Engenharia 360

Engenharia Química: as reações químicas nos mais diversos processos industriais

Engenharia 360
por Redação 360
| 05/08/2022 | Atualizado a 18 horas 2 min

Engenharia Química: as reações químicas nos mais diversos processos industriais

por Redação 360 | 05/08/2022 | Atualizado a 18 horas
Engenharia 360

Hoje em dia, cada vez ouvimos falar mais de histórias de estudiosos que, por exemplo, buscam fórmulas diferentes de combustíveis, inclusive baratos e antipoluentes. Novos interesses econômicos e políticos como esse é o que movimentam a pesquisa científica, incluindo dentro das engenharias. Um exemplo é a Engenharia Química, que se dedica, em tempo integral, no desenvolvimento e aplicação de processos industriais que empregam reações químicas. Saiba mais no texto a seguir!

Qual a missão dos profissionais de Engenharia Química?

Dentro do mercado de trabalho, fica a cargo dos engenheiros químicos a missão do aperfeiçoamento de técnicas de extração, transformação e aplicação de matérias-primas em diversos produtos – beneficiados, processados ou destinados à venda direta ao consumidor. Esse é o personagem da cadeia econômica que vai desenvolver e gerenciar a operação de equipamentos e pesquisa de novas tecnologias e produtos; também projetar e dirigir a construção, a montagem e o funcionamento de instalações fabris ou estações de tratamento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engenharia Química
Imagem reproduzida de Matrículas Estácio

No que um engenheiro químico trabalha?

Continuando a nossa análise com relação às possibilidades que o mercado oferece para engenheiros químicos, sim, o setor de tratamento de resíduos é o que mais tem gerado trabalho. Mas esses profissionais podem, além disso:

  • ajudar órgãos regulamentares na criação de normas de qualificação e métodos de preservação ambiental;
  • estabelecer métricas e elaborar planos para a reciclagem e tratamento de resíduos industriais diversos;
  • analisar a viabilidade técnica e econômica de um novo produto;
  • contribuir com conhecimento para o aperfeiçoamento de fabricação ou beneficiamento de produtos, introduzindo novas tecnologias ou adaptando os sistemas já existentes;
  • ajudar na fiscalização de diversas etapas de produção de uma indústria – inclusive revendo questões de custo e segurança do trabalho;
  • e auxiliar outros engenheiros na elaboração de projetos de fábricas, pensando junto em questões como instalação, maior produção, procedimentos de segurança, logística e estocagem.
Engenharia Química
Imagem reproduzida de Uninorte

Como funciona o curso de Engenharia Química?

O começo da faculdade de Engenharia Química foca na revisão e aprofundamento de conhecimento de disciplinas básicas, como Física, Matemática e, claro, Química. Mais ou menos no terceiro ano é que o aluno começa a entender como aplicar esse conhecimento em processos físico-químicos, como identificar reações. Muitas horas são passadas em laboratório, o que é bom, pois faz o futuro profissional já se familiarizar com equipamentos industriais que irão fazer parte do seu futuro trabalho. Por último, é preciso fazer estágios e elaborar um projeto para TCC.

Veja Também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos: