Engenharia 360

A trajetória da engenharia por trás do Britannic, o maior navio naufragado e 'irmão' do Titanic

Engenharia 360
por Redação 360
| 29/06/2023 5 min
Imagem reproduzida de Lonely Planet – https://www.lonelyplanet.com/news/britannic-become-diving-attraction

A trajetória da engenharia por trás do Britannic, o maior navio naufragado e 'irmão' do Titanic

por Redação 360 | 29/06/2023
Imagem reproduzida de Lonely Planet – https://www.lonelyplanet.com/news/britannic-become-diving-attraction
Engenharia 360

O Britannic e o Titanic são dois famosos navios da era dos transatlânticos que compartilham uma relação de engenharia estreita. Ambos foram projetados e construídos pela mesma empresa, a Harland and Wolff, na Irlanda do Norte, sendo navios irmãos da classe Olympic. O Titanic foi lançado ao mar antes, em 1911, enquanto o Britannic foi lançado em 1914, após o trágico naufrágio do Titanic.

Acontece que, embora semelhantes em muitos aspectos, o Britannic incorporou modificações de design e melhorias de segurança aprendidas com o desastre do Titanic. E, hoje, ambos representam marcos importantes na história da engenharia naval, destacando os avanços e desafios enfrentados pela indústria naquela época. Saiba mais neste texto do Engenharia 360!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

navio Britannic
Imagem reproduzida de R7 - https://lifestyle.r7.com/flipar/voce-conhece-o-hmhs-britannic-o-irmao-maior-do-titanic-26062023#/foto/20
navio Britannic
Imagem reproduzida de Allan C. Green, via Wikipédia - https://pt.wikipedia.org/wiki/HMHS_Britannic#/media/Ficheiro:HMHS_Britannic.jpg

Veja Também: Por que a pressão no fundo dos oceanos é tão forte?

As mudanças implementadas no HMHS Britannic após o naufrágio do RMS Titanic

O HMHS Britannic, após o naufrágio do RMS Titanic, passou por importantes modificações em seu projeto para garantir maior segurança.

O navio incorporou um casco duplo para aumentar a proteção contra colisões com icebergues. O sistema de propulsão do Britannic era semelhante ao do Olympic e do Titanic, com dois motores a vapor de tripla expansão e uma turbina. Os compartimentos estanques centrais foram reforçados para evitar falhas semelhantes às que levaram ao naufrágio do Titanic, permitindo que o Britannic permanecesse à tona mesmo com vários compartimentos inundados. E botes salva-vidas adicionais foram instalados, com capacidade para todos a bordo, e turcos gigantes foram colocados para permitir um rápido lançamento dos botes, mesmo em condições de adernamento.

navio Britannic
Imagem reproduzida de R7 - https://lifestyle.r7.com/flipar/voce-conhece-o-hmhs-britannic-o-irmao-maior-do-titanic-26062023#/foto/20
navio Britannic
Imagem reproduzida de Dailymail - https://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-7964753/Wreck-Titanics-sister-ship-Britannic-divers-time.html

Durante a Primeira Guerra Mundial, o Britannic foi convertido em um navio-hospital, com modificações visuais e internas específicas para esse propósito. Ele recebeu uma pintura branca com listras verdes e cruzes vermelhas iluminadas, e seu interior foi adaptado para abrigar cerca de 3.309 camas e atender aos feridos. No total, o Britannic possuía 58 botes salva-vidas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vale destacar que, devido à urgência da conversão e às restrições de tempo, apenas cinco dos oito turcos gigantes planejados puderam ser instalados no Britannic. Aliás, os turcos gigantes eram responsáveis por abaixar os botes salva-vidas, permitindo a sua rápida liberação.

Veja Também: Implosão do Submarino Titan: Autoridades em Busca de Respostas para a Tragédia

As melhorias realizadas pensando nos conforto dos passageiros

A saber, o Britannic foi projetado para competir com outros navios de passageiros da época. Ele oferecia instalações mais luxuosas na primeira classe. No entanto, muitas dessas modificações não foram concluídas, pois o Britannic nunca realizou viagens comerciais antes de ser convertido em navio-hospital.

Adições importantes nas cabines

O Britannic tinha dimensões semelhantes ao Olympic e ao Titanic. Ele recebeu melhorias além do casco duplo reforçado e estendido até o convés F. Por exemplo, a ponte de comando foi modificada e houve melhorias nas instalações da primeira classe, incluindo uma sala de jogos para crianças e banhos individuais nas cabines.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante sua construção e conversão em navio-hospital, o custo aumentou, resultando em um valor total estimado em 1,9 milhões de libras. Os elementos decorativos e mobílias do Britannic foram armazenados durante sua conversão para a marinha, e muitas das melhorias planejadas, como banhos individuais e espaços comuns para todas as classes, não foram concluídas.

navio Britannic
Imagem reproduzida de R7 - https://lifestyle.r7.com/flipar/voce-conhece-o-hmhs-britannic-o-irmao-maior-do-titanic-26062023#/foto/20
navio Britannic
Imagem reproduzida de R7 - https://lifestyle.r7.com/flipar/voce-conhece-o-hmhs-britannic-o-irmao-maior-do-titanic-26062023#/foto/20

Os momentos finais do navio Britannic em alto-mar

O Britannic foi navio-hospital que, durante suas primeiras viagens, contava com uma equipe médica composta por 101 enfermeiros, 336 suboficiais, 52 oficiais e uma tripulação de 675 pessoas. O capitão Charles Bartlett estava no comando do navio, e a equipe incluía o engenheiro chefe Robert Flemming e o cirurgião chefe John Beaumont.

O Britannic chegou a transportar doentes e feridos para Mudros, na ilha de Lemnos, Grécia, no mar Egeu, juntando-se a outros navios-hospital nessa rota, como o Mauretania, Aquitania e Olympic. Em viagens subsequentes, o Britannic também fez paradas em Nápoles, Itália.

Causas e consequências do naufrágio

O Britannic naufragou em 21 de novembro de 1916, após atingir uma mina submarina perto da ilha de Kea. Uma grande explosão abriu um grande buraco em seu casco.

A evacuação foi mais eficiente do que no Titanic, resultando na maioria das pessoas sendo salvas. Cerca de 1.036 pessoas sobreviveram, enquanto 30 morreram devido à explosão e ao afundamento.

navio Britannic
Imagem reproduzida de R7 - https://lifestyle.r7.com/flipar/voce-conhece-o-hmhs-britannic-o-irmao-maior-do-titanic-26062023#/foto/20

A tripulação do Britannic e navios de resgate foram responsáveis pelo resgate dos sobreviventes. O naufrágio levou a melhorias nos protocolos de segurança marítima e na evacuação de passageiros. Uma das consequências significativas foi que o Império Alemão passou a considerar os navios-hospitais obsoletos e resultando em alterações nas regras para sua utilização. Depois disso, o Britannic tornou-se um destino popular para mergulhadores de naufrágios.

navio Britannic
Imagem reproduzida de Dailymail - https://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-7964753/Wreck-Titanics-sister-ship-Britannic-divers-time.html
navio Britannic
Imagem reproduzida de Dailymail - https://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-7964753/Wreck-Titanics-sister-ship-Britannic-divers-time.html

Veja Também:


Fontes: BBC, Mistérios do Mundo, Wikipédia.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo