Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Engenheiros recebem $1,5 milhão para desenvolver concreto eco-friendly impresso em 3D

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 16/09/2019 2 min

Engenheiros recebem $1,5 milhão para desenvolver concreto eco-friendly impresso em 3D

por Larissa Fereguetti | 16/09/2019
Copiado!

Alguns engenheiros da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) foram agraciados com um milhão e meio de dólares para cumprir uma difícil missão: desenvolver um concreto eco-friendly impresso em 3D. O subsídio veio da National Science Foundation (NSF).

O cimento, um constituinte do concreto, é o responsável por oito por cento da pegada de carbono produzida pelo homem. A pegada de carbono representa uma medida que calcula a emissão de carbono equivalente emitida na atmosfera por uma pessoa.

concreto eco-friendly impresso em 3D
Imagem: 3dprintingmedia.network

A missão da equipe de engenheiros é descobrir quais são as diferentes opções para o cimento incorporar o dióxido de carbono ao seu processo de fabricação. A expectativa é de que o produto final reduza a pegada de carbono em 60%.

O líder da pesquisa é Mathieu Bauchy, professor assistente de Engenharia Civil e Ambiental da Escola de Engenharia Samueli da UCLA. O subsídio permite que os pesquisadores avancem na pesquisa, alavancando o desenvolvimento de Inteligência Artificial e Machine Learning para projetar algo mais sustentável.

O objetivo é ajudar a indústria da construção a evoluir. Além dos benefícios ambientais, o concreto impresso em 3D poderá otimizar a construção. O que antes era feito em duas semanas pode ser feito em três ou quatro dias, com menor risco de acidentes de trabalho.

concreto eco-friendly impresso em 3D
Imagem: universityofcalifornia.edu

Outra vantagem é o custo: com menos materiais de construção e menor desperdício, menor o custo. Um quarto ponto positivo é no quesito inovação, visto que a impressão 3D permite adotar novos designs (os arquitetos piram).

Agora, é esperar que os engenheiros consigam cumprir sua missão. E retornem um produto economicamente viável e aplicável que pode revolucionar a construção. Vale destacar que a pesquisa mostra como várias áreas da Engenharia podem se unir para contribuir para o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis. Nesse caso, a pesquisa pode abranger áreas como a Civil, Ambiental, Produção, Química, Computação e muitas outras Engenharias.

Referências: Interesting Engineering.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários