Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Cartão ou dinheiro? Nada disso! Os japoneses irão pagar com os dedos!

por Luciana Reis | 02/05/2016
Copiado!

Inovação e tecnologia avançada são elementos que combinam com os japoneses. E mantendo a tradição, a notícia mais recente está relacionada a um novo sistema de pagamento e identificação dos japoneses e também dos turistas, em que não será mais necessário utilizar cartão de crédito ou cédulas, e até mesmo o passaporte utilizado para a identificação dos turistas em hotéis será substituído pelos dedos! Isso mesmo, apenas com a leitura das impressões digitais será possível fazer compras em diferentes estabelecimentos.

impressão-digital-blog-da-engenharia

Imagem: eexponews



Os testes vão ser iniciados no próximo verão e o objetivo é que a implantação do sistema aconteça até 2020, quando a cidade de Tóquio vai sediar as Olimpíadas. Inicialmente vão fazer parte da fase de testes mais de 300 estabelecimentos, incluindo lojas de souvernirs, hotéis e restaurantes.
O modo de pagamento prevê que a leitura das impressões digitais de dois dedos levará à finalização da compra. Para os turistas, a leitura manual e a informação sobre os dados do cartão para pagamento poderão ser feitas no aeroporto ou em outros estabelecimentos e, no momento da compra, será possível inclusive efetuar a verificação das isenções de taxas possíveis de serem aplicadas.
sistema-de pagamento-blog-da-engenharia

Imagem: Yomiuri Shimbun


A prevenção contra crimes, permitindo que os cidadãos e turistas andem pelas cidades com menos dinheiro nos bolsos, cartões e documentos de identificação, é uma das grandes motivadoras da implantação do sistema, em um cenário em que é esperando o aumento o número de turistas no Japão, para estimados 40 milhões de pessoas.
Mas para a implantação do projeto ainda é necessário testar e propor soluções para questões como um desenvolvimento do sistema de segurança com relação à utilização das informações pessoais e hábitos de gastos, seja dos japoneses ou dos turistas.
A ideia aprimora alguns sistemas de pagamento que já utilizam a leitura biométrica como forma de acesso a transações financeiras, como os bancos já fazem, por exemplo, no Brasil. Por aqui, a adesão a este sistema é, no geral, bem aceita. Sinônimo de novos tempos, e não mais apenas temas de filmes de anos atrás, com cenas futuristas, como o “007”, “Missão: Impossível” ou “MIB – Homens de Preto”.
Referências: Tecmundo, The Japan News
 

Copiado!

Comentários