Engenharia 360

Starlink expande seu serviço de Internet e Rússia faz ameaças

Engenharia 360
por Redação 360
| 26/09/2022 3 min

Starlink expande seu serviço de Internet e Rússia faz ameaças

por Redação 360 | 26/09/2022
Engenharia 360

Desde que começou a ofensiva russa sobre o território da Ucrânia, o sinal de Internet no país ficou comprometido pelos sucessivos ataques. Logo a Starlink interferiu na história, a pedido de Elon Musk, disponibilizando o próprio serviço da empresa para os ucranianos, despachando vários equipamentos para a região. Mas, para alguns, isso simbolizou um desejo direto do envolvimento de Washington no destino dessa guerra. Inclusive, quanto mais a Rússia se prepara para dar um passo além em sua escalada militar, mais ela critica a utilização dos satélites lançados pela SpaceX. Entenda todo o caso no texto a seguir!

satélites starlink
Imagem reproduzida de VOI

A declaração da Rússia na ONU

Recentemente, tivemos a participação de diversos governantes mundiais na Assembleia Geral da ONU – incluindo o presidente do Brasil. Na ocasião, o representante da Rússia afirmou, em discurso, que quaisquer “infra estruturas semi-civis” serão consideradas alvos contra Moscou e passíveis de retaliação. Indiretamente, isso diz respeito também aos satélites da Starlink. E para reafirmar isso, depois, ainda foi assinado um documento pelo diplomata Konstantin Vorontsov, chefe da delegação russa no Escritório das Nações Unidas para Assuntos de Desarmamento (UNODA), e membro do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, subordinado ao atual ministro Sergei Lavrov.

A defesa da Rússia parece ser a seguinte: de que tal tecnologia em órbita estaria sendo usada, além da aplicação civil, como sistema de espionagem ou armamento pelo ocidente, mais especificamente o governo dos Estados Unidos junto à OTAN. Bem, certo ou errado, em verdade, sabe-se que membros da resistência à invasão russa à Ucrânia vêm utilizando sistemas de drones fornecidos por outros países. E algo que desagrada os russos é que a SpaceX já conta com quase 3 mil satélites em uso global, com planos de lançar outras dezenas de milhares através do foguete Falcon 9 – que pode lançar 60 em cada subida.

satélites starlink
Imagem reproduzida de Pplware – SAPO
satélites starlink
Imagem reproduzida de Olhar Digital

O ‘lado B’ da história

Já os Estados Unidos dizem que a Rússia não é tão inocente assim quanto faz parecer, principalmente depois que fez uma convocação a reservistas e ameaças de usar armas nucleares contra a Ucrânia. De fato, a situação é bem complicada. Vale lembrar que, além dos americanos, a China e a Índia, aliados dos russos, dispõem de sistemas Adaptative Satellite Access Technologies, ou Tecnologias Adaptativas de Acesso a Satélites (ASATs), que serviriam para inutilização de satélites em órbita, o que envolve desde ataques lançados de caças, a interceptadores em solo.

Também a própria Rússia mantém em funcionamento o sistema A-235 PL-19 Nudol, desenvolvido para a interceptação e abatimento de satélites – mesmo em órbita alta. Dizem que é possível que o Nudol tenha sido responsável pelo acidente que envolveu o satélite espião soviético Kosmos-1408 em 2021. Na época, uma chuva de destroços foi lançada em direção à Estação Espacial Internacional (ISS), o que tirou a NASA do sério.

A resposta de Elon Musk à crise

Em meio a toda essa polêmica, pensa que Elon Musk ficou abalado? Não! O empresário afirmou que a SpaceX consegue, hoje, lançar satélites mais rápido do que a Rússia ou qualquer outra nação do mundo consegue derrubá-los. Então, as chances dos planos de Vladimir Putin de frear a logística da empresa seria zero. E Musk ainda foi além, dizendo que a Starlink está agora disponível para todos os continentes do mundo, com satélites suficientes na órbita da Terra; que no último lançamento da SpaceX foram mais 54 satélites; e que, até 2027, a empresa deve somar 42 mil satélites em órbita.

satélites starlink
Imagem reproduzida de BIT magazine

Veja Também: Atenção! Internet via satélite da Starlink agora custa mais barato


Fontes: Meobit, Olhar Digital.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo