Engenharia 360

Em meio à crise, Rússia retoma produção de automóveis Moskvitch

Engenharia 360
por Redação 360
| 03/11/2022 | Atualizado em 06/11/2022 3 min

Em meio à crise, Rússia retoma produção de automóveis Moskvitch

por Redação 360 | 03/11/2022 | Atualizado em 06/11/2022
Engenharia 360

Duas décadas! Já fazem duas décadas desde que a marca soviética OAO Moskvitch não fabrica mais automóveis onde hoje é a Rússia. Mas a situação desta vez é diferente. O país encontra-se em guerra com a Ucrânia; por isso, a fabricação desse tipo de produto no território está comprometida ou sofrendo com forte inflação. Então, Moscou precisou agir e apresentar uma solução. A ideia é que se possa resgatar as instalações de uma antiga fábrica da Renault na própria cidade-capital.

O renascer da OAO Moskvitch

A OAO Moskvitch pediu falência em 2002 e foi finalizada em 2006. Já a Renault decidiu vender neste ano a sua participação na AvtoVAZ – montadora russa de automóveis – para uma estatal, o Instituto Central de Pesquisa e Desenvolvimento Automobilístico de Motores da Rússia (NAMI). E tem ainda a Nissan, outra marca que deixou o país recentemente. Tal decisão foi tomada devido à invasão russa da Ucrânia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas agora se tem, então, esta nova perspectiva. As informações iniciais são de que os novos carros da Moskvich começarão a sair da linha de montagem já em dezembro deste ano – um total de 600 unidades, sendo destas 200 modelos 100% elétricos. E para o ano que vem a ideia é aumentar a produção em dez mil vezes mais. Também foi uma jogada para que os empregos sejam mantidos na antiga fábrica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os carros já fabricados pela Moskvitch

Moskvitch
Imagem reproduzida de Autoweek
Moskvitch
Imagem reproduzida de The Telegraph
Moskvitch
Imagem reproduzida de Russia Beyond
Moskvitch
Imagem reproduzida de Motor1 – UOL
Moskvitch
Imagem reproduzida de Motor1 – UOL
Moskvitch
Imagem reproduzida de Motor1 – UOL
Moskvitch
Imagem reproduzida de MegaRetr em YouTube
Moskvitch
Imagem reproduzida de Euro Weekly News
Moskvitch
Imagem reproduzida de Classic Cars
Moskvitch
Imagem reproduzida de Wikipedia

A saber, a JSC KAMAZ – marca russa de caminhões – deve entrar nesta onda de fabricação de carros. Inclusive, ela deve se unir à JAC Motors – uma montadora chinesa – para concretizar planos de design e de plataforma para automóveis, além de receber as ferramentas necessárias para a fábrica construir os veículos. E, de todo modo, o acordo assinado tanto pela Renault quanto pela Nissan permite que as marcas comprem de volta a sua participação dentro dos próximos anos. Mas o que esperamos mesmo é que a guerra na Ucrânia chegue ao fim!

Veja Também: Starlink expande seu serviço de Internet e Rússia faz ameaças


Fontes: UOL.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo