Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Testamos o Jetta GLI: confira nossa opinião | Review 360

Engenharia 360
por Eduardo Mikail
| 30/12/2019 4 min

Testamos o Jetta GLI: confira nossa opinião | Review 360

por Eduardo Mikail | 30/12/2019
Copiado!

Pouco mais de um ano após testarmos o Jetta 1.4 TSI, nós do Engenharia 360 tivemos a oportunidade de testar o Jetta GLI, o superesportivo disfarçado de sedã (como afirma a própria fabricante) da Volkswagen. Aperte os cintos e confira, neste texto, quais foram nossas impressões sobre essa máquina.

O Jetta GLI já é o queridinho de muita gente e também é considerado uma versão melhor, maior (pelo menos por dentro), mais rápida e mais barata do Golf GTI (o seu primo famoso que nós já testamos e que deixou de ser oferecido no Brasil – #saudades). Nesta versão GLI, o Jetta deixou para trás a aparência comum e mostrou que veio para chamar a atenção quando passa pelas ruas, mas, mais que isso, ele conquista mesmo é pelo desempenho.

Vale destacar que a sigla GLI foi criada na década de 1980 nos Estados Unidos e cuja sigla significa Grand Luxury Injection. Por outro lado, a sigla GTI significa Grand Tourer Injection e data da década de 1960.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

Motor e performance

O motor do Jetta GLI é um 2.0 TSI (chamado 350 TSI, o mesmo do Golf GTI), com 230 cavalos e 350 Nm de torque conectado ao câmbio automatizado de dupla embreagem de seis marchas. Esse conjunto alcança um ótimo desempenho e faz 100km/h em 6,8 segundos.

jetta GLI engenharia 360
Imagem: Volkswagen

No programa Eco, recomendado para uso diário na cidade, é possível poupar combustível. Ainda, há o star-stop 2.0, que desliga o propulsor antes que o veículo pare. No modo Sport, o volante fica mais firme e a redução de marchas é antecipada. Além desses, há o modo Normal e o Individual.

Design

Há, na grade dianteira – a qual possui um padrão colmeia – a sigla GLI. Para completar um visual mais esportivo, há um filete vermelho. O conjunto ótico é de LED.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

Na traseira há traços aerodinâmicos que são mais ressaltadas na tampa do porta-malas. O spoiler, integrado a essa tampa, é conectado às linhas laterais, o que evidencia a largura do carro. Na lateral, há um vinco que é mais afunilado na parte traseira. É claro que há quem critique a atualização, afirmando que, ao se tornar mais esportivo, ele perdeu o seu estilo “clássico”. Eu, particularmente, gostei.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

As rodas são R18. No quesito dimensões, o veículo possui comprimento de 4,71 metros, largura de 1,8 metro, altura de 1,47 metro e distância entre eixos de 2,68 metros.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

Por dentro do Jetta GLI

No interior, o Jetta GLI possui bancos com ajuste elétrico para o motorista, volante de base reto com encaixe anatômico para as mãos e paddle-shifts. Há tela multimídia com 8 polegadas com Android Auto e CarPlay e GPS e, ainda, há duas portas USB.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

A iluminação ambiente de LED permite que você escolha entre 10 opções de cores. O problema no interior do carro é o acabamento, que é simples. Para quem senta atrás, o conforto é menor: as portas traseiras são forradas em plástico (enquanto as dianteiras são emborrachadas) e não há saída de ar-condicionado dedicada.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

Por outro lado, o Jetta GLI é espaçoso, mesmo para quem senta atrás. Como os bancos são largos, cabem três pessoas atrás com conforto (nem tanto para quem senta no meio devido ao ressalto do assoalho). Ainda, há encosto de cabeça (não ajustável) e cinto de três pontos para todos os ocupantes. No porta-malas também tem bastante espaço: cabem 510 litros.

O ar-condicionado é automático com duas zonas de temperatura. Outras tecnologias no Jetta GLI são: sistema de frenagem automática integrado ao controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo, detector de fadiga, assistente de partida em subidas, câmera traseira, teto solar (opcional), Sistema Kessy de chave eletrônica, frenagem pós-colisão, seis airbags (dois laterais, dois frontais e dois tipo cortina), controle eletrônico de tração e de estabilidade, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensores crepuscular e de chuva e retrovisor interno eletrocrômico.

Jetta GLI Volkswagen Review Engenharia 360
Imagem: @eduardomikail

Preço

O Jetta GLI custa R$144.990,00. As cores metálicas (cinza platinum ou prata pyrit) acrescentam um custo de R$1.480,00 e a perolizada (preto mistic) um custo de R$1.580,00. O pacote teto solar, o único opcional oferecido, aumenta o preço em R$4.990,00.

Jetta gli
Imagem: @eduardomikail

O que nós achamos?

Além de tudo que já foi falado, o Jetta GLI possui uma elegância proporcionada principalmente pelo contraste cinza (na versão que testamos) com os detalhes em vermelho. Ainda, ele é um carro super confortável, muito espaçoso, que te passa uma segurança muito grande ao dirigir e possui muita aderência e estabilidade nas curvas.

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários