cada vez mais alto”, disse a capitã da equipe Pato a Jato, única a concluir as provas na categoria Etanol.

Os números com a performance de cada equipe serão divulgados em um próximo post. Acompanhe.

Comentários

Engenharia 360
Artigo Patrocinado