Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Acordos entre Brasil e Índia podem impulsionar a Engenharia no Brasil

Engenharia 360

3 min

POR Daniel Arruda 06/02/2020

No final do mês de Janeiro deste ano, o Brasil e a Índia assinaram acordos que colocam novas áreas de investimento no radar brasileiro: segurança cibernética, biocombustíveis e ciência. Isso pode ser um indicativo de boas expectativas nessas áreas e, consequentemente, também pode ser bom para a Engenharia em nosso país.

Atualmente, a Índia investe no Brasil nos setores de transmissão de energia, defensivos agrícolas e fabricação de veículos pesados. Enquanto isso, o Brasil investe em setores como motores elétricos, terminais bancários e componentes de veículos pesados.

Comitiva do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil na Índia.

Bioenergia

Os governos assinaram 15 acordos de cooperação, dentre os quais, a ampliação do uso e produção de bioenergia e combustíveis como etanol, biodiesel, bioquerosene e biogás.

Segundo a Embrapa Agroenergia, principal participante do processo, a parceria brasileira poderá acontecer tanto no repasse de informações sobre o processo industrial de produção de etanol e construção de maquinário.  “O governo indiano quer expandir dos atuais 6% para 20% a mistura de etanol na gasolina até 2030”, conta Alexandre Alonso, Chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agroenergia.

Há de se ressaltar que o petróleo e o gás natural não ficam de fora, uma vez que o ato incentiva também a exploração dos combustíveis fósseis.

Imagem focada na folha da planta do milho com uma plantação ao fundo
Folha do milho
Imagem: dsm.com

Cibersegurança

Na área de cibersegurança, ambos os países decidiram aprofundar conhecimentos tecnológicos entre cientistas, instituições de pesquisa e financiamento.

Agropecuária

Umas das grandes expectativas para os próximos anos é de que o etanol do Brasil se torne um commodity internacional. Além disso, a parceria impulsionará no processamento de alimentos e no fortalecimento da colaboração de produção leiteira.

imagem de jarra de leite com vacas ao fundo
Imagem: ruralpecuaria.com.br

Ciência

Quanto às inovações tecnológicas, o governo brasileiro assinou um ato chamado “Programa de cooperação científica e tecnológica 2020-2023”. O programa pretende incentivar o intercâmbio de cientistas e capacitação técnica em pesquisas nas seguintes áreas:

  • biotecnologia e saúde humana;
  • energia renovável, incluindo tecnologias de baixo carbono;
  • ciências do sistema terrestre, incluindo ciências oceânicas e alterações climáticas;
  • inovação e empreendedorismo;
  • tecnologias de informação e comunicação (TICs);
  • uso sustentável da biodiversidade;
  • agricultura.

Mais informações de como funcionará o programa poderão ser obtidos no site do Itamaraty.

Imagem de dois cientistas apoiados numa bancada dentro de um laboratório. Na imagem há vidrarias e equipamentos de laboratório
Imagem: labnetwork.com.br

Sustentabilidade

A política nacional de biocombustíveis – Renovabio – foi apresentada ao governo indiano como um modelo de política pública energética e ambiental.  Com metas definidas até 2029, o Renovabio busca diminuir as emissões de gases causadores do efeito estufa ao mesmo tempo que aumenta a eficiência energética dos biocombustíveis

Nesse contexto, o desafio do Brasil e da Índia é o mesmo: desenvolver tecnologias para produzir biocombustíveis avançados a partir de biomassa barata e assim contribuir para a sustentabilidade ambiental e segurança energética no país”, enfatiza Alonso. 

Imagem de uma pessoa andando de perfil saindo de uma área verde e indo a uma área indutrial. A pessoa está coberta de grama. Pás eólicas na área verde e bomba de vareta de sucção no fundo da área urbana.
Imagem: entrepreneurship.babson.edu

Referências: Embrapa; G1; Poder360.

Bioenergia
ciência no brasil
Embrapa
energia renovavel e sustentabilidade
etanol
Governo
Governo Brasileiro
Índia
internacional

Daniel de Arruda

Graduando em Engenharia Química. Um profissional em constante transformação, com perfil voltado a inovação com criatividade, olhar questionador, disruptivo e boa comunicação. Ansioso por novas experiências e com o sonho de ser reconhecido positivamente pelo meu impacto no ambiente de trabalho.

mais
Imagem padrão usuário Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
CEO e COO: entenda a diferença entre esses grandes cargos
MUSA: robô auxilia cirurgia de ultra-precisão em pacientes humanos
Pesquisadores do MIT desenvolvem sistema de dessalinização da água com eficiência de até 385%
Golden Gate Bridge: conheça o cartão postal de San Francisco
Enquanto Musk admite que duvidava do Cybertruck, Nikola Motors lança sua picape elétrica
Conheça os fatores que influenciam na produção de energia eólica
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ