Engenharia 360

Engenharia Bioquímica: Descubra oportunidades na Indústria e na Pesquisa

Engenharia 360
por Clara Ribeiro
| 19/02/2016 | Atualizado há 2 dias 4 min
Imagem de DC Studio em Freepik

Engenharia Bioquímica: Descubra oportunidades na Indústria e na Pesquisa

por Clara Ribeiro | 19/02/2016 | Atualizado há 2 dias
Imagem de DC Studio em Freepik
Engenharia 360

Antes de se candidatar ao vestibular, é fundamental ponderar sobre seus interesses acadêmicos e futuras oportunidades profissionais. Se você sempre teve afinidade com química e biologia durante seus estudos, já considerou a Engenharia Bioquímica? Essa área oferece oportunidades excitantes na produção de remédios, combustíveis e alimentos, envolvendo a manipulação de biomoléculas e processos biológicos. Descubra mais sobre essa carreira dinâmica e de alta demanda no texto abaixo, cortesia do Engenharia 360!

O que faz um engenheiro bioquímico

Um engenheiro bioquímico projeta, desenvolve e gerencia processos industriais que envolvem organismos vivos, enzimas e sistemas biológicos para produzir uma variedade de produtos. Aqui está uma visão detalhada das funções, habilidades necessárias e áreas de atuação:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Principais Funções e Exemplos Práticos

  1. Desenvolvimento de Processos Biológicos: Projetar métodos para produzir substâncias usando microrganismos. Exemplo: criar fermentadores para produção de antibióticos.
  2. Otimização de Processos: Aprimorar a eficiência e a qualidade dos processos biológicos. Exemplo: melhorar o rendimento de biocombustíveis como o etanol.
  3. Controle de Qualidade: Garantir a segurança e a consistência dos produtos biológicos. Exemplo: monitorar a qualidade de vacinas durante o processo de fabricação.
  4. Pesquisa e Desenvolvimento: Investigar novas aplicações e tecnologias bioquímicas. Exemplo: desenvolver novos métodos de produção de enzimas para indústria têxtil.
Engenharia Bioquímica
Imagem de DC Studio em Freepik

Habilidades e Características Importantes

  1. Conhecimento em Biologia e Química: Compreender os processos biológicos e químicos subjacentes.
  2. Capacidade Analítica: Interpretar dados e resultados experimentais.
  3. Habilidade em Gerenciamento de Projetos: Lidar com cronogramas complexos e recursos.
  4. Comunicação Efetiva: Explicar conceitos técnicos de forma acessível.
  5. Criatividade e Inovação: Desenvolver soluções originais para desafios industriais.

Áreas de Atuação

A formação permite que o bioquímico atue na indústria médica, química, farmacêutica, alimentícia, cosmética ou agrícola, além de institutos de pesquisa.

Por exemplo, falando mais detalhadamente, o portal da Escola de Engenharia de Lorena (EEL -USP) listou algumas áreas onde formados em Engenharia Bioquímica pode trabalhar:

  • Produção de alimentos por processos fermentativos.
  • Processamento da biomassa vegetal em setores como o sucro-alcooleiro, o de celulose e papel e o de bioenergia e biocombustíveis.
  • Produção de insumos para a agricultura moderna, incluindo a produção de bioinseticidas e de agentes para o controle biológico de pragas.
  • Produção e aplicação de enzimas.
  • Produção de bebidas fermentadas e destiladas.
  • Manejo e o tratamento de resíduos industriais e municipais.
  • Produção de antibióticos, vacinas, rações e outros produtos para o cuidado da saúde humana e animal.

Além dos segmentos mencionados, o especialista em bioquímica poderá atuar com pesquisa e desenvolvimento.

Diferenças entre Engenharia Bioquímica e Química

Aspecto Engenharia Bioquímica Engenharia Química
Foco Processos biológicos e enzimáticos Transformações químicas e físicas da matéria
Produtos Antibióticos, enzimas, biocombustíveis Plásticos, produtos químicos, materiais sintéticos
Aplicações Industriais Farmacêutica, alimentícia, biotecnologia Petroquímica, manufatura, processos de refinamento

Como é o curso de Engenharia Bioquímica

O curso de Engenharia Bioquímica é reconhecido por sua carga horária extensa e pela abordagem interdisciplinar entre engenharia e ciências da vida. Abaixo está uma descrição da grade curricular típica, algumas instituições que oferecem o curso e suas avaliações no ENADE:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Grade Curricular e Principais Disciplinas

A grade curricular do curso de Engenharia Bioquímica pode variar entre instituições, mas geralmente abrange uma combinação de disciplinas de engenharia, química, biologia molecular e microbiologia. Algumas disciplinas comuns incluem:

  1. Química Geral e Orgânica
  2. Cálculo Diferencial e Integral
  3. Física
  4. Biologia Celular e Molecular
  5. Microbiologia
  6. Bioquímica
  7. Engenharia de Reatores
  8. Processos Biológicos
  9. Biotecnologia Industrial
  10. Tecnologia de Fermentação
  11. Engenharia Genética
  12. Processos Enzimáticos
  13. Produção de Biocombustíveis
  14. Controle de Qualidade em Biotecnologia
  15. Ética e Legislação em Biotecnologia

As disciplinas práticas e laboratoriais são fundamentais nesse curso, proporcionando aos alunos experiência prática em técnicas laboratoriais específicas, como cultivo celular, fermentação e análise bioquímica.

Engenharia Bioquímica
Imagem de Freepik

Veja Também: O papel do profissional de Engenharia Clínica e a atuação no Brasil

Instituições que Oferecem o Curso

  • Universidade de São Paulo (USP) - Lorena: Uma das instituições de destaque que oferecem Engenharia Bioquímica, porém não listada anteriormente, a USP é reconhecida por sua excelência acadêmica e pesquisa nesse campo.
  • Outras Instituições com o Curso:
    • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
    • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
    • Universidade de Franca (UNIFRAN)
    • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) em Minas Gerais
    • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
    • Centro Universitário UNIBTA

Observação: As notas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) podem variar de instituição para instituição e de ano para ano. Recomenda-se consultar os relatórios específicos do ENADE para obter as informações mais atualizadas sobre as avaliações dessas instituições no curso de Engenharia Bioquímica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também:


Fontes: EEL - USP, Oi Educa, Guia da Carreira.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em Arquitetura e Engenharia, especialista em redação SEO, edição e revisão de textos, Marketing de Conteúdo e Ghost Writer, além de Redação Publicitária e Institucional; ávida consumidora de informação, amante das letras, das artes e da ciência.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo