Engenharia 360

Conheça os 4 principais tipos de torneiras para casa e suas diferenças

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 28/12/2021 | Atualizado em 04/02/2022 4 min

Conheça os 4 principais tipos de torneiras para casa e suas diferenças

por Simone Tagliani | 28/12/2021 | Atualizado em 04/02/2022
Engenharia 360

Todas as residências têm! Em qualquer ambiente de cozinha e banheiro podemos encontrar as torneiras! Elas são elementos de arquitetura e decoração bastante funcionais, muito importante para áreas molhadas. Mas por que será que existem modelos diferentes? Bem, pode ser porque uma casa tem pontos de água quente, além de água fria. Também vai depender do tipo de bancada ou cuba que receberá as torneiras. E, por fim, algumas medidas que interferem na questão do jato – sobretudo direcionamento – de água e mais. Entenda melhor no texto a seguir!

Ergonomia das áreas molhadas

Sabe por que é importante acertar esta questão do jato de água? É porque, se a saída de água e a pia ou cuba escolhida estiverem desencontradas, será impossível lavar as mãos ou utensílios com facilidade, garantindo o movimento das mãos. O bocal da saída de água e o ralo, por exemplo, devem estar a 30 ou 40 cm de distância, para cozinhas, e 20 a 25 cm para banheiros. Também é importante que ambas as coisas estejam centralizadas – mesmo que a torneira seja disposta em um dos cantos da bancada.

Quando o projetista opta por cubas de apoio, a melhor opção é a instalação de torneiras de parede. A vantagem disso é poder deixar a bancada mais “livre”, otimizando espaço – o que é ótimo para pequenos ambientes. Outra opção é a torneira de mesa, um tipo de torneira instalada sobre cubas ou bancadas. Esta tem manutenção e instalação bem mais fácil, e não é necessário quebrar nada em caso de vazamentos. Essa é uma boa solução para cubas de semi-encaixe ou embutidas em pedra, por exemplo, usando torneiras de bica alta e baixa respectivamente.

Tipos de torneiras vendidos no mercado

Torneira somente para água fria

Torneira convencional com registro único e simples para controlar o fluxo de água em única temperatura fria.

controle água
Imagem reproduzida de Telhanorte

Torneira para água fria e quente

Existem modelos de torneiras que permitem a mistura de água quente e fria em uma única saída. São as torneiras tipo misturador, que podem ter um único registro para controlar a saída de água dependendo do lado que está voltado – monocomando – ou dois registros para misturar as duas temperaturas – duplo comando.

controle água
Imagem reproduzida de Magazine Luiza

Confira: Banheiro moderno – 10 dicas de como projetar! Confira!

Torneiras modernas

Existem ainda as torneiras com temporizador para controlar a vazão da água por tempo limitado, ajudando na economia e evitando desperdícios de água, além de garantir maior higiene e menor risco de contaminação – perfeito nestes tempos de covid. Ainda, nesta linha, existem as torneiras com sensor de movimento, que só libera a saída da água quando capta a proximidade de mãos ou movimento.

controle água
Imagem reproduzida de Loja Olimar Metais – Olimar Metais Sanitários
controle água
Imagem reproduzida de AliExpress

Torneiras para água quente

As torneiras tipo misturador são perfeitas para sistemas com aquecimento de água, com possibilidade de regulagem de temperatura, como dito antes. Mas essa é uma opção apenas quando, antes, já se faz a instalação de aquecedor e tubulações específicas até o ponto das torneiras. E quando não se fez isso, mas se tem por perto uma instalação de luz adequada, seria possível ter, no lugar, torneiras elétricas, que funcionam como mini chuveiros e esquentando a água através de uma resistência. Contudo, atenção, pois o recomendado é usar o aparelho por, no máximo, 5 anos – por questão de segurança.

controle água
Imagem reproduzida de Schirmann Home Center
controle água
Imagem reproduzida de Telhanorte

Explicações Bônus

As torneiras de melhor qualidade são aquelas fabricadas em metal. Um material mais resistente é o latão. Também existem torneiras com acabamento cromado – que não sofrem com corrosão. Por fim, existem as torneiras de plástico – mas que são bem menos resistentes. E em plástico ainda são feitas as peças avulsas de arejador, para colocar na ponta da torneira para evitar respingos além do desenho das pias e cubas, e ainda controlando a pressão do jato que a água sai.

controle água
Imagem reproduzida de Balarot

Veja Também: Faça a sua parte! Veja como economizar água dentro de casa

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo