Engenharia 360

A atuação do engenheiro de produção como perito judicial: desafios e oportunidades

Engenharia 360
por Redação 360
| 06/04/2023 4 min

A atuação do engenheiro de produção como perito judicial: desafios e oportunidades

por Redação 360 | 06/04/2023
Engenharia 360

A engenharia tem muitas vertentes diferentes. Os engenheiros de produção, por exemplo, trabalham para gerenciar e otimizar processos produtivos em diversos setores, garantindo a qualidade e a segurança dos produtos e processos. Eles podem atuar em áreas como planejamento, logística e gestão de projetos, analisando processos, desenvolvendo métodos de trabalho e projetando sistemas produtivos, sempre visando aumentar a eficiência e reduzir custos.

Veja Também: Qual a diferença entre Engenharia de Produção e Engenharia Industrial?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Muitas vezes negligenciada, uma área em que os engenheiros de produção podem atuar é a perícia judicial. Mas por que um engenheiro de produção deveria considerar essa atuação? E como exatamente ele pode trabalhar como perito judicial? A seguir, serão apresentadas as razões e os detalhes sobre esse tipo de trabalho.

engenheiro de produção períto judicial
Imagem de gpointstudio em Freepik

Veja Também: Engenharia Civil ou Engenharia de Produção: qual carreira mais promissora na área sanitária?

O que é perícia judicial em engenharia?

A perícia judicial em engenharia é uma atividade técnica realizada por um engenheiro especializado em uma determinada área, que é designado pelo juiz para analisar e emitir um parecer técnico sobre uma questão relacionada a uma causa judicial.

Essa atividade é realizada quando há a necessidade de esclarecer pontos técnicos e científicos que estão envolvidos em um processo judicial. Nesse caso, o perito deve analisar os documentos, realizar inspeções, testes e análises, a fim de fornecer um parecer técnico imparcial, que possa auxiliar na tomada de decisão por parte do juiz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Entre as principais atividades do perito judicial em engenharia estão:

  • avaliação de danos,
  • análise de projetos,
  • verificação de normas técnicas,
  • análise de falhas em equipamentos e estruturas,
  • entre outras questões que envolvam conhecimentos técnicos específicos.
engenheiro de produção períto judicial
Imagem de master1305 em Freepik

A saber, a perícia judicial em engenharia pode ser requerida em diferentes áreas, como de produção. Mas claro que, como é de se esperar, para atuar como perito judicial em engenharia, é necessário ter formação acadêmica na área de engenharia, além de conhecimento técnico e experiência profissional específicos na área em questão. Ou seja, só é perito judicial em Engenharia de Produção os graduados como engenheiros de produção!

O que é preciso para um engenheiro de produção atuar como perito judicial?

1. Possuir conhecimentos e registro profissional

Um engenheiro de produção pode atuar como perito judicial desde que, além de ter conhecimentos técnicos específicos na área em que é solicitado o parecer técnico, possua, obviamente, o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

2. Ser nomeado para a atividade

Para atuar como perito judicial, o engenheiro de produção deve ser nomeado por um juiz ou tribunal para fornecer um parecer técnico em casos que envolvam questões de sua área de atuação, tais como falhas em processos produtivos, acidentes de trabalho, avaliação de danos materiais, entre outros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também: Qual a diferença entre Auditoria Ambiental e Perícia Ambiental?

3. Assumir responsabilidades

O perito judicial tem a responsabilidade de realizar uma investigação técnica, coletar dados e informações, elaborar laudos periciais e responder aos questionamentos feitos pelas partes envolvidas no processo judicial. O objetivo é fornecer informações técnicas ao juiz para ajudá-lo a tomar uma decisão justa e adequada.

É importante ressaltar que a atuação como perito judicial requer responsabilidade, ética e imparcialidade, visando contribuir para a justiça e a resolução de conflitos de forma técnica e justa.

engenheiro de produção períto judicial
Imagem de Freepik

Quais os desafios enfrentados por um engenheiros de produção perito judicial?

Um engenheiro de produção especializado em perícia judicial enfrenta uma série de desafios em sua carreira. Além de possuir conhecimentos técnicos de excelência, ele precisa cumprir a responsabilidade profissional de fornecer pareceres técnicos imparciais e baseados em evidências, bem como dominar o conhecimento jurídico para entender como aplicar seus conhecimentos em casos específicos.

A comunicação efetiva é essencial para explicar seus pareceres técnicos de forma clara e acessível para o público leigo. Pressão de prazos e concorrência em trabalhos de perícia judicial também são obstáculos enfrentados por esses profissionais.

Para concluir, conflitos com outros especialistas, exposição a casos traumáticos, ameaças ou pressões são situações que podem ocorrer durante a carreira de um engenheiro de produção especializado em perícia judicial. E manter-se atualizado e ser capaz de se adaptar a diferentes situações são habilidades fundamentais para lidar com esses desafios e garantir o sucesso na carreira de perícia judicial.

Veja Também:


Fontes: Perito Engenheiro, Curso Beta, Peritos de Engenharia.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo