Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

BIM se torna disciplina obrigatória na Poli-USP

por Eduardo Slabocicor Cavalcanti | 20/05/2014
Copiado!

Hoje em dia quando se fala em desenho técnico, automaticamente remetemos ao AutoCAD. Atualmente, profissionais de diversas áreas utilizam a plataforma CAD “computer aided design” para desenvolvimento de seus projetos, desde Engenheiros à Designers de moda, mas nem sempre foi assim. Quando foi introduzido ao mercado, no começo da década de 80, o CAD era muito restrito e pouquíssimas pessoas tinham acesso, até mesmo pois naquela época poucas empresas/pessoas possuíam um desktop em sua casa. Mesmo quando o CAD começou a se popularizar pelo mundo, ainda sofreu bastante resistência no mercado com os profissionais que estavam acostumados a desenhar no papel, com tinta nanquim, escalímetro e compasso, mas é claro, a resistência acabou sendo quebrada e hoje não existe projeto sem CAD.

Fonte: PlataformaBim.com.br

Fonte: PlataformaBim.com.br


Hoje estamos passando por um momento de introdução de uma nova plataforma no mercado, a qual no meu ponto de vista está mudando os conceitos de “projeto”, facilitando e agilizando muito o processo de produção de projetos. Tenho conversado com muitos engenheiros sobre a plataforma, e sinto que a mesma está sofrenão uma resistência por parte dos engenheiros formados há 10 ou mais anos, os quais estão acostumados com a plataforma CAD. Mas é fato, e sabemos que mais cedo ou mais tarde teremos softwares que utilizam a plataforma BIM instalados no computador de cada profissional da área, é apenas questão de tempo. A aplicação da ferramenta na prática é muito recente, mas à partir do semestre que vem (Ago 2014), a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) pretende começar a disseminar o uso da ferramenta no Brasil, pois acaba de incluir na grade curricular dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Ambiental uma nova disciplina sobre o conceito BIM “Building Information Modeling”. Fonte: O Empreiteiro A plataforma BIM é capaz de criar uma réplica virtual em 3D que apresenta todos os aspectos de qualquer obra em construção, assim como paredes, geometria, janelas, escadas, instalação elétrica e hidráulica, vigas, pilares e colunas. Tal representação gráfica facilita a detecção com antecedência de problemas do projeto, bem como situação de risco à segurança dos trabalhadores e de possíveis erros no cronograma, afina o professor Eduardo Toledo Santos, do Departamento de Engenharia de Construção Civil (PCC) Fonte: Business Review Brasil A disciplina será chamada de Introdução ao Projeto na Engenharia, e além de formar novos engenheiros com noções básicas à ferramenta, a Poli-USP também está desenvolvendo outras ações para promover o uso do BIM o Brasil, orientando alunos de mestrado e doutorado no tema, tradução do livro principal da área, o BIM Handbook, e a coordenação de comissão na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), para a criação de normas para a plataforma. Fonte: Techné – PiniWeb

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Slabocicor Cavalcanti

Empresário, empreendedor e alucinado por conhecimento, escreve para a internet desde 2008 e tem paixão por consumir informação e descobrir coisas. Formado em Engenharia Civil porém atua diretamente com diversas áreas da engenharia, e cursa MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios.

Comentários