Engenharia 360

As Casas de 15 m² de Campinas: Seria essa a resposta para a falta de moradia popular?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 20/06/2023 4 min

As Casas de 15 m² de Campinas: Seria essa a resposta para a falta de moradia popular?

por Simone Tagliani | 20/06/2023
Engenharia 360

Recentemente, foi destaque nas mídias, a notícia de que a prefeitura de Campinas está construindo um empreendimento popular de casas de 15 m², feitas em sistema tradicional de alvenaria. E a expectativa é que essas casas abriguem cerca de 450 pessoas. É claro que essa história toda gerou muita polêmica. Afinal, você se imagina vivendo com sua família em um espaço tão reduzido assim?

Casas de 15 m²
Imagem reprodução Prefeitura de Campinas via Gazeta do Povo

Bem, só para se ter uma ideia, em um espaço de 15 m² é possível, em tese, acomodar uma cama de solteiro OU de casal, uma escrivaninha de pequeno porte, um armário igualmente pequeno e ainda conseguir, dentro disso, ter um espaço limitado de circulação. Os cômodos dessas casas modelos de Campinas incluem um cômodo menor para o banheiro e um cômodo maior com uma janela, que pode ser utilizado como sala de estar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Casas de 15 m²
Imagem reprodução Arte, G1

Como a população beneficiada vê as casas de 15 m²?

A saber, as famílias interessadas terão até 6 meses para começar a pagar o financiamento das propriedades - sendo que a mensalidade de menor valor corresponde a 10% do salário mínimo.

Até o presente momento, a prefeitura de Campinas investiu cerca de R$ 1,7 milhão na construção das casas de 15 m². Somando os investimentos em saneamento e energia elétrica, o valor total da obra chega quase a R$ 6 milhões. E mesmo que alguns possam questionar, a população beneficiada vê as unidades como uma conquista. Só que, de fato, não podemos deixar de refletir sobre o tamanho dos imóveis, considerando-os insuficientes ou não para uma moradia digna!

Casas de 15 m²
Imagem reprodução Eduardo Lopes, Prefeitura de Campinas, via G1
Casas de 15 m²
Imagem reprodução Eduardo Lopes, Prefeitura de Campinas, via G1

Veja Também:

Plano Diretor de São Paulo: Por que é alvo de protestos e manifestações?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Qual é a opinião de especialistas sobre as casas de 15 m²?

As críticas ao projeto das casas de 15 m² começam pelo fato de não se adequarem ao conceito de moradia digna recomendado pela ONU, que prevê a inclusão de uma cozinha além de um quarto e um banheiro.

A Coordenação da ocupação Nelson Mandela, por exemplo, considera a iniciativa uma vitória, mas ressalta que as casas ainda estão em construção e são apenas um "embrião". Já o presidente Lula criticou o projeto, mencionando a "degradação do ser humano" e comparando as construção realizadas em Campinas com poleiros. Ele também mencionou a falta de cozinha nas casas.

Casas de 15 m²
Imagem reprodução Eduardo Lopes, Prefeitura de Campinas, via G1

Um especialista em política habitacional, o professor Tomás Moreira, da FAU-USP, foi outro a citar nas reportagens publicadas na Internet a falta de cozinha como uma crítica ao projeto, destacando que a ONU considera a cozinha fundamental para a sobrevivência das famílias. Inclusive, segundo a ONU, o conceito de moradia digna inclui acesso a serviços básicos, como água, saneamento, energia, espaço adequado, segurança e titularidade da propriedade.

Resposta do prefeito de Campinas

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, defendeu a construção das casas de 15 m² em mensagem publicada no Twitter, alegando que as críticas são uma polêmica criada pelos "lacradores". Ele mencionou o residencial Mandela, referindo-se à ocupação que leva o nome do ex-político sul-africano, e afirmou que os moradores assentados pela prefeitura podem testemunhar sobre a veracidade do projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O vice-prefeito de Campinas, Wanderley de Almeida, classificou as críticas ao projeto como "lamentáveis". Ele destacou que as famílias que serão beneficiadas vivem em moradias improvisadas, como barracos, sem saneamento básico, e que a iniciativa é uma solução negociada em concordância com o Judiciário. No discurso feito nas mídias digitais, o prefeito de Campinas chegou afirmar que o projeto é uma solução negociada para famílias em situação de risco e que as casas são maiores que seus barracos anteriores. E que as casas são apenas "embriões residenciais". A Frente Nacional de Prefeitos também manifestou apoio.

Agora é a sua vez de expressar sua opinião sobre o assunto. Compartilhe na seção de comentários do 360, logo abaixo, o que você achou desse projeto controverso das casas de 15 m² em Campinas. Seria uma solução adequada e digna ou insuficiente?"

Veja Também:


Fontes: Revista Oeste, Poder 360, G1, G1- 2.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital, Marketing Digital e Gestão de Projetos; estudante de Transformação Digital e Negócios; e proprietária da empresa Visual Ideias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo