Engenharia 360

Engenharia Civil, o mercado de trabalho começa a preocupar

Imagem padrão usuário
por Marcelo Vinicius Morais Garcia
| 15/03/2014 | Atualizado em 18/08/2022 2 min

Engenharia Civil, o mercado de trabalho começa a preocupar

por Marcelo Vinicius Morais Garcia | 15/03/2014 | Atualizado em 18/08/2022
Engenharia 360

Descobrimos uma nova realidade se aproximar para futuros e atuais profissionais da Engenharia, a saturação do mercado faz com que pessoas exijam ainda mais de si mesmo e não porque querem, porque precisamos pensar no que fazer para se destacar no atual cenário. Mudar com o mercado, ou mudar para o mercado? É tudo uma questão de perspectiva, e depende da sua ambição e objetivos. Eu prefiro não deixar com que o mercado me molde, mas sim, mudo para mudá-lo.
temos-vagas-engenharia-mercado-de-trabalho

Um estudo feito pelo Ministério da Educação concluiu que hoje temos um crescimento de 50% de graduados em Engenharia Civil com relação a 2006, um crescimento grande e preocupante. Será que o mercado vai absorver todos esses profissionais? Vai aumentar a concorrência? E a qualificação desses futuros engenheiros? Para nós universitários, não é algo muito agradável de saber, por mais amplo que seja hoje o campo de trabalho para a Engenharia Civil, esse crescimento de graduados é maior que o crescimento real da área, ou seja, está crescendo mais o número de graduados do que o número de empregos (que hoje ainda é maior), e com isso a concorrência só tende a crescer.

mercado-de-trabalho-02

Quanto mais engenheiros no mercado, damos a liberdade das empresas selecionarem melhor seus candidatos, então o que fazer para se diferenciar dos demais graduados? Pesquisando mais a fundo, vi que empresários dizem que esse crescimento é importante, porem não satisfatório. Os mesmos ressaltam que entre as principais deficiências dos candidatos destacam-se a falta de conhecimentos em softwares específicos de cada área, como programa de simulação e planejamento, visão de viabilidade econômica de projetos e principalmente a especialização em negócios, e o mais básico e não menos importante, a falta de engenheiros lideres, com total domínio e fluência do inglês.

É fácil perceber que hoje precisamos de um pouco mais do que a graduação, não podemos nos acomodar, estar sempre em busca de aprimoramento e experiência é essencial. E você, o que faz para se diferenciar/destacar no mercado de trabalho? Em qual área pensa em se especializar? Pensa em abrir seu próprio negócio? Deixe sua opinião.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo