Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Será que nós realmente podemos confiar na Wikipédia?

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 13/05/2015 3 min

Será que nós realmente podemos confiar na Wikipédia?

por Larissa Fereguetti | 13/05/2015
Copiado!

Quando você precisa de uma resposta rápida, qual o primeiro lugar em que procura? No Google, é claro. E qual o primeiro link que normalmente aparece no Google? A Wikipédia, exato. Seja para pesquisar a vida de um famoso ou para saber se a sua dor de cabeça pode virar um câncer, você já usou a Wikipédia ao menos uma vez na vida. A questão é: dá para confiar no que você lê em milhares de páginas da Wikipédia, principalmente no meio acadêmico?

Imagem: elizabethdodd.wordpress.com

Imagem: elizabethdodd.wordpress.com



Quando eu descobri o Google e logo depois descobri que havia um site – Wikipédia –  com milhares de informações que respondiam as perguntas dos meus trabalhos de escola, passei a achar a internet uma verdadeira maravilha. Até que uma vez um professor me disse que eu não deveria confiar na Wikipédia para fazer meus trabalhos. Eu tinha em mente que a Wikipédia era como uma enciclopédia digitada (até mesmo pela semelhança do nome), como uma versão digital daqueles livros de capa vermelha perfeitamente alinhados na estante da biblioteca. Não demorou muito para que eu descobrir que qualquer um poderia alterar os textos da Wikipédia e minha confiança ir por água abaixo. Eu deixei de utilizar a Wikipédia para trabalhos, mas, isso não significa que eu não faça uma visita por lá quando preciso de uma resposta rápida e simples.


 

Leia também: Como funciona o sistema de buscas do Google?


 
A Wikipédia, que surgiu em 2001, é tão duvidosa simplesmente porque pode ser editada por todo mundo, ou seja, qualquer um pode alterar ou criar artigos. A ideia é ótima, reunir conteúdo de maneira que todos possam contribuir com seus conhecimentos no assunto. Entretanto, há sempre aqueles com más intenções que ajudam a comprometer a confiabilidade do site.

“A Wikipédia tem como objetivo fornecer um conteúdo reutilizável livre, objetivo e verificável​​, que todos possam editar e melhorar. […] Todos podem publicar conteúdo on-line desde que sigam as regras básicas estabelecidas pela comunidade, como por exemplo a verificabilidade do conteúdo ou notoriedade do tema.” (Wikipédia).

O que muitos não sabem é que existe um filtro para tudo que é escrito. Há cinco níveis hierárquicos: os leitores, que apenas consultam os textos; os editores, que podem ser registrados ou anônimos; os administradores, que possuem vantagens além dos editores, como bloqueio de páginas; os burocratas e, por último, os steward. Quando um assunto publicado é considerado controverso, ele é verificado pelos administradores. Porém, mesmo o artigo editado passando por verificações, ainda há furos que não são corrigidos. O próprio site ajuda o leitor a descobrir a confiabilidade da informação por meio de considerações como estrelas e caixas de texto.

Imagem: wdyl.com

Imagem: wdyl.com

+ Então, devo ou não usar a Wikipédia?

Usar você pode, mas o indicado é fazer o uso só para consultas prévias, quando quer saber superficialmente sobre um assunto e, mesmo assim, ter uma visão crítica sobre aquilo que está lendo, saber que pode ou não ser verdade. O ideal é utilizar fontes confiáveis e sempre mais de uma fonte. As mais comuns são livros e artigos acadêmicos. Se ainda assim você quer citar a Wikipédia, saiba que, mesmo verificando o que leu e tendo certeza de que está correto, muitas pessoas fazem careta quando percebem que o site foi utilizado nas suas referências e podem desmerecer seu trabalho.
Referências: NCD – UFES; Wikipédia.  E eu que achava que nunca usaria a Wikipédia como referência.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Artigo Anterior
Próximo Artigo

Comentários