Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Quais são os tipos de cimento e para que servem? | 360 Explica

por Clara Ribeiro | 16/03/2021

Essencial na construção civil, esse material possui diferentes usos.

O cimento é um material fundamental e primordial para maioria das obras, sobretudo aquelas que precisam de ótima resistência. Ademais, ele está presente em quase todas as etapas da construção.

Trata-se de um aglomerante essencial que auxilia na consistência e segurança da obra. Afinal de contas, ele viabiliza a união dos grãos aglomerados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como falamos acima, ele está presente em diversas etapas da construção pois faz parte da composição da argamassa, do reboco de parede, fabricação de concreto, entre outros.

Contudo, com o desenvolvimento tecnológico, o cimento passou a ter diversos modelos especiais para cada tipo de obra. Essa divisão foi feita para proporcionar ainda mais qualidade e segurança à construção. Confira abaixo alguns dos principais modelos disponíveis no mercado:

  • CP I (Cimento Portland Comum);
  • CP I-S (Cimento Portland comum com adição);
  • CP II-E (Cimento Portland composto com escória);
  • CP II-Z (Cimento Portland composto com pozolana);
  • CP II-F (Cimento Portland composto com fíler);
  • CP III (Cimento Portland de alto forno);
  • CP IV (Cimento Portland Pozolânico);
  • CP V-ARI (Cimento Portland de alta resistência inicial);
  • CPB (Cimento Portland Branco);
  • CP RS (Cimento Portland resistente a sulfatos);
  • CP BC (Cimento Portland de baixo calor de hidratação);

Dito isso, separamos os principais tipos de cimento usados em construções tanto de pequeno porte quanto de grande porte. Por isso, acompanhe o post e saiba tudo sobre esse assunto!

Cimento para obras estruturais

Os tipos de cimento para obras estruturais foram desenvolvidos principalmente para uso em lajes, fundações, pilares, lajes e vigas. Ou seja, sua aplicação se dá na parte estrutural da obra. Sendo assim, para estes fins recomendamos o CP II-F, ou Cimento Portland composto com fíler.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ademais, possui ótima resistência e secagem muito mais rápida que os cimentos convencionais. Desse modo, pode-se dizer que é um dos principais tipos, pois ele que dará sustentação a edificação.

Cimento para uso geral

Esse modelo de cimento foi desenvolvido para ter ótima resistência, contudo, não precisa ser extremamente resistente como o cimento para obras estruturais fortes.

imagem ilustrativa de cimento em preparação

Dito isso, seu uso se dá principalmente na hora de fazer o reboco, na confecção do concreto convencional, no contrapiso.

Ademais, pode ser usado em lajes também. Para isso, recomendamos o Cimento CP-V ARI, também chamado de Cimento Portland de Alta Resistência Inicial.

Vale frisar que pode ser uma opção para obras menores e sua utilização pode ser desde a fundação até o acabamento da obra. É um material resistente, versátil e fundamental para o andamento da construção.

Para alta produtividade – Obras Especiais – Industrial

O Cimento CP-V ARI, ou Cimento Portland de Alta Resistência Inicial, é considerado um cimento de alta produtividade. O modelo volta-se para uso de grande porte. Possui secagem extremamente rápida e oferece ultra resistência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Deve ser utilizado sobretudo na hora da aplicação dos blocos estruturais, pavers, artefatos de cimento e pré-moldados. Vale frisar que é o modelo mais resistente do mercado.

Cimento para alta produtividade – Obras Especiais – Industrial – Meios agressivos

Outro modelo de cimento de alta produtividade, voltado para obras de grande porte. Assim como o modelo anterior, também possui secagem ultra rápida e máxima resistência.

É o caso do Cimento CP-IV, ou Cimento Portland Pozolânico: Por causa de sua composição em material Pozolânico, proporciona estabilidade em ambientes agressivos, principalmente onde há muito sulfato. Pelo fato de ser pouco poroso, este modelo é bastante resistente à ação da água do mar e de esgotos.

Pode ser aplicado nos blocos estruturais, pavers, artefatos de cimento, pré-moldados e obras com constante contato com esgoto em geral. Foi desenvolvido com a máxima tecnologia para proporcionar ainda mais segurança e resistência à obra.

E então, gostou de conhecer mais sobre o uso do cimento na construção civil e seus tipos? Comente o que achou!

Comentários

Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.