Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Como incluir o intercâmbio no currículo?

por Karine Rocha | 18/11/2016
Copiado!

O currículo é algo que deve chamar a atenção do recrutador que vai fazer a análise na hora de selecionar as pessoas para uma entrevista de emprego. Mas como inserir o intercâmbio no currículo? Como descrever toda a experiência vivida?
pós graduação ou intercâmbio blog da engenharia
Fazer um intercâmbio é a oportunidade perfeita para desenvolver os seus conhecimentos e ganhar habilidades úteis para a vida profissional. Mas, primeiro, trace um objetivo antes de escolher o local para onde você deseja viajar, veja se realmente vai atender todos os planos traçados e, desse modo, a viagem trará melhores benefícios…
intercambio-blog-da-engenharia
Para isso, vale se perguntar qual o tipo de intercâmbio você deseja realizar, seja ele profissional, acadêmico, curso específico ou atividades voluntárias. A partir disso, o desafio vai ser encaixar essas vivências nas seções de um currículo. Seguem alguns exemplos:
INTERCÂMBIO PROFISSIONAL:
Coloque a vivência profissional que teve no exterior no espaço do currículo referente às suas experiências profissionais anteriores. Coloque o nome da empresa em que trabalhou ou do projeto (caso tenha trabalhado por um tempo em algum projeto específico) e o período (“de jan/2013 a janeiro/2014”, por exemplo). Coloque também o seu cargo e quais foram as suas principais funções. E, claro, não deixe de mencionar o país em que realizou esta atividade!
INTERCÂMBIO ACADÊMICO:
Coloque a formação acadêmica que teve no exterior, no espaço do currículo referente à sua formação. Coloque o nome da instituição em que estudou, o curso que fez e as datas de início e conclusão. Se esta formação fora fizer parte da sua graduação no Brasil, preencha da mesma forma (instituição, curso e período) embaixo das informações da graduação nacional. Se for um curso de pós-graduação ou mestrado, a regra também é a mesma.
INTERCÂMBIO PARA CURSOS ESPECÍFICOS:
Neste caso, coloque o curso, a instituição, o período e o país onde realizou no campo “Outras Atividades”.
INTERCÂMBIO PARA CURSO DE IDIOMA:
Neste tipo de intercâmbio, além de estudar outra língua, o intercambista realiza atividades culturais. Esta experiência pode ser incluída no campo “Outras Atividades” com uma descrição breve da experiência.
INTERCÂMBIO PARA TRABALHO VOLUNTÁRIO:
Este tipo de intercâmbio também pode ser mencionado como “Outras Atividades”, de maneira sucinta, destacando o país em que foi realizado, o período e a atividade em si.

 
Fazer um intercâmbio e conseguir mesclar viagens com estudos no exterior é o sonho de diversos estudantes. Além de ser uma oportunidade incrível pode agregar muito valor tanto para a sua vida acadêmica quanto profissional. Se tiver a oportunidade, não deixe de fazê-lo.

Copiado!

Comentários