Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Aprenda como melhorar o seu currículo com o gênio Leonardo Da Vinci

por Redação 360 | 08/11/2021

Leonardo da Vinci já precisou enfrentar a fila para o emprego. E, na época, ele precisou montar um currículo e entregar a um recrutador. Saiba+!

Imagina o que significava montar um currículo na Idade Média. É claro que as coisas hoje são muito, mas muito diferentes. Agora temos os computadores, as redes sociais, as plataformas de vídeos, e mais. Contudo, em cada fase da história humana os candidatos às vagas de emprego tiveram que enfrentar grandes desafios. Inclusive, você pode nem imaginar, mas grandes gênios do passado também sofreram problemas para conseguir trabalho e precisaram se virar para “vender seu peixe”. Leonardo Da Vinci, por exemplo, certa vez escreveu uma carta e a partir dela os estudiosos montaram uma lista com 3 orientações básicas para montagens de currículos de sucesso. E nós, do Engenharia 360, compartilhamos isso com você! Confira!

currículos
Imagem reproduzida de Descubra Milão

A criação do currículo de Da Vinci

O ano era 1482. Leonardo, aos trinta anos, que era, entre tantas coisas, armeiro, conhecedor de armas e fabricante de mecanismos engenhosos, estava procurando um emprego. Bem, quem nunca, não é mesmo? Enfim, a crise um dia sempre chega para todos! Foi quando ele resolveu enviar uma carta para o regente de Milão, Ludovico Sforza, se oferecendo para atuar na guerra. No texto, ele soube destacar muito bem todos os seus dotes. E é por isso que esse texto pode servir de inspiração para a criação do nosso próprio currículo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

currículos
Imagem reproduzida de rooting-for-you

As três lições valiosas de Da Vinci

Leonardo fazia, naquela época, alguns exercícios de “ímãs” mentais; buscava sempre soluções de personalização de mensagens, formulando modelos de currículos vencedores. Persuasão é a principal característica da carta do inventor! Saiba mais!

1. Destaque como pode preencher a vaga

  • Valorizar os diferenciais das suas competências;
  • Reforçar como sabe como fazer as coisas;
  • Tornar a proposta mais tangível ao seu recrutador;
  • Mesmo que sejam mencionados potenciais problemas, sempre é importante orientar a soluções e mostrando sua capacidade de criação;
  • E uso verbos de ação, inspirando confiança.

2. Aprenda a contornar objeções

  • Fazer contornos a recrutadores relutantes com ilustrações, como portfólios, sempre orientado a soluções e mostrando sua capacidade de criação;
  • E ainda usando de verbos de ação, inspirando confiança.

3. Destaque sua marca pessoal

  • Fazer uma pesquisa prévio sobre o negócio;
  • Montar um currículo personalizado para cada vaga que está se candidatando;
  • Mostrar à empresa como pode ser útil para o negócio, instigando a curiosidade do recrutador, mesmo em outras áreas além daquela que tem a vaga aberta;
  • Se mostrar disposto para fazer uma demonstração das suas habilidades, como um teste rápido;
  • Falar como poderia ser útil para a empresa em outros períodos;
  • E valorizar a sua versatilidade como candidato.

O currículo de Leonardo, na íntegra

“Ilustre Senhor, Tendo agora considerado suficientemente os espécimes de todos aqueles que se proclamam hábeis construtores de instrumentos de guerra, e que a invenção e operação dos referidos instrumentos não são nada diferentes daqueles de uso comum: Eu tentarei, sem prejuízo de qualquer outro, para me explicar a Vossa Excelência, mostrando a Vossa Senhoria o meu segredo, e depois oferecendo-lhes o melhor prazer e aprovação para trabalhar com efeito nos momentos oportunos em todas aquelas coisas que, em parte, serão brevemente mencionadas a seguir.

1. Eu tenho uma espécie de pontes extremamente leves e fortes, adaptadas para serem mais facilmente carregadas, e com elas você pode perseguir, e a qualquer momento fugir do inimigo; e outros, seguros e indestrutíveis por fogo e batalha, fáceis e convenientes de levantar e colocar. Também métodos de queimar e destruir os do inimigo.

2. Sei como, quando um lugar é sitiado, tirar a água das trincheiras e fazer uma variedade infinita de pontes, caminhos cobertos e escadas e outras máquinas pertencentes a tais expedições.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3. Se, pela altura das margens, ou pela força do local e sua posição, for impossível, ao sitiar um local, valer-se do plano de bombardeio, tenho métodos para destruir cada pedra ou outra fortaleza, mesmo que tenha sido fundada sobre uma rocha, etc.

4. Novamente, eu tenho tipos de morteiros; mais conveniente e fácil de transportar; e com elas posso arremessar pequenas pedras que quase parecem uma tempestade; e com a fumaça destes causam grande terror ao inimigo, para seu grande prejuízo e confusão.

5. E se a luta for no mar, tenho vários tipos de máquinas mais eficientes para ataque e defesa; e embarcações que resistirão ao ataque dos maiores canhões e pólvora e fumaça.

6. Tenho meios, por meio de minas e caminhos secretos e tortuosos, feitos sem barulho, para chegar a um local designado, mesmo que seja necessário para passar sob uma trincheira ou um rio.

7. Farei carruagens cobertas, seguras e inatacáveis, as quais, entrando no meio do inimigo com sua artilharia, não há corpo de homens tão grande, mas eles as quebrariam. E por trás deles, a infantaria poderia seguir sem ferimentos e sem qualquer obstáculo.

8. Em caso de necessidade, farei grandes armas, morteiros e munições leves de formas finas e úteis, fora do tipo comum.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

9. Onde a operação de bombardeio pudesse falhar, eu inventaria catapultas, mangonelas, trabocos e outras máquinas de eficácia maravilhosa e não de uso comum. E, em suma, de acordo com a variedade de casos, posso inventar vários e infinitos meios de ataque e defesa.

10. Em tempos de paz creio poder dar uma satisfação perfeita e igual a qualquer outro na arquitetura e na composição dos edifícios públicos e privados; e no direcionamento da água de um lugar para outro.

11. Posso fazer escultura em mármore, bronze ou barro, e também posso fazer na pintura tudo o que se fizer, bem como qualquer outro, seja ele quem for.

Novamente, o cavalo de bronze pode ser levado nas mãos, o que é para a glória imortal e a honra eterna do príncipe seu pai de memória feliz, e da ilustre casa de Sforza.

E se qualquer uma das coisas acima mencionadas parecer a alguém impossível ou inviável, estou pronto para fazer a experiência em seu parque, ou em qualquer lugar que possa agradar a Vossa Excelência – a quem eu mesmo comento com a maior humildade, etc. ”

Veja Também: Harvard diz que filtro de currículos impede que pessoas consigam emprego [Saiba mais!]


Fontes: Globo.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.