Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Você sabe o que é EAP? | 360 Explica

por Danilo Lorenceto | 21/03/2018

A EAP é, sem dúvida nenhuma, a maior ferramenta do escopo, pois lá vai estar a organização de como você vai executar e controlar o seu trabalho. Saiba mais!

EAP, Estrutura Analítica do Projeto, ou do inglês WBS (Work Breakdown Structure), é um processo de subdivisão do trabalho a ser realizado, em partes menores, subdividindo de tal maneira que tenhamos partes pequenas mais facilmente gerenciáveis. O objetivo principal é identificar quais são as tarefas terminais, e assim mais fácil de gerenciar que o todo.

Fonte: Pixabay.

Ela pode ser representada graficamente por um organograma, ou ainda em uma lista com os números de estrutura de tópicos demonstrando a hierarquia e a organização de sua subdivisão. Muitos perguntam: “devo subdividir até que ponto”? Você deve subdividir até o controle ficar confortável, isto é, se você consegue medir o progresso com facilidade do último nível.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por exemplo: é possível subdividir uma obra de construção civil em torre 1, pavimento 1, apartamento 101, portas do apartamento, fechaduras das portas e ainda voltas dos parafusos das fechaduras das portas. Mas, se pergunte: será que eu consigo medir o progresso deste último nível? Com certeza é bem complicado, então o correto seria parar a subdivisão em um nível antes, no caso, fechaduras das portas, pois é possível medir o progresso, saber quanto custa e quantas foram instaladas. O grande “feeling” é exatamente este.

Subdivisões da EAP

A EAP ainda é dividida em Entregas, Pacotes de Trabalho e o último nível, o de Tarefas ou Atividades.

Um conjunto de tarefas formam um pacote de trabalho e um conjunto de pacotes de trabalho formam uma entrega que, por sua vez, junto com as outras entregas, formam o projeto como um todo.

Outra orientação para subdivisão é que não tenha pacotes de trabalho com duração inferior a 1 dia, pois a medição do progresso vai ser muito complicada, e da mesma forma todos os pacotes de trabalho que tiverem duração maior que 10 dias, obrigatoriamente, tem que estar na EAP, para não ficar com um controle ineficaz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Concluindo

A EAP é, sem dúvida nenhuma, a maior ferramenta do escopo, pois lá vai estar a organização de como você vai executar e controlar o seu trabalho. Se você já viu um cronograma de obras ou até um orçamento de obras, aquela lista de atividades/tarefas que ficam do lado esquerdo é a EAP, ou seja, a estrutura de organização das tarefas.

Veja Também: Como funciona o processo decisório de uma organização?

Comentários