Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Você sabe o que é EAP?

por Danilo Lorenceto | 21/03/2018
Copiado!

EAP, Estrutura Analítica do Projeto, ou do inglês WBS (Work Breakdown Structure), é um processo de subdivisão do trabalho a ser realizado, em partes menores, subdividindo de tal maneira que tenhamos partes pequenas mais facilmente gerenciáveis. O objetivo principal é identificar quais são as tarefas terminais, e assim mais fácil de gerenciar que o todo.

 

Fonte: Pixabay.

Ela pode ser representada graficamente por um organograma, ou ainda em uma lista com os números de estrutura de tópicos demonstrando a hierarquia e a organização de sua subdivisão. Muitos perguntam: “devo subdividir até que ponto”? Você deve subdividir até o controle ficar confortável, isto é, se você consegue medir o progresso com facilidade do último nível.

Por exemplo: é possível subdividir uma obra de construção civil em torre 1, pavimento 1, apartamento 101, portas do apartamento, fechaduras das portas e ainda voltas dos parafusos das fechaduras das portas. Mas, se pergunte: será que eu consigo medir o progresso deste último nível? Com certeza é bem complicado, então o correto seria parar a subdivisão em um nível antes, no caso, fechaduras das portas, pois é possível medir o progresso, saber quanto custa e quantas foram instaladas. O grande “feeling” é exatamente este.


Quer saber mais sobre Gerenciamento de Projetos? Aproveite para comprar o e-book por um valor promocional:


Subdivisões da EAP

A EAP ainda é dividida em Entregas, Pacotes de Trabalho e o último nível, o de Tarefas ou Atividades.

Um conjunto de tarefas formam um pacote de trabalho e um conjunto de pacotes de trabalho formam uma entrega que, por sua vez, junto com as outras entregas, formam o projeto como um todo.

Outra orientação para subdivisão é que não tenha pacotes de trabalho com duração inferior a 1 dia, pois a medição do progresso vai ser muito complicada, e da mesma forma todos os pacotes de trabalho que tiverem duração maior que 10 dias, obrigatoriamente, tem que estar na EAP, para não ficar com um controle ineficaz.

Concluindo

A EAP é, sem dúvida nenhuma, a maior ferramenta do escopo, pois lá vai estar a organização de como você vai executar e controlar o seu trabalho. Se você já viu um cronograma de obras ou até um orçamento de obras, aquela lista de atividades/tarefas que ficam do lado esquerdo é a EAP, ou seja, a estrutura de organização das tarefas.

#CURSO360: Gestão de Projetos na Construção Civil. Clique na imagem para saber mais!

Copiado!

Comentários