Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Quais são os tipos de telhas para telhados que existem? | 360 Explica

por Simone Tagliani | 04/11/2021

O telhado pode ser a "cereja do bolo" para uma arquitetura de edificações. Neste texto, você encontrará exemplo dos 8 materiais mais utilizados para isso!

Os arquitetos costumam dizer que os jardins são como as molduras para as edificações. Já o acabamento destas obras é o fechamento de telhado, que pode apresentar caimentos em muitos sentidos – as tais águas das coberturas. Mas você conhece todas as opções de materiais para telhados? É importante ter este conhecimento! Sabe por quê? Pois isto interfere diretamente no custo da obra, além do conforto térmico e acústico da casa erguida. Veja algumas opções no texto a seguir!

1. Ardósia

Estas placas de telhado são feitas por uma rocha sedimentar que, aliás, é bastante utilizada como outros tipos de revestimento para construção civil em nosso país. São peças finas, com baixa porosidade, alta resistência mecânica, boa durabilidade, baixa manutenção, porém mais pesadas – exigindo um estrutura de sustentação mais reforçada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Coop Slate – Brazilian Slate

2. Plástico e policarbonato

As placas de plástico podem ser encontradas à venda em várias cores. Inclusive, há peças que imitam as tradicionais telhas cerâmicas. A maioria dos modelos apresenta boa resistência, especialmente no transporte. Oferecem bom isolamento acústico e térmico. Podem cobrir mais metragem com menos peças. E, o maior atrativo, deixam uma parcela de luz solar passar, permitindo a iluminação natural dos ambientes, diminuindo gastos com iluminação elétrica. A saber, existem peças feitas de PET que são consideradas ecologicamente corretas, leves, resistentes, capazes de suportar altas temperaturas, e com menos chances de desenvolver mofo.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Cassol Centerlar

As chapas de policarbonato podem ser lisas – em tamanhos que variam de acordo com as superfícies nas quais são apoiadas -, em muitos casos, com tratamento contra raios UV. Existem também as chamas alveolares – que é um tipo de policarbonato com cavidades internas, os tais alvéolos -, com mais resistência a impactos e isolamento térmico – sobretudo por conta deste “colchão de ar” que se forma entre as superfícies.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Onduline

3. Vidro

A telha de vidro permite também a entrada de luz natural nos ambientes. Ela é produzida no mesmo formato das telhas cerâmicas e de concreto. Apresenta boa durabilidade. Contudo, é pouco resistente a impactos e pode se quebrar facilmente durante a fixação na própria estrutura de apoio.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Prismatic

4. Borracha

A telha shingle não é muito utilizada no território brasileiro. Vemos poucos exemplares de construções com este material somente na região sul do país – e especialmente em casas de alto padrão. Mais comum é o seu uso em casas americanas. Trata-se de uma peça leve e maleável, feita de massa asfáltica, resistente e que exige pouca manutenção. Pode ser encontrada em uma grande variedade de cores. E permite a geração de telhados com grande inclinação e pouca carga, ideal para regiões com grande frequência de chuvas, quedas de granizo e neve.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Espaço Smart

Ainda dentro deste item, devemos citar as mantas para impermeabilização emborrachadas. Elas são muitas vezes utilizadas para proteger coberturas planas – como caixas rodeadas por platibandas. Neste caso, a laje de cobertura possui uma leve inclinação que faz levar a água da chuva direto para uma calha, se dirigindo para canas que são conectadas ao coletor de água pluvial da edificação.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Coberturas Leves

5. Cerâmica

As telhas de barro são as mais tradicionais, utilizadas desde o Período Colonial Brasileiro, conferindo um estilo rústico às arquiteturas. Hoje são vendidas em várias cores, acabamentos – como as esmaltadas – e formatos – como romana, germânica, portuguesa, francesa, americana, italiana e paulista. Muitas delas dispensam o uso de argamassa. Apresentam boa estabilidade. E conferem o melhor conforto térmico e acústico possível! Contudo, também são bastante pesadas e, por isso, exigem uma estrutura de apoio reforçada.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Telhas Candelaria

6. Concreto

Telhas de concreto chegaram há poucos anos no mercado e rapidamente ficaram populares, principalmente por proporcionarem um efeito mais moderno às construções. Podem ser encontradas nas lojas em uma ampla variedade de cores. As peças vendidas são incrivelmente idênticas, permitindo a criação de telhados mais simétricos. Mas a sua única grande desvantagem é realmente o peso, maior em comparação às telhas cerâmicas, exigindo uma estrutura de apoio ainda mais robusta.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Mapa da Obra

7. Fibrocimento

No passado, muitas casas brasileiras eram feitas com telhas de fibrocimento feitas com fibras de amianto. Mas este material se mostrou perigoso para a saúde; por isso, ele foi banido do mercado. Agora, as telhas de fibrocimento que conhecemos são aquelas resultantes de cimento comum mais fibra de origem vegetal ou mineral. Suas chapas são relativamente leves e duráveis – embora possam facilmente quebrar com o impacto de chuvas de granizo, por exemplo; e são onduladas, podendo ou não ficarem embutidas dentro de uma estrutura de telhado.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Coberturas Leves

8. Metal

Esta é mais uma opção encontrada à venda em grandes placas, partindo da criação de telhados em formas arrojadas – a exemplo das coberturas curvas de ginásios e galpões. O problema das telhas de metal é que o material possui menor conforto térmico e acústico, dado que é um condutor. Um exemplo de modelo é a telha galvanizada de metal ou telha de zinco. Por fim, existe a telha sanduíche, que nada mais é do que duas chapas metálicas com recheio de isopor ou poliuretano, para auxiliar no conforto térmico e acústico do telhado.

materiais para telhados
Imagem reproduzida de Guia do Construtor

Veja Também: Pesquisadores do México desenvolvem sistema de telhados verdes montados sem mão de obra especializada

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Fontes: Sienge, ArchTrends, Escola Engenharia, Entenda Antes.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.