Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Por que a Golden Gate é vermelha e a Ponte da Torre é azul? | 360 Explica

por Simone Tagliani | 23/09/2021

Duas questões simples, mas que intrigam turistas e curiosos por Engenharia. Que tal saber mais sobre a história da ponte de São Francisco e de Londres?

Este artigo é muito especial, respondendo uma dúvida que muitos têm. Ele fala sobre dois ícones estruturais de grande importância para a História da Engenharia de Tráfego. Cartão postal de duas das cidades turísticas mais famosas e visitadas no mundo, a Ponte Golden Gate e a Ponta da Torre levantam um questionamento importante: por que eles são, respectivamente, vermelha e azul? Bem, o 360 responde no texto a seguir!

A Ponte Golden Gate

A Golden Gate é uma linda ponte localizada sobre o estreito de Golden Gate, na Califórnia, Estados Unidos. A região, depois do grande Terremoto de 1906, passou por grandes reformas. Depois disso, a cidade de São Francisco passou por um período de ascensão econômica e imediatamente surgiu a necessidade de conectá-la com as regiões vizinhas. Assim surgiu a ideia da ponte, considerada  uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

ponte de São Francisco
Imagem reproduzida de OLHANDO DA JANELA DO TREM

Estrutura

A estrutura da Golden Gate tem nada mais nada menos do que 2737 metros de comprimento – sendo a distância entre as duas torres de 1 280 metros -, 27 de largura e 227 de altura. Ela foi inaugurada em 1937. Projetada para receber cerca de 100 mil veículos por dia e resistir a fortes ventos e correntezas. Apresenta seis pistas. E um sistema de estrutura tipo pênsil ou suspensa, sustentada por cabos ou tirantes de suspensão – uma tecnologia que, de acordo com relatos históricos, é utilizada na Engenharia Civil desde o século III.

São Francisco
Imagem reproduzida de PIXNIO

No início, a Golden Gate pesava 887 mil toneladas; perdeu 12 mil toneladas nos anos 80, com a troca de pavimento. Mas desde sempre ela parece vermelha. Contudo, ela só parece, mas não é! Na primeira vez que as suas peças de aço foram instaladas, estava coberta com um fundo vermelho. Um engenheiro consultor gostou do efeito visual disso e sugeriu que fosse mantido. Depois, o mesmo ajudou a desenvolver a cor da pintura final da ponte, Carmesim ou International Orange, ou seja, laranja! Esse é o mesmo tom do primer para a tinta que viria depois. E para que ele serve hoje? Bem, além de deixar a ponte muito bonita, combinando com o entorno natural, chama a atenção de navios que passam pela região, se destacando em dias de nevoeiro.

Veja Também: Conheça o incrível caso da Ponte de Tacoma [estudada por arquitetos e engenheiros]

A Ponte da Torre

A Tower Bridge ou Ponte da Torre está localizada ao lado da Torre de Londres. Foi construída sobre o Rio Tâmisa, no Reino Unido; e inaugurada no ano de 1894. Hoje, é considerada uma das mais modernas e impressionantes estruturas de pontes do mundo, sendo um importante cartão postal de Londres.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

ponte
Imagem reproduzida de EngWhere

Estrutura

A Ponte da Torre tem 224 metros de comprimento e 42 de altura, recebendo 40 mil veículos por dia. Sua estrutura é do tipo báscula ou de suspensão, onde um tabuleiro é móvel, permitindo a passagem de embarcações pelo rio. E ela apresenta duas torres amarradas em seu nível superior, através de duas passarelas horizontais, planejadas para suportar a tensão exercida pelas básculas suspensas desta ponte.

Um fato curioso sobre a Ponte da Torre é o evento de 1952. Naquele ano, um ônibus panorâmico entrou erroneamente na ponte quando as básculas estavam sendo levantadas – dizem que porque o aviso sonoro não foi dado para o fechamento do tráfego. O que o motorista fez? Bem, diferente do que muitos fariam, quando percebeu que a pista à frente estava “afundando”, acelerou o veículo e deu um salto de uma báscula para outra. Por sorte, ninguém se feriu!

ponte
Imagem reproduzida de Notícias ao Minuto Brasil
ponte
Imagem reproduzida de Guia brasileira em Londres

Muitas histórias como essa sobre a Ponte da Torre podem ser conhecidas na Tower Bridge Experience, a exposição permanente sobre a história da ponte construída sobre uma das passarelas que foram fechadas. Lá é contato, por exemplo, que o esquema de cores utilizado hoje na estrutura – azul, branco e vermelho – foi escolhido em homenagem ao jubileu de prata da Rainha Elizabeth II, que marcou o 25º aniversário da sua ascensão ao trono, em 1977. Mas retratos antigos da ponte mostram que a sua pintura original era de cor azul-esverdeada.

ponte
Imagem reproduzida de GetYourGuide

Então, gostou de saber mais sobre a história da Golden Gate e da Ponte da Torre de Londres? Escreva nos comentários!


Fontes: Boa Viagem, Catraca Livre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.