Engenharia 360

Em seus mais de 400 anos, as cidades de São Luís e Vitória continuam encantando os brasileiros

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/09/2022 4 min

Em seus mais de 400 anos, as cidades de São Luís e Vitória continuam encantando os brasileiros

por Redação 360 | 08/09/2022
Engenharia 360

Neste dia 8 de setembro, duas importantes cidades capitais do nosso país fazem aniversário: São Luís e Vitória. Ambas compartilham algo em comum na sua história, elas foram invadidas por europeus e ocupadas, em determinado momento, por portugueses. Então, depois de 400 anos, como será que está a sua paisagem urbana? Veja no artigo a seguir!

As duas cidades capitais do Brasil em aniversário

São Luís, no Maranhão (410 anos)

A capital do estado do Maranhão, São Luís, foi oficialmente fundada no ano de 1612, quando franceses realizaram uma celebração para assinar a posse da terra – inclusive o nome da cidade homenageia os reis Luís XIII e Luís IX. Sua empreitada, de fato, foi realmente mais bem sucedida que a dos portugueses, que até tentaram chegar à região, mas acabaram impedidos por sucessivos naufrágios.

Pensa que parou por aí a história de São Luís? Não! Anos depois, seu território foi invadido por holandeses e mais tarde finalmente pelos portugueses. Isso nos faz entender porque a capital do Maranhão é tão rica em termos culturais. Vale destacar as sua arquiteturas com azulejos portugueses. Não à toa é um dos destinos mais bonitos e visitados do nosso país; chamada por muitos como a “Atenas Brasileira”!

São Luís tem, hoje, mais de um milhão e cem mil habitantes, ocupando uma área de 831,7 km². Seu setor industrial é bastante aquecido por conta de grandes corporações e empresas de diversas áreas – que se instalaram na cidade pela sua privilegiada posição geográfica. E é importante dizer também que seu litoral é bem próximo de grande centro de importadores de produtos vindos da Europa e dos Estados Unidos.

Vitória, no Espírito Santo (472 anos)

Em 1535, a região cercada pela Baía de Vitória, uma ilha fluviomarinha, onde hoje encontra-se a cidade de Vitória, a capital do Estado do Espírito Santo, foi ocupada pelos portugueses, após tentativas de franceses e holandeses. Precisamos destacar que o local já eram habitado por índios da tribo dos Goitacazes, que tentavam bravamente defender as suas terras. Infelizmente, a ‘Vitória’ dos europeus foi eminente. Então, a cidade foi fundada em 1551, durante a festa da natividade de Nossa Senhora.

Tempos depois, os portugueses construíram estruturas de fortes na cidade para defender as terras de possíveis ataques vindos do litoral. Já as residências começavam a ocupar as zonas de topografia mais elevada da ilha. No século XIX, a capital já estava economicamente bem aquecida, por conta do comércio do café. Em 1940, mais ainda, após a construção do porto que escoava a produção de minério explorado em Minas Gerais.

Hoje, Vitória tem cerca de 400 mil habitantes, ocupando uma área de 98,19 km. A cidade tem o quinto maior índice de desenvolvimento humano entre todos os municípios brasileiros. Foi considerada, em 2015, como a melhor cidade para se viver no Brasil pela Organização das Nações Unidas (ONU); e, em 2017, como a terceira.

cidades brasileiras
Imagem reproduzida de Tô de Passagem

Veja Também: Confira o antes e depois do Museu Nacional e do Museu do Ipiranga, reabertos após restauração


Fontes: Calendarr, Calendarr 2.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo