Engenharia 360

Brasileiro desenvolve a primeira telha hidropônica do mundo em escala comercial

Engenharia 360
por Redação 360
| 18/10/2022 4 min

Brasileiro desenvolve a primeira telha hidropônica do mundo em escala comercial

por Redação 360 | 18/10/2022
Engenharia 360

Estamos vivendo um ponto máximo das discussões de arquitetura e engenharia verde. É fato que precisamos focar mais em soluções para a criação de edificações verdadeiramente ecológicas e sustentáveis. Só que o tema não deve ser estudado apenas pelos designers dessas estruturas, mas por toda a sociedade, visando encontrar boas soluções. Inclusive, precisamos destacar o belíssimo exemplo do engenheiro agrônomo Sérgio Rocha. Ele é o inventor da telha hidropônica Kaatop. Saiba mais no texto a seguir!

telha hidropônica
Imagem reproduzida de ArchDaily

O que é uma telha hidropônica?

Vamos começar explicando quais são as vantagens dessa telha hidropônica Kaapot. Bem, é que, em sua estrutura, seria possível cultivar diversas espécies de plantas. É essa a ideia que Sérgio Rocha teve ao tentar desenvolver uma solução para telhados verdes e jardins suspensos – já revelando, então, para que a tecnologia serviria. Conforme a opinião do especialista, as demais técnicas e sistemas disponíveis no mercado são difíceis de ganhar espaço em obras de “pegada ambiental” – que, como se sabe, é uma forte tendência de agora para o futuro.

O maior valor dessas telhas hidropônicas é o quanto podem ajudar a impulsionar ações de arquitetura e engenharia civil que venham a mudar o visual de áreas urbanas, tomadas pelos telhados e coberturas. Nesse caso, não é necessária a instalação prévia de jardins. E estima-se que seja possível cultivar até 20 mudas ornamentais ou agrícolas (com culturas como trigo, arroz, feijão, aveia, etc.) para cada metro quadrado. Ou seja, a intenção é mesmo “esverdear” ao máximo as cidades!

telha hidropônica
Imagem reproduzida de CicloVivo

Analisando o mundo como um todo, são bilhões de metros quadrados de telhados convencionais, secos e áridos, instalados anualmente. Um número reduzido dessas estruturas é transformado em telhados verdes. Contudo, há esperança de que, mudando a mentalidade das pessoas, a proporção aumente significativamente, chegando a 70% até 2050. Eis as consequências positivas disso para os grandes centros urbanos:

  • diminuição das ilhas de calor;
  • diminuição no custo energético;
  • diminuição na escassez de alimentos frescos;
  • e remediação de outros problemas atuais.
telha hidropônica
Imagem reproduzida de CicloVivo

Veja Também: Quais são os tipos de telhas para telhados que existem?

Mas a tecnologia funciona mesmo?

Claro que tem questões que ainda preocupam os especialista, com relação a essa tecnologia e outras similares – destacando que a ideia de Sérgio Rocha não é a primeira nesta linha, mas a primeira possível em escala comercial. Impermeabilização, sobrepeso, falhas de drenagem… tudo isso é sempre revisado nos projetos. Mas, de acordo com o agrônomo, o seu produto é o único “integrado e pronto para instalar e plantar” em telhados-base e telhados verdes.

telha hidropônica
Imagem reproduzida de Hypeness
  • A proposta de Rocha é de uma telha sanduíche com orifícios para inserir mudas, com um sistema interno que permite a passagem de mangueiras de gotejamento e distribuição de água interna por capilaridade.
  • Quanto à irrigação, ela pode ser recirculada, sem perdas de nutrientes para o meio ambiente. A promessa é de que, quando o sistema estiver desligado, o design do produto permitirá a condensação de gotículas a partir da umidade do ar, produzindo água em pequenas quantidades, ou seja, contribuindo para a redução do consumo de água para a irrigação do telhado.
  • Para finalizar, a estrutura de um telhado para receber telhas Kaatop não precisa de nenhum elemento especial, a não ser madeiramento ou estrutura metálica para dar suporte, como é necessário para qualquer telhado comum.
  • Agora, se a pessoa quiser, também pode-se usar esse modelo de telha hidropônica em jardins verticais.
telha hidropônica
Imagem reproduzida de Revista Attalea Agronegócios
telha hidropônica
Imagem reproduzida de ArchDaily

Pelo que se sabe, muitos investidores têm interesse neste produto. Desde 2021, já se está desenvolvendo a industrialização da telha. A primeira fábrica para sua produção foi montada no interior de São Paulo, e já há planos para outra unidade em Barcelona, na Espanha. Neste cenário, é possível que os primeiros lotes sejam disponibilizados em 2023. Vamos aguardar!

Veja Também: Por que apostar na borracha como material de cobertura para edificações?


Fontes: ArchDaily.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo