Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Descubra como a engenharia faz para realizar o transporte de casas e edifícios | 360 Explica

por Simone Tagliani | 03/12/2020

O transporte de casas e edifícios é uma atividade complexa, mas já com boas soluções na engenharia. Existem muitos bons exemplos pelo mundo, e esta prática também tem se tornado comum em algumas regiões do Brasil.

Vamos imaginar a seguinte situação: você possui a casa perfeita, como sempre sonhou. Porém, a edificação não está mais numa boa localização. A mudança seria difícil. Qual a solução? Realocar toda a estrutura! Cogitaria algo assim? Pois saiba que no mundo da engenharia já é possível fazer o transporte de casas e edifícios antigos para novos endereços. O Engenharia 360 te conta mais!

Edifícios
Exemplo de transporte de estrutura (imagem de Interesting Engineering)

Por que realizar transporte de casas e edifícios?

A natureza pode ser imprevisível, principalmente após a ação humana; ela pode se comportar de forma violenta e expulsar moradores de toda uma região. Aqui no Brasil, vários municípios sofrem bastante com enchentes e outros fenômenos naturais, como deslizamentos de terra. Imóveis localizados em barrancos ou palafitas são os mais vulneráveis. E é em situações assim que a inusitada ideia do transporte de casas e edifícios se torna mais aceitável ainda.

Com este sistema, edifícios antigos, principalmente históricos, podem, ser reaproveitados se levados para um local melhor, mais seguro. Outra hipótese é apenas deslocar a estrutura para que se possa fazer um reforço da sua fundação. Ou, por fim, mudar a construção para longe pensando em dar um novo destino ao terreno.

O transporte de casas e edifícios é mais fácil quando as estruturas são pré-fabricadas, ou seja, projetadas para isso. Também é fácil realocar casas de madeira. Já mover construções de alvenaria é muito mais complicado!

Exemplo de transporte de estrutura
Exemplo de transporte de estrutura (imagem de Interesting Engineering)
Exemplo de transporte de estrutura
Exemplo de transporte de estrutura (imagem de Interesting Engineering)

Como fazer relocação de estruturas em geral?

Realizar o transporte de casas e edifícios é uma tarefa bastante complexa e que exige um planejamento muito rigoroso. Sempre é bom não se arriscar e contratar empresas especializadas em mudanças de estruturas sólidas.

Para começar, seus profissionais – engenheiros e inspetores – devem buscar informações para uma possível autorização de transporte. Depois, traçar uma rota sem obstáculos, como linhas de transmissão e galhos de árvores. E, posteriormente, ver se realmente o edifício pode mesmo ser relocado e qual o processo mais adequado para isto.

Escola primária antiga de Xangai em movimento via pernas robóticas
Escola primária antiga de Xangai (imagem de BBC)
Escola primária antiga de Xangai em movimento via pernas robóticas
Escola primária antiga de Xangai (imagem de BBC)

Na primeira fase do transporte de casas e edifícios, é preciso preparar o terreno ao redor pensando na manobra de equipamentos. Também é preciso desligar os serviços de água, esgoto, energia e gás. Móveis fixos e paredes não estruturais podem ser removidos nesta etapa para aliviar a carga do prédio. Então a construção começa a ser separada da sua fundação, colocada sobre toras redondas ou macacos hidráulicos e vigas de aço.  E tudo é deslizado em direção a trilhos ou carreta de um caminhão, sendo destinado a um novo local.

Maschinenfabrik Oerlikon, na Suíça , em movimentação
Maschinenfabrik Oerlikon, na Suíça (imagem de G1)
Maschinenfabrik Oerlikon, na Suíça , em movimentação
Maschinenfabrik Oerlikon, na Suíça (imagem de G1)

Quais os casos mais famosos de relocação da engenharia?

Um caso muito antigo de relocação de estrutura é a do Fairmount Hotel em Santo Antônio, no Texas, no ano de 1906. Já em 2006, no Canadá, o edifício Warkentin, de 130 m², foi transportado por 1650 km de distância. E mais recentemente, na Suíça, o prédio Maschinenfabrik Oerlikon, de 1889 – um remanescente da era industrial de Zurich, com cerca de 6 mil toneladas -, foi mudado para 80 metros adiante por conta de uma expansão de ferrovias.

Caso Suíça – prédio Maschinenfabrik Oerlikon

Da China, temos o exemplo do edifício Hankou Yiyong, em Guangxi, a primeira estrutura inteira a ser deslocada, segundo o Guinness. E a escola primária antiga de Xangai, de 1935, transportada sobre pernas robóticas por 60 metros para dar lugar a um novo centro comercial.

Caso China – escola primária antiga de Xangai
Edifício Hankou Yiyong, em Guangxi
Edifício Hankou Yiyong, em Guangxi (imagem de Diário de Uberlândia)
Edifício Hankou Yiyong, em Guangxi
Edifício Hankou Yiyong, em Guangxi (imagem de Diário de Uberlândia)

Fontes: Interesting Engineering, Civilização Engenheira, UOL, G1, Diário de Uberlândia, O Povo, BBC.

Conhece mais alguma técnica interessante? Comente!

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.