Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Brasil inaugura a primeira usina solar flutuante

por Beatriz Zanut Barros | 27/09/2019
Copiado!

Neste mês de agosto, foi inaugurado a primeira usina solar flutuante no Brasil. O projeto foi instalado em um reservatório de Sobradinho, na Bahia pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (CHESF); Uma empresa do grupo Eletrobrás.

A primeira etapa da usina foi inaugurada com potência de geração de 1MWp (Mega Watt pico), consequentemente, produzindo energia para 650 casas populares no Brasil.

Embora a etapa inaugurada produza uma quantidade significativa para produção de energia, a pretensão da CHESF é chegar a uma potência de geração de 2,5MWp.

Usina Solar Flutuante – CHESF

A Tecnologia

Apesar de existirem tecnologias similares em outros países, o projeto da CHESF em fazer uma Usina Solar Flutuante em um reservatório de hidrelétrica foi extremamente inovador. Por isto, pode ser considerado o maior projeto de pesquisa e desenvolvimento em energia do nosso país.

Em primeiro lugar, não podemos deixar de enfatizar o seguinte fato: a instalação foi feita sob a lâmina d’água dos reservatórios. Por isto, foi evitado desapropriação de terras para a construção da usina. Outros efeitos ambientais serão analisados conforme a usina solar flutuante for desenvolvendo, como: o efeito da planta fotovoltaica sobre a água do rio e a eficácia da produção de energia neste local.

Energia Solar Flutuante – CHESF

Em virtude de aproveitar linhas de transmissão e as subestações que escorrem a energia hidroelétrica existente; A usina solar flutuante naturalmente se integrou como uma expansão ao sistema existente, gerando uma grande economia, se compararmos a uma geradora que não teria todo o suporte para transmitir a energia gerada.

Como este projeto foi um sucesso em diversos quesitos, a CHESF prevê a instalação de uma outra Usina Solar Flutuante, desta vez no reservatório da Usina de Boa Esperança, no Piauí.

Leia Também:

Energia Fotovoltáica Residencial – Uma forma de Investimento a longo prazo

Copiado!
Engenharia 360

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia formada em 2018 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestranda em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya em Barcelona. Acredito que o conhecimento é tudo que possuímos, e sou apaixonada pelas novas tecnologias que além de melhorar a qualidade de vida da população, não prejudicam o meio ambiente.

Matérias Relacionadas

Saneamento 4.0: o que esperar com a Indústria 4.0 e a Sociedade 5.0?

por Engenheiros Sem Fronteiras Brasil | 12/08/2020

Saiba tudo sobre a nova gasolina brasileira

por Giovanna Teodoro | 29/07/2020

Fundo emergencial contra a covid-19: E hora de Agir!

por Engenheiros Sem Fronteiras Brasil | 27/07/2020

Energia solar com zero imposto de importação: entenda!

por Beatriz Zanut Barros | 25/07/2020

Comentários