Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Conheça as 10 empresas mais inovadoras do Brasil

Imagem padrão usuário
por Carlos Rabello
| 15/07/2015 6 min

Conheça as 10 empresas mais inovadoras do Brasil

por Carlos Rabello | 15/07/2015
Copiado!

Apesar das dificuldades, existe no Brasil uma “ilha” de grandes empresas que, apesar dos gargalos de estrutura, legislação e gestão seguem apostando no País, investindo parcela considerável de suas receitas em pesquisa e desenvolvimento, bem como financiando projetos inovadores e de longo prazo.

WEG

WEG



É o que revela uma pesquisa inédita feita pelo jornal Valor Econômico em parceria com a consultoria Strategy&, do grupo PricewaterhouseCoopers e a mesma que publica há uma década o índice “The Global Innovation 1000”, divulgada essa semana no anuário “Inovação Brasil”.
A mesma elaborou um ranking das 100 empresas mais inovadoras do país, estudando uma amostra de 136 instituições privadas com faturamento anual acima de R$750 milhões, com participação de capital privado de no mínimo 5%  e onde políticas de inovação são integradas à estratégia corporativa, assim como investimentos em P&D são sistemáticos, continuados e estruturados.
3M Brasil

3M Brasil

+ Padrões e Similaridades

Alguns padrões e até mesmo características e visões similares puderam ser encontradas, lembrando que se trata de uma amostra altamente qualificada.
No geral todo o grupo acompanha a média de 3.5% do faturamento investido em P&D sendo que 19% aplica mais do que essa faixa. Dois terços afirmam que a inovação é parte integrande da estratégia do negócio. Aquelas que utilizam recursos públicos compartilham pesquisa e inovação com parceiros externos como institutos de pesquisa e universidades, enquanto que as aplicam recursos próprios tendem a mobilizar mais esforços internos.
Dificuldades em conseguir financiamento público, continuidade de políticas públicas e de benefícios fiscais, complexidade regulatória, burocratização das relações com as universidades, distanciamento do mundo acadêmico, gestão de políticas públicas ineficientes são as reclamações mais citadas como entraves ao aumento de investimentos e à construção de uma “cultura” inovadora.

Braskem

Braskem

+ Metodologia

A pesquisa procurou avaliar os participantes seguindo quatro parâmetros:

  1. Intenção: inovação abordada de forma estratégica e como parte integrante dos valores e da cultura corporativa;
  2. Esforço: existência de recursos financeiros e humanos, processos e estruturas organizacionais dedicadas;
  3. Resultados: atingimentos de metas gerais e impactos diretos que projetos inovadores tiveram sobre a empresa e o mercado
  4. Citações: frequencia com que empresa foi citada pelas outras participantes como as mais inovadoras

Como algumas das empresas atuam fora do país, ou são subsidiárias de grupos estrangeiros, vale lembrar que as ponderações e pontuações para os indicadores foram aplicados somente para investimentos em inovação realizados no Brasil.

Natura

Natura

+ Setor Farmacêutico, o mais inovador

Na pesquisa, os setores que possuem maior quantidade de representantes que investem mais de 5% de seu faturamento em P&D são, nessa ordem, o Farmacêutico (100%), TI e Telecom (38%), Serviços Financeiros (18%), Bens de Capital (8%) e Bens de Consumo (6%).

+ Whirlpool, a campeã em inovação

Dona das marcas Brastemp, Consul, KitchenAid e Embraco, o grupo foi avaliado como a empresa mais inovadora do Brasil, com a aplicação de 4% do seu faturamento de R$ 6,7 bilhões em 2014 em pesquisa e desenvolvimento no país. Destes investimentos foram gerados produtos e soluções inovadores no mercado que contribuíram diretamente com 23% da receita geral de vendas da companhia.

Fábrica da Whirlpool

Fábrica da Whirlpool


Destaque para a invenção das máquinas de bebida em cápusla da marca Brastemp que prepara até dez tipos de bebidas, tanto quentes como geladas. Um projeto de produto final que parece simples mas que, segundo a empresa, envolveu um time multi-disciplinar de engenheiros próprios, institutos de pesquisa externos e pesquisadores de universidades trabalhando em parceria por 5 anos, desde a concepção até o lançamento.
Com uma média de 180 lançamentos de novos produtos por ano e 680 patentes registradas no INPI, a Whirpool é a empresa privada brasileira com maior número de depósitos no Instituto. Mantém 30 laboratórios de pesquisa no Brasil com 1000 funcionários dedicados à tarefa de desenvolvimentos inovadores, sendo que os das áreas de refrigeração, lavanderia e cozimento são referência mundial entre suas coligadas. Por fim, a empresa estabelece parcerias com 10 instituições acadêmicas para projetos de pesquisa e onde é aplicado a maior parcela de recursos financeiros captados de programas governamentais.

+ As 10 mais

Abaixo você encontra um extrato com as 10 empresas consideradas como as mais inovadoras do país segundo o ranking Valor/Strategy&. Concluíndo, representa a lista das mais reconhecidas pelo mercado, as que mais valorizam a inovação e, enfim, as que mais impõem esforços e recursos para se diferenciar em seus setores, solucionando problemas e adicionando avanço tecnológico a tudo o que fazem.

O Boticário

O Boticário


Pode-se correlacionar também estas organizações e indústrias como as que mais precisam de você engenheiro, como capital humano crucial na condução de projetos, desenvolvimento de tecnologias e idéias pioneiras.
Você trabalha ou já trabalhou numa dessas empresas? Concorda com a classificação desta pesquisa do ponto de vista de inovação? Deixe o seu comentário e compartilhe o seu testemunho
#01 – Whirlpool
Investimento (% Faturamento): Entre 3% e 4%
Principais Projetos: Máquina de bebidas frias e quentes por capsulas, aluguel de filtros, micro-compressores, venda personalizada de linha branca.
Centros de Pesquisa no Brasil: 30
Patentes (Brasil e exterior): 1.400
Funcionários em P&D: 1.000
Parcerias Externas: USP, UFSC, UFMG, UDESC, IPT, Universidade de Shangai, de Illinois (EUA), Politecnoca de Timisoara (Romenia)
#02 – 3M Brasil
Investimento (% Faturamento): 5%
Principais Projetos: Cuidados com a saúde, segurança pessoal, aplicações industriais, eletrônicos e comunicação ótica.
Centros de Pesquisa no Brasil: 2
Patentes (Brasil e exterior): 3.400
Funcionários em P&D: 178
Parcerias Externas: Unicamp, UFSCar, UFSC, UFA e Consecti
#03 – Natura
Investimento (% Faturamento): 3%
Principais Projetos: Embalagem de PET reciclado, frascos com vidro 20% reciclado, alcool organico em perfumes, produtos a base de plantas nativas.
Centros de Pesquisa no Brasil: 3
Patentes (Brasil e exterior): 678
Funcionários em P&D: 260
Parcerias Externas: UFSC, USP, Fapesp e +200 instituições
#04 – Braskem
Investimento (% Faturamento): N/R (0,5% no exterior)
Principais Projetos: Eteno e politileno “verdes” a partir do etanol, nanotecnologia na criação de catalisadores, butadieno e isopreno “verdes” na fabricação de borrachas sintéticas.
Centros de Pesquisa no Brasil: 2
Patentes (Brasil e exterior): 851
Funcionários em P&D: 312
Parcerias Externas: Unicamp, UFRJ, Instituto Nacional de Tecnologia do MCTI, Senai, Dutch Polymer Institute (Holanda), Synberc (EUA)
#05 – TOTVS
Investimento (% Faturamento): 13%
Principais Projetos: Plataforma integrada de gestão de processos, acesso a bancos de dados por equipamentos móveis, integração entre Beacons (PayPal) e relógios inteligentes.
Centros de Pesquisa no Brasil: 9
Patentes (Brasil e exterior): N/R
Funcionários em P&D: N/R
Parcerias Externas: 7 (nomes N/R)
#06 – Boticário
Investimento (% Faturamento): 2.5%
Principais Projetos: Não especificado.
Centros de Pesquisa no Brasil: 1
Patentes (Brasil e exterior): 29
Funcionários em P&D: 250
Parcerias Externas: USP, Unicamp, UFScar, UFG, UFPR, MIT e Berkeley (EUA), Universidade de Paris e de Cingapura
#07 – WEG
Investimento (% Faturamento): 2.9%
Principais Projetos: Aerogeradores para usinas eólicas, empilhadeiras de tração elétrica, componentes para ônibus híbridos e trólebus, melhora de eficiência energética em motores elétricos.
Centros de Pesquisa no Brasil: 14
Patentes (Brasil e exterior): 383
Funcionários em P&D: 1.011
Parcerias Externas: UFSC, UFPR, UFMG
#08 – BASF
Investimento (% Faturamento): 1%
Principais Projetos: Produção e tratamento de mudas sadias de cana-de-açúcar e técnias de instalação de viveiros e formação do canavial, co-criação de novas aplicações de tintas imbobiliárias com estudantes e fornecedores.
Centros de Pesquisa no Brasil: 3
Patentes (Brasil e exterior): 50.212
Funcionários em P&D: 200
Parcerias Externas: Unicamp, UEM, Embrapa, Inmetro
#09 – Itaú Unibanco
Investimento (% Faturamento): 3%
Principais Projetos: Aplicações e infra-estrutura de TI para novas soluções e serviços de Internet banking.
Centros de Pesquisa no Brasil: 1
Patentes (Brasil e exterior): N/R
Funcionários em P&D: N/R
Parcerias Externas: N/R
#10 – Cielo
Investimento (% Faturamento): 5%
Principais Projetos: Sistemas de pagamentos com cartão em dispositivos móveis, “berço” de carregamento de máquinas POS.
Centros de Pesquisa no Brasil: 2
Patentes (Brasil e exterior): N/R
Funcionários em P&D: 15
Parcerias Externas: CPqD, Instituto Eldorado, MIT e Univeridade de Madrid

Copiado!
Imagem padrão usuário

Carlos Rabello

Artigo Anterior
Próximo Artigo

Comentários