Engenharia 360

Como funciona o sistema de buscas do Google? | 360 Explica

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 03/04/2015 | Atualizado em 21/02/2022 2 min

Como funciona o sistema de buscas do Google? | 360 Explica

por Larissa Fereguetti | 03/04/2015 | Atualizado em 21/02/2022
Engenharia 360

Você já parou para pensar sobre como o Google faz as pesquisas? Quanta programação está envolvida ou quantas pessoas estão por trás de todas as suas buscas na internet? Por ser simples e prático, estamos acostumados a “procurar no Google” toda vez que queremos saber desde questões complexas a futilidades. O que não sabemos é o que há por trás do funcionamento deste oráculo moderno.

google
Fonte: islam.com.kw

Quem responde a maioria das perguntas sobre o Google é a própria empresa. Ela possui indexadores da web que localizam as páginas que serão incluídas mais tarde nos resultados de pesquisas. O software do buscador armazena dados sobre as páginas em centrais de dados. Os índices do buscador ultrapassam 100 milhões de gigabytes e já foram gastas mais de um milhão de horas de computação criando tais índices.

Veja Também: Engenheiro, o Google quer você! 

Sistema Google Instant

Quando você clica em “pesquisar” o algoritmo do Google busca as informações. A consulta percorre aproximadamente 2400km para achar sua resposta a uma velocidade próxima à da luz. Sabe quando você começa a digitar e já aparece todo o resto da frase? Tal ação, que facilita a vida de muitos que não sabem como pesquisar, é chamada de Google Instant e tem o objetivo de te fazer ganhar tempo e encontrar sua resposta rapidamente.

Algoritmo

Seu algoritmo também é capaz de detectar boa parte dos spams e rebaixá-los. Ele faz uma análise através de mais de 200 sinais para decidir quais dentre os milhões de resultados encontrados são relevantes. Assim, os resultados são classificados conforme a ordem de relevância e exibidos. Alguns sinais são: o grau de atualidade do conteúdo de um site; palavras na página da web; verificação ortográfica; qualidade do conteúdo; personalização; resultados recomendados por pessoas as quais você está conectado e outros. Desde 2003, o Google já respondeu a 450 bilhões de consultas inéditas, sendo que 16% das pesquisas que aparecem todos os dias são inéditas.

Mecanismos

É assim que o tão famoso buscador consegue te dar uma resposta rápida e, quase sempre, específica. Para saber mais você pode consultar este infográfico, desenvolvido pela empresa para explicar como são feitas as buscas de maneira resumida e interativa. O vídeo abaixo mostra como foi a evolução dos mecanismos de pesquisa do Google e o que motivou tais mecanismos.

E já que estamos falando de pesquisar no Google, vou compartilhar um dos meus sites favoritos. Sabe quando aquele amigo faz uma pergunta para você ao invés de procurar no buscador? Ao invés de responder “procura no Google”, você pode ensiná-lo a enxergar quão óbvio é fazer a pesquisa ao invés de perguntar par você ou qualquer uma. O “Permita-me usar o Google para você” é um site em que, ao digitar o termo da pesquisa, é gerado um link que você pode enviar para seu amigo. Quando ele clicar no link o site “explicará” como utilizar o buscador através de dois passos e, ao final, direcionará para a pesquisa do Google com o tema que você procurou. Veja um exemplo clicando aqui.


Fontes: Google – How Search Works.

Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Engenheira, com mestrado e doutorado. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo