Engenharia 360

As 11 melhores plataformas para cursos extracurriculares

Engenharia 360
por Redação 360
| 30/05/2022 | Atualizado em 02/06/2022 4 min

As 11 melhores plataformas para cursos extracurriculares

por Redação 360 | 30/05/2022 | Atualizado em 02/06/2022
Engenharia 360

O Engenharia 360 tem um grupo sensacional de colaboradores. Uma dessas pessoas é Joana Patrícia de Matos Santos. Ela reuniu seus colegas redatores para esclarecer uma dúvida. É que, recentemente, ela participou de um programa na sua faculdade, onde os veteranos apadrinharam os calouros, para ajudar e orientar na vida universitária. Inspirada nesse momento, pensou que seria muito legal criar um artigo que respondesse quais são as plataformas mais utilizadas por engenheiros/estudantes para cursos extracurriculares.

Joana, então, lançou essa pergunta no nosso grupo. Confira as respostas de alguns em formato de lista!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo
plataforma de cursos
Imagem reproduzida de Fundacred

1. Udemy

Começando pela opinião da Simone Tagliani. Ela contou que, nos últimos anos, esteve bastante envolvida com a sua faculdade. Ela estudou numa das universidades privadas mais bem conceituadas do Brasil e a instituição possuía parceria com a plataforma EAD Udemy – de e-learning para profissionais poderem tanto estudar como ensinar -, oferecendo milhares de cursos com certificados que valem para os estudantes usarem como horas complementares.

2. Fundação Bradesco

Simone também lembrou da escola online da Fundação Bradesco, que, inclusive, possui em sua grade curso aulas sobre programação e tecnologia da informação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3. iPED

Para finalizar, Simone cita o site iPED. Dentro desse web espaço, é possível realizar vários cursos pagos – como de sustentabilidade, informática, construção civil e mais que combinam com vários temas de engenharia. Mas quem está com a grana curta pode realizar um curso por mês da grade totalmente grátis e tirar o certificado digital. Detalhe: os mesmos também são aceites pelas universidades.

4. Fundação Getúlio Vargas

Eduardo Mikail já citou que, na época da sua faculdade, não existiam tantas opções de plataformas como hoje. Mas que, mesmo assim, ele pôde contar com os cursos gratuitos online da FGV. Hoje, existe a plataforma FGV Educação Executiva, com uma lista bem variada de cursos gratuitos.

5. Khan Academy

Eduardo ainda citou a Khan Academy, que é uma organização sem fins lucrativos dos Estados Unidos que oferece cursos gratuitos de alta qualidade. Inclusive, existe uma extensão da sua plataforma voltado ao nosso país, a Khan Academy Brasil.

Aliás, pegando esse gancho, Cristiano Oliveira complementou com a sua opinião, dizendo que aposta demais na proposta da Khan Academy; que ela seria uma solução mais óbvia para levar educação de qualidade a crianças de baixa renda – por exemplo, para nivelamento didático.

6. Udacity

Outro colega do 360, Victor Peron, disse ser uma pessoa que está sempre em busca de cursos online. Ele gosta bastante da Udacity, mais uma organização americana – inclusive, que ficou famosa pelo seu curso ‘Introdução à Inteligência Artificial’ -, para aprender conhecimentos na área de programação. Na sua opinião, os programas são muito bons, com atividades integradas que corrigem instantaneamente o código para ver se o aluno está progredindo ou não. No web espaço, seria possível realizar programas mais complexos, com a emissão de um “degree”.

Detalhe, a Udacity pode ser, desta nossa lista, a plataforma de cursos com melhor reputação no mercado, com grandes empresas, como a Google, apoiando e até contratando seus estudantes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

7. Coursera

Victor ainda diz gostar bastante do trabalho da empresa de tecnologia educacional norte-americana Coursera. Conforme ele, no site, dá para achar uma grande quantidade de cursos dos mais variados temas. Só que é necessário realizar provas para validar seu conhecimento e progredir no curso.

8. Hotmart

O colaborador Daniel Silva ressaltou como, na pandemia, o Marketing Digital ficou mais forte e que, com isso, aumentou as ofertas de cursos e treinamentos em nichos cada vez mais específicos – incluindo para as engenharias. Tem opção, por exemplo, para quem quer desenvolver alguma habilidade técnica ou comportamental. E ele recomenda para isso a plataforma Hotmart.

9. YouTube

Sim, o velho conhecido YouTube pode ser considerado uma plataforma de aprendizado, como bem lembrou Daiane Junia. Por lá, é possível conferir vídeos feitos por profissionais, estudantes, pesquisadores e empresas de todo o mundo, além de trocar ideias com outros espectadores na aba de comentários.

10. Passeio Direto

Daiane também ainda da rede social Passeio Direto, que apresenta uma proposta diferente de tudo que apresentamos nesta lista. Porque dentro desse web espaço as pessoas compartilham fragmentos de livros, polígrafos de aulas, cópias de provas e simulados, trabalhos acadêmicos e mais, com intuito de que outras pessoas aprendam com as suas experiências.

Simone contou como foi fundamental para ela o material desse site no momento de fazer revisões das suas provas finais, já que, no endereço eletrônico, sempre encontrou modelos de provas simulares aplicadas por diversos professores em diversas universidades espalhadas pelo Brasil, e estudar por esse canal a deixava mais bem preparada para tais avaliações.

11. Conquer

Por último, Diego Santos indicou a Conquer, uma instituição de ensino com foco em inovação disruptiva. Além de pós-graduação, ela teria cursos rápidos de análise de dados, liderança, inovação e soft skills. E nosso colega acrescentou que a metodologia de ensino dessa escola é bastante moderna e focada para o perfil atual do mercado.

Então, caro leitor, conhece outra boa plataforma de ensino que gostaria de compartilhar conosco? Escreva nos comentários!

Veja Também: Será que cursos de Engenharia à distância tem aprovação do CREA?

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo