Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Visual retrô e estilo clássico de pilotar: desvendamos o que é motopurismo com os modelos da Royal Enfield

por Eduardo Mikail | 14/03/2018
Copiado!

Já ouviu falar em motopurismo? Há quem chame de estilo, outros de filosofia. O chamado motopurismo nada mais é do que um resgate da essência de pilotar uma motocicleta. É o “puro motociclismo”, de quem busca o tradicional ao viajar ou passear em veículos de duas rodas, sem pressa e aproveitando toda a jornada.

 

Royal Enfield Continental GT (Eduardo Mikail).

O motopurismo foi incentivado pelo crescimento e destaque cada vez maior da Royal Enfield, marca de origem inglesa, que apresentou seu primeiro protótipo motorizado em 1898. Três anos depois, a primeira motocicleta seria produzida pela empresa, e por isso a Royal é considerada a marca mais antiga e com fabricação contínua de motocicletas. Mais recentemente, na década de 90, a Royal Enfield foi comprada por uma empresa indiana, sendo que desde 1949 já havia parceria com empresas do setor na Índia.

O objetivo do motopurismo, segundo Rudratej Singh, o presidente da empresa, é aproximar homem e máquina. “As motos modernas evoluíram tanto que acabaram excedendo o piloto”, diz Singh.

Imagem de moça pilotando a Royal Enfield em estrada

Imagem: Webmotors (Karina Simões).

O motopurismo é relacionado ao estilo “raiz” de pilotar, ao contrário do chamado “motociclismo Nutella”. Nesse sentido, a #motopurismo faz sucesso nas redes sociais, inclusive com memes do duelo entre os amantes de um estilo mais clássico de pilotar e os que preferem os modelos mais modernos de motocicletas.

As motocicletas da Royal Enfield

A Royal Enfield chegou ao Brasil em abril de 2017, com três modelos, todos eles clássicos e com elementos como afogador e pedal de partida – mas as motocicletas também apresentam injeção eletrônica e partida elétrica por botão. Mesmo no estilo clássico, os modelos foram desenvolvidos pensando também nas condições atuais para os motociclistas pilotarem de forma prática e segura.

Imagem antiga de motociclistas em motos Royal Enfield, enfileirados na estrada

Imagem: Divulgação

As motocicletas da Royal Enfield são: Bullet 500, Classic 500 e Continental GT. A primeira corresponde a um dos modelos mais antigos, produzidos desde a década de 30, e é considerada a mais tradicional da marca. Já a Classic tem um estilo do fim da década de 40, com um visual militar. Por sua vez, a Continental GT foi inspirada na motocicleta Café Racer, da década de 60.

Imagem da motocicleta da Royal Enfield

Imagem: Royal Enfield Classic 500.

Imagem: Royal Enfield Bullet 500.

 

Entre os destaques da marca estão a motocicleta a diesel e a moto para mulheres, datada da década de 20, e que contava até com um protetor de vestido. Em 2016, mais de 600 mil motocicletas da Royal Enfield foram vendidas, e o objetivo é explorar o mercado no Brasil, visto como de grande potencial pela empresa.

 

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários