Engenharia 360

Entenda de vez quais as diferenças entre BIM 4D e BIM 5D

Engenharia 360
por Cristiano Oliveira da Silva
| 21/06/2022 3 min

Entenda de vez quais as diferenças entre BIM 4D e BIM 5D

por Cristiano Oliveira da Silva | 21/06/2022

Muitas vezes já citamos aqui, no Engenharia 360, sobre o conceito relacionado à metodologia BIM, que já faz parte do exercício diário de muitas engenharias. Mas sabia que existem níveis diferentes de Modelagem/Modelação da Informação da Construção ou Modelo da Informação da Construção? Vamos, neste texto, conversar sobre como funciona esse processo na quarta e quinta dimensão, ou seja, BIM 4D e 5D. Acompanhe!

BIM 4D e BIM 5D
Imagem reproduzida de SYSTEC

BIM 4D – PLANEJAMENTO

A quarta dimensão está relacionada ao planejamento da execução, desde o canteiro de obras até as etapas construtivas, adicionando a variável “tempo”. É possível “linkar” a EAP (Estrutura Analítica de Projeto, muito comumente desenvolvida em softwares de planejamento, como o Primavera e o Project) com elementos do modelo. Uma vez sincronizados, são possíveis atualizações automatizadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

BIM 4D e BIM 5D
Imagem reproduzida de OrçaFascio

Nesta dimensão, todos os elementos modelados são, portanto, interligados à variável “tempo”, obtendo-se uma visualização 3D do avanço físico da construção de forma digital no contexto espaço-tempo. Desta forma, é possível comparar, simultaneamente, a evolução da execução da obra com o que foi proposto pelo seu cronograma físico.

Importante destacar também a possibilidade de manter ativo o Modelo desenvolvido na fase de projeto, utilizando-o para prever interferências durante a fase construtiva, resolver questões logísticas de canteiro, simular etapas construtivas (construtibilidade), dentre outros usos. No geral, incorporar a metodologia BIM garante uma melhor eficiência durante a fase de construção, de tal sorte geradas economias, evitando-se desperdícios e improvisos.

BIM 4D e BIM 5D
Integração Modelo – Cronograma (Fonte: Utilizando BIM)

BIM 5D – ORÇAMENTAÇÃO

Aproveitar os componentes do modelo paramétrico para extrair informações precisas de quantitativos e associando a uma tabela de custos é o ponto fulcral da quinta dimensão. Partindo-se da 4D (onde foi adicionada a variável “tempo”), adiciona-se a variável “custo” aos elementos. É possível, portanto, a parametrização de uma lista de materiais com custos associados, fornecendo uma estimativa tão precisa quanto se deseje.

As principais vantagens advindas do emprego da dimensão 5D são:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • contagem automática de componentes associados a um projeto;
  • análise simplificada de custos e análise orçamentária com gastos previstos e reais ao longo do tempo;
  • minimização de inconsistências orçamentárias devido a relatórios e orçamentos regulares de custos;
  • e principalmente auxiliar na construção de um cronograma físico-financeiro com grau de confiabilidade elevado.
BIM 4D e BIM 5D
BIM 3D, 4D e 5D – Orçamentação (Fonte: Utilizando BIM)

Informação Final: invista em um dos cursos do Projete Fácil BIM, realizado pelo Engenharia 360 em parceria com o site AArquiteta! Aproveite para aprender BIM e faça projetos de Engenharia até 70% mais rápido! São 15 aulas distribuídas em 2 módulos. Confira!

Comentários

Engenharia 360

Cristiano Oliveira da Silva

- Engenheiro Civil (Poli-USP/2003) - Pesquisador colaborador UFABC - Capacitação e disseminação de BIM - Gerente de Engenharia / BIM Manager - Projetos, Planejamento e Qualidade na empresa BEN - Bureau da Engenharia - INEXH - Instituto Nacional de Excelência Humana - MasterPractitioner e Coach Sistêmico - Analista Corporal - O Corpo Explica - Músico, pai e curioso por natureza