Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Cimento Fotocatalítico: conheça este novo material capaz de funcionar como filtro de ar

por Simone Tagliani | 26/04/2021

Uma das novas tecnologias surpreendentes - e que parece que irá revolucionar o mercado em breve - é a do cimento fotocatalítico, que poderia, em tese, filtrar o ar nas proximidades e ainda evitar outras questões que contribuem para o desequilíbrio do meio ambiente!

Se você é um super fã de construção civil e deseja estar sempre por dentro das novas tecnologias, principalmente de materiais que podem ser empregados em projetos de arquitetura e engenharia, deve acompanhar as nossas reportagens especiais sobre os diferentes tipos de cimento, argamassa e concreto. O texto de hoje do Engenharia 360 foi pensado para apresentar uma nova alternativa de massa que, embora esteja apenas em fase experimental, deve revolucionar o mercado mundial nos próximos meses e anos. Trata-se do cimento fotocatalítico! Continue lendo para saber mais!

cimento

 O que é cimento fotocatalítico

Você consegue identificar, através das informações que já recebeu na vida, quais as principais fontes de poluição do ar do nosso planeta? Vamos te dar um exemplo, a queima de combustíveis fósseis pelos veículos nas zonas urbanas!

Sim, quem vive no Brasil ouve constantemente as reclamações sobre o aumento de concentração de poluentes atmosféricos – causadores de diversos males à saúde humana e ao meio ambiente -, sobretudo nas grandes metrópoles. Pois saiba que um dos métodos de combate desta poluição é a oxidação fotocatalítica, que estaria presente nesse novo tipo de cimento lançado no mercado.

Índice de poluição
capital paulista

Este material, misturado ao cimento, se valeria de semicondutores de dióxido de titânio que fariam a fotodegradação de poluentes atmosféricos em reação à incidência de radiação solar sobre a superfície dos elementos concretados. Possivelmente, íons de nitrato, que geralmente ficam depositados na camada superficial, seriam removidos pela ação da água da chuva, promovendo a auto limpeza das peças. Isto não causaria qualquer dano à natureza, pois os tais íons seriam absorvidos pelas plantas como nutrientes – até favorecendo o seu crescimento.

Concreto
estruturas concretadas – imagem de Bog Pra Construir

Vantagens e desvantagens do cimento fotocatalítico

Todo este processo narrado, que mais parece mágico, é chamado de fotocatálise! Em tese, um edifício construído com tal tipo de cimento jamais perderia este potencial de fotodegradação. A única coisa que provocaria uma redução dessa eficiência seria se as superfícies das peças concretadas fossem impermeabilizadas por óleos e gomas ou desgastados por algum produto autolimpante e pela própria ação dos tráficos de pessoas e veículos. Nesse caso, a única solução seria a aplicação de uma tinta fotocatalítica.

Veja também: Quais são os tipos de cimento e para que servem? | 360 Explica

cimento fotocatalítico
Cimento Fotocatalítico – imagem de Braston

Agora, quando bem executadas e mantidas, essas peças de cimento fotocatalítico devem ajudar na limpeza do ar das cidades, decompondo o máximo de poluentes possível na atmosfera próxima. Elas também seriam capazes de “devorar” mofos, sebos, fuligens e muito mais. Outro ponto positivo desta tecnologia é que ela pode ser somada a outras muito mais modernas e capazes de garantir a grande diversidade de formatos, cores e modos de aplicação para as peças concretadas. E, por fim, ainda funcionaria como um filtro permeável quando chove, ajudando a diminuir um pouco os problemas de enchentes e pressão sobre o sistema de esgoto nas cidades, por vezes saturado.

Cimento Fotocatalítico
Cimento Fotocatalítico – imagem de Equipamentos de Construção de Estradas

Bons exemplos do emprego do cimento fotocatalítico

Como dissemos no início deste texto, o cimento fotocatalítico ainda está em fase experimental. Porém, ele já foi testado em algumas obras de construção civil. Inclusive, uma possibilidade já apresentada no mercado é a da pavimentação fotocatalítica – em peças individuais ideias para calçamentos, áreas de lazer e mais onde se tenha um baixo a médio volume de tráfego. Além do mais, também pode-se somar este cimento à massa de concreto para pavimentação resistente ao alto tráfego.

cimento fotocatalítico
Cimento Fotocatalítico – imagem de Direcional Condomínios

Avenida Blue Island

Um exemplo na prática de isso que dizemos é a intervenção realizada na avenida Blue Island, na estrada Cermark, localizada na cidade de Chicago – sendo chamada pelos engenheiros de “a mais sustentável dos Estados Unidos”. Em um trecho de 3,2 km, rota de caminhões pesados, a pista de massa de cimento fotocatalítico age como um filtro permeável quando chove, facilitando o escoamento da água. Além disso, o pavimento também faz a filtragem do ar local. Trata-se de combinação incrível que se tornou um belo exemplo para futuras obras de auto estrada pelo país.

cimento fotocatalítico
Cimento Fotocatalítico – imagem de Mobilize Brasil
cimento fotocatalítico
Blue Island – Chicago – imagem de National Association of City Transportation Officials

Ponte Barcelona

Já em Barcelona, a capital da Espanha, o escritório de arquitetura BCQ projetou uma reconstrução de uma ponte de cimento mesclando cimento fotocatalítico e aditivos para a filtragem da poluição ambiental local. De acordo com representantes da empresa, em reportagem da BBC Mundo, “O processo funciona como uma planta durante a fotossíntese, no sentido que consome o CO2 (dióxido de carbono) e regenera o ar ao seu redor”.

cimento fotocatalítico
Ponte Barcelona – imagem de Motor 24

Com base nestes dois exemplos de construção, podemos tirar uma perspectiva para o futuro, com mudanças positivas para o mundo da arquitetura e engenharia civil que já podem ocorrer em breve. É claro que vai demorar um pouco para que o cimento fotocatalítico seja utilizado em larga escala. Mas pelo que se pode notar, falta bem pouco para que o potencial deste material seja, de fato, comprovado. Então, vamos cruzar os dedos!

O que achou deste novo tipo de cimento? Acha que ele realmente o seu protótipo americano deve servir de exemplo para outros projetos ao redor do mundo? Escreva nos comentários!

Veja Também: 4 modelos de projetos de arquitetura que prometem ajudar a melhorar as condições do ar nas cidades


Fontes: BBC, Blog AEC Web, Gaucha ZH, Mobilize, Gizmodo, Road Expert SLA.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.