Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Conheça as 5 profissões do futuro para engenheiros de produção

por Samira Gomes | 28/06/2021

Conheça 5 profissões do futuro, nas quais engenheiros de produção poderão atuar, e saiba quais são os conhecimentos necessários para adentrar nessas áreas!

Se você é um estudante ou graduado em Engenharia de Produção, certamente já parou para pensar no futuro dessa área. Esse questionamento é comum devido às grandes mudanças que acontecem no mundo. E é justamente essa evolução que pode impulsionar novos caminhos para os engenheiros de produção. Em vista disso, o Engenharia 360 montou uma lista com 5 profissões do futuro!

Antes, é relevante frisar que aquilo que podemos imaginar sobre o futuro do profissional desse ramo é baseado nas tecnologias já existentes e nas que deverão surgir, trazendo o provável impacto para o mercado da Engenharia de Produção. Muito possivelmente, esses engenheiros precisarão estar em constante aprimoramento – sobretudo através de cursos complementares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

engenheiros de produção
Imagem extraída de Chombosan – Thinkstock

Novas possibilidades para os engenheiros de produção

1. Coach de Metodologia Agile

Os Agile Coaches são responsáveis por oferecer treinamentos para equipes corporativas no que tange à metodologia ágil. Além disso, esses profissionais monitoram a progressão dessas equipes, de modo a assegurar resultados positivos para a organização. São eles que orientam durante o período de efetivação e têm o papel de estimular os funcionários e sua liderança a empregar o Agile. O propósito do Agile coach é preparar equipes ágeis, utilizando as ferramentas, o conhecimento e o treinamento exato para serem capazes de usar Agile com retidão.

Conhecimentos essenciais para a atuação nessa profissão:

• Kaban;
• Metodologia Agile;
• Scrum;
• Gestão de Projetos em Agile; e
• Agilidade para os negócios.

gestão
Imagem extraída de Shutterstock

2. Cientista de Dados

Trata-se de uma profissão recente e ainda desconhecida para alguns. O cientista de dados é encarregado de coletar, administrar e transformar em modelos utilizáveis um grande número de dados não estruturados, com o intuito de que seja possível retirar informações importantes desse conjunto. É um profissional habilitado para analisar e fazer com que haja comunicação entre os dados e dar valor agregado a informações múltiplas para se tornarem produtos dispendiosos para uma organização.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conhecimentos imprescindíveis para atuar na ciência de dados:

• Machine Learning;
• Ciência de dados;
• Linguagem Python;
Linguagem R; e
• Big Data.

análise
Imagem extraída de Getty Images – Reprodução

Veja também: Engenharia de Produção e Marketing: quais são as vantagens dessa combinação?

3. Especialista em Sucesso do Cliente (CX)

A impressão que uma empresa deixa em cada um de seus clientes é fundamental para o sucesso organizacional. O especialista em sucesso do cliente tem o objetivo de oferecer uma experiência de qualidade para os consumidores. Esse profissional apresenta um perfil que une competências técnicas e comportamentais, tendo em vista que precisa estar preparado para lidar com tecnologia e pessoas. É a área que mostra as organizações o quão é importante manter o foco no cliente e uma mentalidade enraizada na cultura da companhia.

Conhecimentos primordiais para atuar nessa área:

• Inbound marketing;
• Auxiliar no sucesso do cliente;
• Relações com o cliente;
• Marketing digital; e
• Experiência do cliente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

equipe
Imagem extraída de Fauxels – Pexels

4. Especialista em Inteligência Artificial

Com a introdução da inteligência artificial no âmbito industrial, o principal desafio do engenheiro de produção começa a ser a elaboração de projetos que usem a tecnologia para unir processos de fabricação, distribuição, contato com fornecedores e clientes.

Para se adequar a esse novo perfil da Engenharia de Produção, o profissional deve obter as seguintes habilidades:

  • Saber verificar informações e dados referentes a processos e sistemas distintos;
  • Aprendizagem para lidar com desafios organizacionais e tecnologias inéditas;
  • Comunicar-se e enfrentar diferentes meios culturais e tecnológicos; e
  • Dominar métodos de modelagem, análise e projeto de sistemas de produção.

Além disso, o engenheiro deve ter conhecimentos acerca de:

• Machine Learning;
• Deep Learning;
• Linguagem de programação Python;
• Ciência de dados;
• Inteligência Artificial (IA).

engenheiros de produção
Imagem extraída de Getty Images – iStockphoto

5. Engenheiros de produção gestores de Mídias Sociais

A profissão que relaciona marketing e relacionamento vem sendo uma das mais procuradas, com uma média de 122% entre 2015 e 2019. Sendo um dos países mais “sociável”, visto que o brasileiro passa quase 4 horas por dia nas redes sociais, as marcas fizeram desse dado uma oportunidade de aproximar o consumidor e influenciar o comportamento desses. Dessa maneira, o gestor de mídias sociais ganhou muito espaço no mercado de trabalho.

O profissional dessa área possui a capacidade de aproveitar recursos das redes sociais para as marcas, elaborando estratégias de marketing direcionadas às redes sociais, gerando resultados que sejam capazes de expandir a comunidade digital ao redor da marca, como aumento da visibilidade, crescimento na conversão de leads ou clientes e melhora da reputação.

Conhecimentos importantes para adentrar nessa área:

• Marketing Digital;
• Redes Sociais;
• Adobe Photoshop;
• Adobe Illustrator; e
• Marketing.

engenharia de produção
Imagem extraída de Shutterstock 2

Interessou-se por alguma dessas profissões? Compartilha sua opinião nos comentários!


Fontes: MLabs, Educa Mais Brasil, Guia do Estudante, CIO.

Comentários

Engenharia 360

Samira Gomes

Engenheira de Produção em formação no Vale do São Francisco. Nordestina fascinada pela escrita e por tecnologia. Tem como objetivo levar conhecimento sobre engenharia, por meio da leitura, pois acredita no potencial das palavras para o enriquecimento intelectual.