Engenharia 360

Massa DunDun: a inovação da argamassa

Engenharia 360
por Eduardo Mikail
| 21/02/2013 | Atualizado em 15/07/2022 < 1 min

Massa DunDun: a inovação da argamassa

por Eduardo Mikail | 21/02/2013 | Atualizado em 15/07/2022
Engenharia 360

Desenvolvida pela empresa FCC, para substituir a argamassa convencional feita através da mistura de cimento, cal, areia e água, a Massa DunDun é uma argamassa polimérica que inova a forma de assentamento de tijolos e blocos na construção civil.
massa-dundun-blog-da-engenharia-01
massa-dundun-blog-da-engenharia-02

Além tornar a mão de obra mais produtiva, é um produto que foi concebido visando a redução de custos e o meio ambiente. Por não levar cimento nem areia em sua composição, a Massa DunDun é ecologicamente sustentável, pois contribui com redução da extração de areia dos leitos dos rios e influencia na diminuição das emissões de CO2.

Segundo a empresa, trabalhando com a argamassa convencional, um pedreiro e dois ajudantes são capazes de assentar em média 850 tijolos em oito horas de trabalho, enquanto que com a Massa DunDun, o mesmo trabalho pode ser realizado nas mesmas condições, mas com somente um pedreiro e um ajudante, em apenas 3 horas. Menor custo por m² de parede, rapidez, produtividade, sem gerar sujeira e desperdício, são vantagens que irão influenciar na construção se o produto realmente tiver aceitação no mercado.


 

Confira o vídeo e comente o que achou do produto!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Continue Lendo

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil e empresário, tem o empreendedorismo como estilo de vida. Já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje é sócio-fundador da Mikail Engenharia, além do portal Engenharia360.com, um dos pioneiros e maiores veículos especializados no Brasil. É formado também em Administração com especialização em Marketing pela ESPM. Adora viajar e adquirir conhecimento, pois acredita que é a maior riqueza do ser humano.

Comentários



Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos:

Continue lendo