Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

4 formas de se destacar em uma candidatura para estudar no exterior

Engenharia 360

2 min

POR Kamila Jessie 04/11/2019

Caso você tenha decidido tentar uma experiência fora do Brasil, naturalmente está se preparando para juntar os documentos e certificações necessárias. No entanto, em meio à papelada, é importante procurar uma maneira de destacar seu potencial e vontade de encarar essa aventura. A gente tem algumas dicas para você chamar atenção na hora de se candidatar para estudar no exterior!

1. Atividades extracurriculares e impacto social

Algumas bolsas de estudo priorizam áreas com demandas sociais, principalmente no escopo da engenharia humanitária. Isto porque há fundos específicos para investimentos em setores negligenciados ou desafios globais (mudanças climáticas, igualdade de gêneros, energia limpa, etc).

Caso você tenha participado de atividades extracurriculares, de alguma forma relacionadas a impacto social (ONGs, PET, etc), não hesite em expor seu engajamento. O que você faz fora do contexto de estudo, trabalho e pesquisa pode ser um indicativo dos seus interesses e soft skills.

candidatura exterior
Imagem: news.un.org

2 . Certificações padronizadas

Esta é a hora de se destacar com idiomas e raciocínio lógico!

Além de documentos como os seus históricos acadêmicos, algumas certificações são necessárias. Caso tenha alguma dúvida sobre certificações básicas para estudar no exterior, você pode conferir nossa publicação voltada para cursos de engenharia fora do Brasil.

3. Cartas de recomendação

Pode ser um tanto quanto constrangedor pedir cartas de recomendação por aí, mas a verdade é que todo mundo que passa por processos seletivos desse estilo acaba tendo de pedir para algum professor, supervisor ou orientador, que elabore uma carta de recomendação. Escolha com sabedoria a quem solicitar: se a referência é pertinente, se a pessoa é bem colocada na área e se há disposição para realmente falar de você.

A boa relação com quem você trabalha vai ser indicada aqui, bem como suas habilidades e talentos aos olhos dos outros. Uma carta de recomendação forte e proveniente de um profissional renomado na área pode proporcionar um grande destaque na sua candidatura.

*Ponto importante aqui: solicite com antecedência a carta de recomendação, porque você não quer perder prazos no limbo da caixa de entrada.

4. Carta de motivação

Esta é a sua oportunidade de expressar individualmente seu propósito em participar do programa. Considerando que é a chance que tem de se colocar diretamente, busque ser articulado, para transmitir da melhor forma seu interesse e suas intenções. Mostre a que veio!

exterior
Imagem: incimages.com

Referência: Estudar fora.

carta de motivação
carta de recomendação
estudar no exterior

Kamila Jessie

Doutoranda em Hidráulica e Saneamento na USP, formada em Engenheira Ambiental e Sanitária, sonhadora em tempo integral, amante de ciências e inventividades.

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
CEO e COO: entenda a diferença entre esses grandes cargos
MUSA: robô auxilia cirurgia de ultra-precisão em pacientes humanos
Pesquisadores do MIT desenvolvem sistema de dessalinização da água com eficiência de até 385%
Golden Gate Bridge: conheça o cartão postal de San Francisco
Enquanto Musk admite que duvidava do Cybertruck, Nikola Motors lança sua picape elétrica
Conheça os fatores que influenciam na produção de energia eólica
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ