Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Energia cara? Usar ou não usar ar condicionado? [melhores soluções de mercado]

por Simone Tagliani | 01/11/2021

O verão está chegando? Quer saber como resfriar a casa e ainda poupar energia elétrica? Conheça os melhores modelos de ar condicionado no mercado atual!

Chega o verão e, em certas regiões do Brasil, praticamente não se consegue aguentar o calor dentro dos ambientes fechados sem ar condicionado. Mas, em compensação, a energia elétrica está cara demais! Então, devemos estudar o que podemos fazer para melhorar a eficiência deste sistema nos locais que habitamos. Mas você sabe como escolher o melhor aparelho de ar condicionado? Ou quais os modelos que existem? Neste texto, vamos falar um pouco sobre estas questões e no fim ainda contaremos sobre uma novidade da ciência para eliminar de vez a necessidade do uso do ar condicionado! Confira!

Como escolher um modelo de ar condicionado?

De fato, escolher um aparelho de ar condicionado para casa, por exemplo, é bem mais complicado do que escolher muitos outros equipamentos elétricos. Por quê? Porque precisamos pensar no design do modelo e ainda compreender sua forma de instalação e potência ideal – fazendo relação com as características do ambiente onde ele ajudará a ventilar. Aliás, uma coisa muito importante que você precisa dominar do ar condicionado que escolher é o seu BTU ou “British Thermal Unit”, ou seja, a quantidade de energia necessária para o aparelho conseguir reduzir ou aumentar a temperatura local. A saber, os valores em BTUs indicam a potência dos aparelhos de refrigeração por metro quadrado a cada hora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Reforçando, calcular a potência ou capacidade de um ar condicionado é importante para que o próprio aparelho funcione adequadamente, sem ultrapassar seu limite nem consumir mais energia do que deveria.

Mas como calcular os BTUs de um aparelho? Bem, primeiro você precisa multiplicar o comprimento pela largura do cômodo a ser ventilado para descobrir quantos metros quadrados esse espaço tem. Outra coisa que precisa considerar é a decoração do cômodo e a quantidade de pessoas que utilizam ou passam tempo no ambiente. Com estas informações em mãos, você pode estabelecer o modelo de aparelho a ser comprado, com base na tabela de potência fornecida pelos fabricantes. Na dúvida, peça auxílio para os vendedores especialistas!

Quais os tipos de ar condicionado que existem no mercado?

Existem vários modelos de ar condicionado. Os mais antigos são aqueles de parede, instalados geralmente sob as janelas, integrando as funções condensadora e evaporadora em uma peça única. Contudo, são equipamentos muito grandes e que geram um pouco mais de ruído. A versão mais atual destes produtos são os aparelhos de ar-condicionado split, operação dividida entre condensadora e evaporadora – unidades separadas instaladas dentro e fora de casa -, mais silenciosos e de tamanho menor. Inclusive, há um tipo de split que possui a tecnologia Inverter de seus compressores, que evita aquele ‘liga e desliga’ dos motores e a climatização do ambiente, reduzindo o consumo de energia.

climatização de ambientes
Exemplo de ar condicionado de parede – Imagem reproduzida de Fashion Bubbles
climatização de ambientes
Exemplo de ar condicionado split – Imagem reproduzida de Guia dos Melhores

Novidades no mercado

Quer saber mais? Tem muita coisa nova surgindo neste mundo da climatização artificial. Das invenções mais irreverentes, podemos citar a solução que a Sony apresentou no evento Reon Pocket 2, no Japão, que é um acessório de ar condicionado portátil para colocar nas peças de roupas e ventilar as pessoas, mesmo durante a prática de exercícios leves. Aliás, na linha dos portáteis, existem os ar condicionados compactos, para ligar na tomada e prender a mangueira de exaustão na janela, para deixar o ar quente sair – ideal para aqueles que moram em imóveis alugados, pois não requer instalações complexas e pode-se levar o aparelho para outros cômodos sempre que desejar. E não podemos terminar este texto sem citar os novos splits com alta conectividade com aplicativos e assistentes de voz, como o Google Home – a exemplo do Dual Inverter Artcool, da LG, e o Inverter AirStill, da Midea, ambos vendidos no Brasil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

climatização de ambientes
Exemplo de ar condicionado portátil – Imagem reproduzida de Guia dos Melhores

O que poderia substituir ar condicionado?

Você sabia que nos Estados Unidos boa parte da energia elétrica produzida vem da queima de carvão? Por lá, a produção de energia limpa também é um desafio ainda. Por isso, pensando não apenas em economia de energia, mas em contribuir para combater as mudanças climáticas, cientistas da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, pensaram em como eliminar o uso de ar-condicionado. E a resposta deles foi uma solução química para revestimento de parede em forma de tinta branco capaz de rejeitar mais do que 80% a 90% da luz solar, enquanto também emite calor infravermelho, tornando as superfícies mais frias e, consequentemente, a temperatura dos ambientes mais baixa.

Para que a tinta realmente fosse bem reflexiva e muito branca, os pesquisadores usaram uma concentração muito alta de sulfato de bário com partículas em diferentes tamanhos – para se ter uma ideia, esse é um composto químico também usado em papel fotográfico e cosméticos. Essa “receita” acabou entrando até mesmo para o livro de recordes mundiais do Guinness. O melhor nesta história é que, tendo acesso a um produto assim, depois de aplicar nas paredes da casa, você não precisaria gastar mais nada de energia elétrica para resfriar os ambientes. Gostou da ideia? Conte-nos na aba de descrição deste texto!

climatização de ambientes
Imagem reproduzida de Olhar Digital
climatização de ambientes
Imagem reproduzida de CicloVivo

Fontes: O Globo, Olhar Digital, TechTudo, TechTudo 2, TechTudo 3, TechTudo 4.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.