Engenharia 360

As 5 escolas mais incríveis do mundo [e que você não vai acreditar que já existiram]

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 17/10/2022 5 min

As 5 escolas mais incríveis do mundo [e que você não vai acreditar que já existiram]

por Simone Tagliani | 17/10/2022
Engenharia 360

Sabemos que o Brasil tem um triste legado de problemas de ensino acumulados ao longo de décadas – e que até piorou muito com a chegada da pandemia de covid-19. Estudiosos questionam muito sobre o que é mais grave, se são as instalações precárias ou alguns sistemas de ensino aplicados por certas escolas e seus professores, que talvez não atendam bem as necessidades dos estudantes na atualidade. Por isso, sempre vale conhecer bons e diferentes exemplos ao redor do mundo – seja em engenharia e arquitetura ou pedagogia.

As escolas apresentadas neste texto provavelmente você não tem a menor ideia de que existem ou existiram pelo mundo. E o que elas têm ou tinham de diferente? Bom, muita coisa, como método de ensino, ambientes bizarros…, coisas impressionantes que podemos conferir nesta matéria especial do Engenharia 360! Confira a lista completa de exemplos e não esqueça de compartilhar a sua opinião no final, na aba de comentários!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Escolas diferentonas ao redor do mundo

1. Dongzhong Mid-Cave Primary School

Esta escola ficava em uma região pobre do condado de Ziyun, na China, com suas instalações localizadas dentro de uma gigantesca caverna. Tal solução de arquitetura nada convencional veio da necessidade. Por falta de repasses de dinheiro suficientes do governo, os próprios habitantes locais decidiram criar um colégio – com direito a quadra de esportes e tudo -; isso aconteceu no ano de 1984. Apesar dessa não ser considerada a melhor das opções, deu certo, ficou funcional e ajudou a mudar a realidade da vila por conta das crianças terem, enfim, acesso à educação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

escola
Imagem reproduzida de Earth and World 2022
escola
Imagem reproduzida de John Dabell
escola
Imagem reproduzida de Trusted Adventures
escola
Imagem reproduzida de Bored Panda

Em 2011, a China fechou a escola alegando que o país “não é uma sociedade do tempo das cavernas”. Por sorte, o governo voltou atrás pela pressão das pessoas através das mídias. Contudo, construiu uma escola nova fora da caverna.

2. The Brightworks School

Esta escola, de 5 a 14 anos, foi criada em 2011, em São Francisco, nos Estados Unidos. A mesma seguiu um caminho inverso ao que muitas escolas fazem, tentando incentivar, ao máximo, a criatividade de seus alunos, fugindo do velho modelo que prega ‘todos os alunos no mesmo ambiente e aprendendo a mesma coisa, em busca de uma única resposta para cada pergunta’. A solução adotada foi não ter salas de aulas!

Nesse caso, todos os alunos ficam juntos, no mesmo ambiente, aprendendo tudo junto, compartilhando experiências e vivências. O aluno passa por três níveis ou arcos, cada um com um tema central multidisciplinar relacionado à vida. Eis os níveis:

  1. Exploração: analisando o assunto com ajuda da física, matemática, meteorologia, engenharia, e mais;
  2. Expressão: ideias que viram projetos, que podem envolver técnicas de engenharia, arquitetura, artes, design e mais.
  3. Exposição: apresentação dos projetos, com elaboração e recepção de feedbacks, críticas e mais.
escola
Imagem reproduzida de YOU Bilíngue
escola
Imagem reproduzida de 450 Architects
escola
Imagem reproduzida de it’s about learning

Veja Também: A Engenharia nas escolas: despertando nas crianças o interesse pelas Ciências Exatas

3. Green School

Esta escola fica localizada em Bali, na Indonésia, e é de 2008. A mesma é considerada o maior polo educacional voltado ao meio ambiente – ou mais verde – do mundo, voltada a preparar os alunos para serem grandes líderes ambientais. Os estudantes têm aulas teóricas de matérias gerais e depois se aprofundam nos assuntos que mais gostaram, além de aulas práticas, como de jardinagem, paisagismo, artes, arquitetura, engenharia civil, dentre outras.

Por falar em arquitetura e engenharia, a energia da sua estrutura é solar e hidrelétrica; e seu edifício é a maior construção em bambu do mundo.

escola
Imagem reproduzida de Ciclo Vivo
escola
Imagem reproduzida de Namu Cursos
escola
Imagem reproduzida de ArchDaily
escola
Imagem reproduzida de The Jakarta Post

Veja Também: Engenharia Popular: uma reflexão sobre o ensino da engenharia e seu papel na sociedade

4. School on Wheels

Desenvolvida no Paquistão, trata-se de uma proposta do ano de 1993 de uma escola funcionando dentro de um ônibus. A mesma foi desenvolvida por uma ONG que atende populações mais carentes do país.

escola
Imagem reproduzida de The Express Tribune
escola
Imagem reproduzida de GIRLWITHABOOK – Tumblr

5. Abo Elementary

Foi uma escola subterrânea, criada no Novo México, nos Estados Unidos, durante a Guerra Fria. O governo, na época, acreditava que a área seria bombardeada pelos russos por se tratar de uma zona de base militar. A estrutura desenvolvida então – com direito a centro de descontaminação, sistema de ventilação artificial e portas de ferro – poderia resistir a 20 megatons ou 1320 bombas de Hiroshima, aguentando altíssimos índices de radiação.

Em 1995, o governo concluiu que a estrutura era cara demais para ser administrada. Então, construíram uma nova escola na superfície e passaram a usar a estrutura antiga como depósito e ambiente de treino para oficiais da Polícia Federal dos Estados Unidos, simulando situações de tiroteio em escolas.

escola
Imagem reproduzida de atomic-skies
escola
Imagem reproduzida de atomic-skies

Veja Também: Conheça o Projeto Engenheiros da Infância: ensinando nas escolas que #engenhariatransforma


Fontes: Canal Felipe Neto em YouTube.

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo