Engenharia 360

Falha catastrófica: Investigando as consequências da explosão e colapso da barragem na Ucrânia

Engenharia 360
por Redação 360
| 09/06/2023 | Atualizado em 12/06/2023 5 min
Imagem reprodução Vladislav Smilianets, de Reuters, via UOL – https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2023/06/explosao-de-represa-cria-nova-fronteira-na-guerra-da-ucrania.shtml

Falha catastrófica: Investigando as consequências da explosão e colapso da barragem na Ucrânia

por Redação 360 | 09/06/2023 | Atualizado em 12/06/2023
Imagem reprodução Vladislav Smilianets, de Reuters, via UOL – https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2023/06/explosao-de-represa-cria-nova-fronteira-na-guerra-da-ucrania.shtml
Engenharia 360

A barragem da Usina Hidrelétrica de Nova Kakhovka, na Ucrânia, foi destaque nos noticiários neste começo de junho de 2023. Infelizmente, ela sofreu um sério ataque por conta do conflito entre o país e a Rússia. Centenas de quilômetros quadrados de área acabaram inundados, matando pessoas e animais, e também aferando o controle da Usina Nuclear de Zaporizhzhia, a maior usina nuclear da Europa. O Engenharia 360 traz mais informações no texto a seguir!

barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem reprodução Vladislav Smilianets, de Reuters, via Agência Brasil - https://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2023-06/ucrania-diz-ter-provas-de-que-russia-destruiu-barragem-de-kakhovka

Veja Também: A surpreendente barragem chinesa responsável pela desaceleração da rotação terrestre

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A história da barragem de Kakhovka

A barragem de Kakhovka, situada em Kherson, no sul da Ucrânia, foi construída entre 1950 e 1956 como parte de um ambicioso projeto de desenvolvimento hidrelétrico durante a era soviética. A sua estrutura de engenharia pertencente à Usina Hidrelétrica de Nova Kakhovka e consiste em uma extensa barragem de concreto, com aproximadamente 64 metros de altura e 13 quilômetros de comprimento. Ela abriga um reservatório de água e conta com comportas e turbinas hidrelétricas que aproveitam o fluxo do rio local.

barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem de Липунов Дмитрий via Wikipédia - https://pt.wikipedia.org/wiki/Destrui%C3%A7%C3%A3o_da_Barragem_de_Kakhovka
#/media/Ficheiro:Kakhovka_HES.jpg

Resumindo, tanto a barragem de Kakhovka quanto a Usina Hidrelétrica de Nova Kakhovka estão localizadas no rio Dnieper e estão interligadas como parte do mesmo complexo hidrelétrico, fornecendo a água necessária para a usina gerar energia elétrica, para indústrias, comunidades e outras áreas.

A Usina Hidrelétrica de Nova Kakhovka utiliza a água represada na barragem para gerar eletricidade. Ela tem uma capacidade instalada de aproximadamente 900 megawatts. Mas além das turbinas hidrelétricas da barragem transformarem o fluxo de água em eletricidade, a própria barragem em si tem um importante papel na regulação do fluxo de água do rio Dnieper, contribuindo para o controle de inundações. Pelo menos era assim até os ataques deste mês!

Veja Também: Usinas hidrelétricas reversíveis: como funcionam e para que servem?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O ocorrido na barragem de Kakhovka

A barragem de Kakhovka foi destruída recentemente por explosivos colocados, acredite ou não, dentro das turbinas da represa. O rompimento da barragem resultou no alagamento de uma área de aproximadamente 600 km² e causou a morte de cinco pessoas. Milhares de pessoas foram obrigadas a deixar suas casas devido ao ocorrido.

barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem reprodução via Gazeta do Povo - https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/explosao-destroi-barragem-e-deixa-cidade-ucraniana-em-estado-de-emergencia/
barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem reprodução Arte O Globo via O Globo

Nem precisa dizer que o impacto na população ucraniana foi significativo. A destruição da barragem afetou o abastecimento de água na região, deixando milhares de pessoas sem acesso a água potável.

barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem reprodução Vladislav Smilianets, de Reuters, via UOL - https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2023/06/explosao-de-represa-cria-nova-fronteira-na-guerra-da-ucrania.shtml
barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem reprodução KhersonGlobal Images Ukraine via Expresso 50 - https://expresso.pt/internacional/guerra-na-ucrania/2023-06-07-Colapso-da-barragem-de-Nova-Kakhovka-consequencias-poderao-ser-sentidas-durante-anos-e-atingir-ate-o-resto-da-Europa-40742edd

Veja Também: Descubra aqui as 11 maiores usinas hidrelétricas do mundo

Alerta nuclear

O incidente na barragem pode ter consequências ainda para a Europa e a Ásia devido à possível interrupção do funcionamento da Usina Nuclear de Zaporizhzhia, a maior usina nuclear da Europa, localizada nas proximidades. Simplesmente a explosão na barragem ameaça o abastecimento de água necessário para o resfriamento dos reatores e pode afetar o fornecimento de água no norte da Crimeia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

barragem kakhovka na Ucrânia
Imagem de Ralf1969 via Wikipédia - https://pt.wikipedia.org/wiki/Usina_Nuclear_de_Zapor%C3%ADjia#/media/
Ficheiro:Kernkraftwerk_Saporischschja.JPG

Enfim, com a destruição da barragem, a disponibilidade de água para a usina é afetada, o que pode ter consequências negativas em sua operação. Até o momento, as autoridades afirmam que a situação é controlável, mas é importante acompanhar de perto o desenvolvimento da situação.

O resfriamento dos reatores de usinas nucleares é crucial devido à necessidade de controlar a temperatura e evitar o superaquecimento. Explicando melhor, os reatores nucleares geram calor intenso durante a fissão nuclear, e se esse calor não for removido de forma eficiente, pode ocorrer o derretimento do núcleo do reator, resultando em um acidente grave e liberação de material radioativo.

Por outro lado, o resfriamento adequado permite manter o reator em uma condição segura e estável, garantindo a integridade do núcleo e evitando o risco de vazamentos radioativos. Para isso, sistemas de resfriamento são projetados para remover o excesso de calor do reator e dissipá-lo para o ambiente, seja por meio de água ou outros fluidos refrigerantes.

Como a engenharia pode ajudar a Ucrânia nessa situação?

A engenharia pode desempenhar um papel crucial na resolução dos problemas enfrentados pela Ucrânia relacionados à Usina Nuclear de Zaporizhzhia e à Usina Hidrelétrica de Nova Kakhovka. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a engenharia pode ajudar:

Reparo e reconstrução da barragem

Engenheiros podem ser envolvidos no processo de avaliação dos danos causados à barragem de Kakhovka e na elaboração de planos para sua reparação e reconstrução. Isso envolveria a aplicação de conhecimentos técnicos e habilidades de engenharia civil para restaurar a estrutura da barragem e garantir sua segurança.

Restauração do abastecimento de água

Engenheiros podem ajudar a restabelecer o abastecimento de água potável nas áreas afetadas pelo rompimento da barragem. Isso pode envolver a criação de sistemas temporários de fornecimento de água, a reparação das redes de distribuição de água danificadas e a implementação de soluções de tratamento de água para garantir a qualidade e segurança do abastecimento.

Segurança da Usina Nuclear de Zaporizhzhia

Engenheiros especializados em energia nuclear podem trabalhar para garantir que a usina continue operando de forma segura, apesar da destruição da barragem. Eles podem desenvolver estratégias alternativas para o resfriamento dos reatores, como a utilização de fontes de água alternativas, sistemas de refrigeração auxiliares ou até mesmo o desenvolvimento de tecnologias avançadas de resfriamento.

Prevenção de futuros ataques

Engenheiros de segurança podem ser envolvidos na identificação e mitigação de vulnerabilidades em infraestruturas críticas, como barragens e usinas nucleares. Eles podem trabalhar para fortalecer a segurança dessas instalações, implementando sistemas de monitoramento avançados, sistemas de detecção de intrusão e protocolos de segurança mais robustos.


Atualização: as informações divulgadas na imprensa nos últimos dias indicam que o ataque à barragem foi planejado em uma área controlada pela Rússia. A Ucrânia alega ter interceptado uma ligação telefônica em que a Rússia confessa a autoria da explosão. No entanto, a Rússia nega as acusações e atribui a responsabilidade à Ucrânia, afirmando que a barragem foi destruída por ataques de artilharia ucranianos.

A destruição da barragem de Kakhovka resultou em um cenário de acusações mútuas entre Ucrânia e Rússia, aumentando ainda mais as tensões entre os dois países.

Veja Também:


Fontes: G1, Exame.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo