Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Luvas hápticas podem ajudar a identificar câncer de mama

por Eduardo Mikail | 12/10/2016
Copiado!

O câncer de mama é uma doença silenciosa que precisa ser identificada rapidamente para não levar a problemas no futuro. Por isso, especialistas no mundo todo investem em recursos para otimizar o reconhecimento e a cura dessa enfermidade. É o caso dessas luvas hápticas desenvolvidas por japoneses.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Luvas hápticas contra o câncer: como funciona?

De acordo com especialistas, a háptica significa a percepção tátil que toda pessoa tem, com a capacidade de sentir qualquer objeto por um toque, presente na pele e em todo o tecido corporal. Essa função já é usada amplamente na tecnologia, como o touch screen dos smartphones, por exemplo.
Estudando esses receptores, cientistas da Universidade de Tóquio (Japão) focaram na saúde para criar luvas hápticas (haptic gloves), na busca por aperfeiçoar a detecção de tumores em pacientes com câncer de mama. Esse processo é feito atualmente com luvas normais de borracha, o que às vezes atrapalha a sensibilidade ao toque.
Já no caso dessa novidade, um sensor de pressão com 1/5 de espessura é colocado dentro da luva e mede a pressão de 144 lugares por vez, servindo tanto para a identificação da doença quanto para outros procedimentos. Ou seja, é uma opção que pode otimizar diversos setores da medicina.
De acordo com os pesquisadores, a tecnologia com nanofibras mais flexíveis é muito eficaz e apresenta resultados incríveis, com muito potencial para ser aplicada em diversos dispositivos, para alternativas variadas. Ou seja, salvar vidas já pode ser uma opção em breve! Incrível, não é?
Referência: FastCoDesign

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários