Engenharia 360

Como o urbanismo social pode revolucionar as periferias brasileiras?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 29/05/2023 4 min
Imagem de Freepik

Como o urbanismo social pode revolucionar as periferias brasileiras?

por Simone Tagliani | 29/05/2023
Imagem de Freepik
Engenharia 360

Nas periferias das grandes cidades brasileiras, diversos desafios são enfrentados visando a melhoria da qualidade de vida dos moradores. Quando o poder público se propõe a resolver esses problemas, surgem obstáculos como disputas políticas, falta de diálogo com a comunidade e a falta de uma abordagem integrada, que abarque educação, cultura, esportes e emprego. Diante dessas dificuldades, surge o conceito de urbanismo social, que busca soluções através da participação da comunidade e de organizações da sociedade civil. Saba mais neste texto do Engenharia 360!

Como o urbanismo social difere do modelo tradicional de intervenção urbana?

O urbanismo social busca despertar o potencial das comunidades, ouvindo suas necessidades e promovendo o desenvolvimento integrado, considerando áreas como educação, cultura, esportes e emprego.

urbanismo social
Imagem de Freepik

Essa é uma abordagem de intervenção urbana que busca melhorar a qualidade de vida dos moradores das periferias e áreas vulneráveis das grandes cidades. Ao contrário do modelo tradicional de intervenção urbana, no urbanismo social, além do poder público, a busca por soluções também envolve a participação ativa da comunidade local e de organizações da sociedade civil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O surgimento do conceito

Essa abordagem surgiu em Medellín, na Colômbia, que conseguiu superar seu passado de cidade mais violenta do mundo nos anos 1990. O urbanismo social se baseia em despertar o potencial das favelas e bairros por meio do envolvimento dos seus moradores. Acredita-se que, ao engajá-los nesse processo, eles se tornam agentes de transformação e aprendem a lutar pela continuidade das melhorias realizadas em suas comunidades.

urbanismo social
Imagem de rawpixel.com em Freepik
urbanismo social
Imagem de freestockcenter em Freepik

A saber, no urbanismo social, os projetos de intervenção são adaptados às demandas específicas de cada território. Por exemplo, levando em consideração características como áreas alagáveis, encostas ou áreas industriais. Mas claro que é necessária uma análise minuciosa para atender às necessidades locais.

Veja Também:

Descubra qual é o futuro da Arquitetura e Urbanismo Mundial

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como as práticas de urbanismo social podem ser aplicadas no Brasil e em outros lugares?

No Brasil e em outros lugares, as práticas de urbanismo social são aplicadas de maneiras diversas, com base em algumas diretrizes comuns.

urbanismo social
Imagem de Ed Moss por Pixabay

Se um dos aspectos-chave do urbanismo social é a participação da comunidade e das organizações da sociedade civil na busca de soluções, isso implica algumas questões. Por exemplo, ouvir as necessidades e aspirações dos moradores locais, envolvê-los nos processos de planejamento e tomada de decisão, e valorizar o conhecimento e a expertise que eles possuem sobre seu próprio território.

Além disso, o urbanismo social pode contribuir para integrar diferentes aspectos da vida urbana, como educação, cultura, esportes e emprego, empoderando os moradores e promovendo mudanças positivas em suas vidas. Isso torna as cidades mais inclusivas, sustentáveis e justas!

Mas é importante ressaltar que não há uma solução única para todos os territórios. Cada projeto precisa ser cuidadosamente estudado e preparado para atender às demandas específicas de cada comunidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quais os melhores exemplos de práticos de urbanismo social?

Neste tópico do texto, podemos citar novamente o impacto do urbanismo social em Medellín, na Colômbia. Depois, vale comentar sobre alguns projetos de CEUs pelo território brasileiro.

O Centro Educacional Unificado (CEU) no parque Novo Mundo, em São Paulo, é diferente dos outros CEUs construídos na cidade nas últimas duas décadas. A construção do seu projeto envolveu a participação da comunidade por meio de reuniões com o poder público, onde foram discutidas questões como instalação do CEU, intervenções urbanísticas, programação e paisagem. No local são oferecidas diversas atividades, como aulas de ginástica, natação, cursos de capacitação, e mais.

urbanismo social
Imagem reproduzida de SME de São Paulo

Os Centros Comunitários da Paz (Compaz), no Recife, são equipamentos âncora que atuam em territórios de alta vulnerabilidade. Eles concentram diversas áreas, departamentos e secretarias da prefeitura, além de serviços do estado e da iniciativa privada. Os Compaz oferecem educação, esporte, cultura e serviços diversos para resolver os problemas enfrentados pelos cidadãos nessas áreas vulneráveis.

O que é o guia de urbanismo social recentemente lançado e qual é o seu propósito?

O guia de urbanismo social recentemente lançado é uma compilação de práticas e exemplos de como o urbanismo social pode ser aplicado para melhorar a qualidade de vida nas periferias das grandes cidades. O propósito do guia é compartilhar experiências e inspirar a aplicação do urbanismo social em outras localidades, visando transformar as periferias e melhorar a vida dos moradores. Uma cópia do mesmo pode ser baixado clicando aqui.

Como a população envolvida nos projetos de urbanismo social tem percebido as mudanças em suas vidas?

A população envolvida nos projetos de urbanismo social tem percebido mudanças positivas em suas vidas. Essas mudanças incluem melhorias na qualidade de vida, como a redução da violência, o acesso a oportunidades de educação, esportes, cultura e emprego, e a melhoria das condições de moradia. Toda essa abordagem inclusiva e participativa tem despertado o potencial das comunidades, permitindo que elas se tornem mais ativas e engajadas na busca por melhorias contínuas em seus bairros.

Espalhe a mensagem deste texto para outras pessoas e inspire a transformação da sua comunidade também!

Veja Também:


Fontes: G1.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada nos cursos de Arquitetura & Urbanismo e Letras Português; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital, Marketing Digital, Gestão de Projetos, Transformação Digital e Negócios; e proprietária da empresa Visual Ideias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo